Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NA GARUPA DA MOTOQUEIRA SELVAGEM...

Sou casada, 29 anos, tenho 1,72 de altura, olhos castanhos, pele branca, cabelo ondulado loiro-acobreado que vai até a cintura, 57 quilos, 104 de quadril, 98 de busto, e sou LOUCA POR MOTOS. Embora eu seja feliz com meu marido, não consigo parar de ter as minhas “aventuras”, acho que sou uma espécie de “sexo maníaca”. Certa vez, quando eu fui trocar a minha CB500 por uma Hayabusa, notei que um cabeludo estilo roqueiro (tipo de homem ao qual não consigo resistir) me “filmava” dentro da loja, resolvi então “retribuir” com um olhar “daqueles” que falam por si sá. O cara entendeu o “recado” e se aproximou elogiando a minha compra, agradeci e perguntei logo de cara se ele gostaria de sair comigo para “comemorar”. Quando ele ia me responder, outro cara se aproximou: um moreno de olhos verdes, de corpo atlético. Apresentamos-nos e logo perguntei se ele também gostaria de participar da “comemoração”. Meio espantado, pois parecia ser um pouco mais tímido do que o cabeludo, ele aceitou. Saímos, eu com o cabeludo na garupa da minha Hayabusa Preta, seguidos pelo moreno em sua Hornet Vermelha. Já no caminho pude sentir a “pressão” do cabeludo na minha bunda, então acelerei para forçá-lo a segurar-se em meus seios. Ele então abriu o zíper da minha jaqueta de couro e começou a acariciar meus mamilos. O moreno quase bateu quando viu o que estava rolando, pude ver seu “volume” crescer instantaneamente. Ao invés de irmos para um motel, como era de se esperar, segui para minha chácara, que fica a uns 3 quilômetros do centro, sempre a utilizo para meus “propásitos”, pois sei que meu marido quase nunca vai lá. Ao entrarmos, estacionamos nossas “máquinas” práximo à piscina, então perguntei aos meus “convidados” se eles queriam beber algo, eles aceitaram, então fui pegar as bebidas enquanto eles se “preparavam”. Voltei “vestindo” apenas minhas botas de couro e uma minúscula calcinha preta, visual que fez os dois se “animarem” na hora. Servi os dois com campari mas, ao invés de tomar as bebidas nos copos, eles me deitaram na grama, jogaram todo o campari no meu corpo e começaram a “enxugar-me” com as línguas, não deixando nenhuma gota. Como minha calcinha era de lacinho, foi fácil remove-la, então o cabeludo jogou mais campari na minha buceta e começou a lamber. Enquanto isso, o moreno sugava meus seios como se sua vida dependesse disso. Gozei feito uma louca. Então puxei os dois e os coloquei de pé na minha frente, me coloquei de joelhos e comecei a chupá-los com tudo, alternava entre um e outro, ambos eram “bem-dotados”, embora o cabeludo fosse mais, digamos, “apetitoso”. Fiz os dois gozarem na minha cara, deixando escorrer pelos meus seios. Jogamos-nos na piscina, eu de bota e tudo, para nos refrescarmos, mas foi em vão, pois o “clima” esquentou ainda mais: o cabeludo, sempre mais “animadinho”, me agarrou e me beijou, enquanto o moreno veio por trás acariciando a minha bunda, eu me deliciava com tudo aquilo. Então o moreno tomou a iniciativa, para meu espanto pois ele era, digamos, mais tímido, ele meteu na minha buceta por trás gritando como eu era apertadinha. Enquanto isso, o cabeludo me beijada e me masturbava, e eu batia uma punheta alucinada nele. Gozamos praticamente juntos desta vez. Saímos da piscina e fomos juntos tomar um banho e nos “recompormos”. Depois do banho, propus ao cabeludo que experimentasse sentar na minha Hayabusa para senti-la, ele sentou de costas para o painel e eu sentei no seu cacete e comecei a “pilotar”, aí disse ao moreno que a minha “máquina” aguenta mais um na “garupa”, ele entendeu na hora e subiu na moto abrindo a minha bunda e metendo com força. Foi uma “viagem”daquelas. “Inauguramos” a minha “máquina” com estilo. Descemos da moto exaustos e tomamos outro banho. Como estava anoitecendo, os rapazes tiveram que ir embora. Despedimos-nos prometendo “viajar” mais vezes juntos.

