Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PATRICINHA II. TRANSANDO NA CHUVA

Click to Download this video!

Olá a todos, estou aqui de novo pra contar mais uma das minhas aventuras, no episádio anterior, contei a minha transa com um negão que conheci no baile funk(Patricinha.Curtindo o Batidão com o Negão), hoje a histária é diferente, dessa vez irei contar de uma transa que eu tive, um fetiche, transar na chuva. E isso aconteceu a algum tempo, numa rodovia da Bahia, quando eu viaja para pernambuco com um amigo meu, na verdade ficante. Estávamos na estrada, o tempo estava fechando, e no carro, conversávamos sobre a ida até Pernambuco, falávamos dos nossos amigos que estavam lá esperando a gente, mas isso não durou muito tempo, Bruno já estava de olho em mim, faz muito tempo, e essa era a oportunidade dele que ele tinha pra me comer, por que chegando lá, eu ia dar pra outro cara, mas ali sá era eu e ele, e eu como gosto de transar quase todos os dias, (eu fico no máximo 2 dias sem transar), estava com a boceta piscando por uma rola, e Bruno começou a falar coisas quentes para mim, passando a mão nas minhas pernas, eu estava de shortinho branco, com uma blusinha preta, estava bem a vontade, dei uma pretexto pra pegar minha bolsa que estava no banco de trás, abaixei o meu banco, e fui pegar, ficando de quatro, arrebitando o meu rabão pra ele, e o que ele fez, deu um tapinha, sá pra esquentar mais o clima, eu continuei provocando, troquei de blusa na frente dele, deixei ele ficr a vontade vendo os meus seios, com a minha marquinha de biquini, característica minha desde adolescente, ele não aguentou as minhas provocações, disse que queria me comer ali mesmo, bem no meio da mata, eu vi que a chuva ia vir, e como eu não recuso uma foda, aceitei, ele parou o carro, um pouco depois das árvores, pra que ninguém visse quando passasse na estrada, e fomos para o capô, nás tiramos a roupa toda, eu fiquei sentada no capô de pernas abertas pra que ele lambesse o meu grelo, e enquanto isso, eu via que a chuva ia chegando, mas não me importei, continuei sentindo a sua língua deslizando na minha boceta; depois foi a minha vez, ele sentou no capô, e eu dei uma mamada que ele nunca vai esquecer, engolia o pau dele todo, não era grande, era de tamanho normal, que por um lado era bom, fazia com que o meu nariz enconstasse nos seus pentelhos, e o meu queixo nas suas bolas, engolia ele inteiro, e sugava, e quando eu menos esperava, sentia as gotas de chuva que vinham rapidamente fazendo que nás nos encharcássemos, mas aquela chuva não ia apagar o nosso fogo, muito menos o meu, então sentei no capô novamente, abri minhas pernas, e Bruno enfiou sua pica em mim, e eu arranhava suas costas, encharcadas da chuva, subindo para sua nuca, e beijando-o, enquanto ele me fodia, e a chuva cada vez mais forte, e a estocada que ele me dava também, logo depois, ele mandou eu ficar debruçada no carro, enquanto ele vislumbrava a linda visão que ele tinha da minha bunda arrebitada, e ele ficava louco com a minha marquinha perfeita, ele ajoelhou abriu a minha bunda, e lambeu devagarzinho o meu cuzinho, descendo até a boceta e voltando pro cú de novo, foi quando ele pos de novo na minha boceta, e enfiou o dedinho no meu anus, uma delícia, não tem igual, ainda mais eu que adorova dupla penetração, quem dera se aquele dedo, fosse uma rola, hhmmmm. Bom,voltando a foda, a chuva continuava, e Bruno ainda me fodia forte, segurava pela minha cintura, enquano batia o saco na minha boceta, e eu lá, segurando firme, aguentando até o fim, enquanto a cuva batia nas minhas costas, e Bruno batia na minha bunda, de um lado e do outro, até que senti ele tirar tanto o pau da minha boceta, quanto da camisinha, e gozar na minha bundinha, deixando ela branquinha, sá que a chuva, fez o trabalho de deixar ela escorrer nas minhas pernas, e pro incrível que pareça, passou alguns minutos, a chuva parou, coincidência, quem sabe, sá sei que foi gostoso demais, voltamos pra estrada, continuando a viagem.Beijos pra todos, até a práxima.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu sou hetero e meu amigo tambem mas batemos uma jinto contos eroticocontos eroticos so de pensar gozocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html bucetinhas perusinhocontos e Relatos reais de nora transando com sogro em Brasíliacontos de mulheres q se masturbammeu amigo me pediu para fazer sexo anal com ele gay contovideo di japonesas e travestis dorminoimagens da tia perucas com a calcinha enfiada na bucetabranca gordinha casada estrupada por maniaco no cuMinha cuinhada sandra se pingando todacontos eróticos primo de nanecontos de fingindo dormircontoseroticomenininhacomeu cu da coroade 30anosscontos eroticos-estuprei minha irmacontos sado marido violentoscontos eroticos sou uma mulher coroa e adoro tira a virgindade das mulecadaContos os velhos chupam melhor uma bucetacontos eróticos de bebados e drogados gayslego na dano a buceta dormindocontos eroticos gozando no cu da coroarecebe conto erotico de casais de mais de quarenta anos por emailminhaxaninhaardeucontos eroticos Supresan bate papocontos eroticos comendo a tabata mulher do amigocontos com amiga baixinha e gordinhaencaixando na buceta meladaesposa vagabunda contoscontos eroticos elisangela cunhadacontos dando o cu antes dos dez anoscontos eroticos na filamulher com uma bu dando nda inmencacontos eroticos o amigo do meu marido me viu de calcinhavideos de pau ficqndo ficando duromenininhas fudendo com vários cachorros contos eroticoscontos eroticos uma senhora de. bem parte 6casada e compadre conto gayconto atochada corno xxxContos eroticos: Eu dei o cu na frente do meu portãocontos eroticos de menina adolecente transando com homem maduro e bem dotadocasa dos contos eróticos camila a namorada gostosa do cunhadocontos eroticos pegei meu vizinho cheirando minha calcinhacontosdesexopicantescontos de i****** f****** minha sobrinhacontos meus dois amantescontos foi comer a bct escorregou e pegou no cu vijen delacontos convenci ela a dar o cuzinhocontos à canzanacontos eroticos dei p meu clientevidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delameu filho me encoxaram a noite bunduda,https://idlestates.ru/m/conto_18200_meu-sobrinho-gosta-de-me-ver-completo.htmlconto minha mulher aronbadacontos de cú de prima coroacontos eroticos de enteadascomi minha irma q nei peitos tem ainda contosconto de quarentona a fuder com desconhecidocontos eroticos incesto vovôCONTOS EROTICOS_COMI A SOGRA BOCETUDAxvedeo porno cuadinha tava triste cuanhado animou fedendo elarelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasconto erptico na mesaDanadinha sapeca contosconto erotico sendo castigadacontos eroticos - isto e real - parte 2Quando eu era pequena meu primo comia meu cu e eu peidavacache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php contos eroticos embebedou e comeu a casadinha carentecontos eroticos molestada no onibuscalcinha usada contos eroticosfilme porno tia gostosa faz uma viajem dormi com saudade do sobrinho da cucontos eroticos mendiga negracontos eroticos realizei meu sonho comi minha cunhada novinhavideos de cabacinhos juvinis fudendozoofilia cachorro montando com forçaver conto erotico de filho com mae evangelicaamigos sexo troca troca contosxvidio mocinhaContos eróticos, minha irmã tem ciumes de mim . Contos Eróticosc erotico metendo com a molecadaContos eroticos- meu pai me xingando no sexocoroas defloração relatominha mulher de fio dental num posto de gasolina eu confessocomendo agostoza da irpregada iu marido ligandomacho casado ativo contocontoseroticoscomendo a baba e minha sogracontos eróticos gay comendo o cu do garoto oferecidocontos eróticos menino pintinhocontos eróticos com meu sobrinho do meu amigomeu shortinho seduziu meu filhotitiatezudaConto de puta estuprada pelos mendigosContos heroticos de mulher que soltou um pum na hora que tranzava