Essa foi apenas uma das minhas muitas “aventuras” e “viagens” que relatarei a vocês...

AGUARDEM...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


empregadinha rose contos eroticospai sempre brincava com seus filhos de tirar a toalha e sair corrwndo e um certo dia fez sexo com sua filha no banheiro contos eroticosconto erotico virei menina por ter cabelo compridocontos de pagando com ocúconto erotico familia praia nudismo sobrinha dormindo chãoRelato de esposas putas dando pra fumcionarios nawww.contos gays na bebedeira cerveja e xixipolicial peludo conto etoticocontos eroticos fui putinhaconto erotico mamãe sentando no meu colo no carro lotado19 anos contos gayscanto erotico meu amigo negao comeu meu cuOsdesenho fam fudendo com tudocontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeuela chupeu monhas bolas a noite inteiratitiocolocadevagarcontos de incesto - despedida de solteiro foi com minha linda irmãminha filha e meu genro vieram me visitar bucetaContos eroticos deixei a garota virge. loucacontos eroticos com mendigocontos eróticos é hoje que vou te fuder todaeu conto sou casado meu cunhado fica passando um pau em mimconto erótico dei pro Negrão pauggaravando as pregas do cu virgem fa espozaContos erotico gay a rola surpresa do amigo nerdCasada leva marido bebado e o sogro fode a gostosa contoConto comi a mãe da minha namoradanovinha inocente sentando no desconhecido contos eroticosvideos de palmadas fortes na buceta e na bunda peladacontos eróticos Eu e mamãe pelados em casaDominando ela contosContos eróticos garotinha com garotosdespedida de solteira com noiva pegando no pau dos stripscontos eroticos eu e minhas amigas muito novinhas pai arrombando o cuzinhocontos eroticos gays meu filhinho pequenoContos eroticos mae inociando filho novinho conto realcomendo a mulher em frente ao marido contoconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdoduas mulher chupando a b***** no Jordão baixo fazendo sexomimi apaixonei pelo novinho de pau grande contos gayconto.erotico.chamando.mulher.crenti.pra.fuderConto gay dei meu cu primeira vez depois da farraconto erotico com o velho padrinhocoroa 46 anos cabelo curto enroladinho dando a buceta grandecontosflagasdei para meu genroconto mãezinha chupou minha b******** e gozei na boca delacontos comeram minha mulher no colegiocontos fui chupada pelo velhobucetas e bundas gigantes da capital sao paulo em cima do sofatranso com meu primo de primeiro graucontos foi a melhor foda que tiveestrupei o cú da minha mÃecontos eróticos incesto minha putinha dengosacontos eróticos a f*** deContos eroticos titias caindo na rola grossa do sobrinhocontos eroticos desabotoando vestidocontos erótico de velhas que adora ser chingadasmaisexo peituda goza no oraleu e a amiga da esposa contotoda loira gosta de um negão contos eroticosmeu cu aberto e ardido de picacache:NCvA3Q684K4J:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria-mais-lidos_4_10_incesto.htmlContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darcontos eroticos com fodacomo é q faz pra uma mulher bater uma ciririca sozinh pensando em outra mulher???Contos.eroticos traindo marido na.sala ao ladocontos eroticos vestido colado e curtorelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasconto erotico-engravidei do meu genroCasAda pulando cerca contosporno chegou em casa e pegou a cunhada pelada de olhos vendados e comeu elaContos pornos-mamae deu um selinho no meu paude frango assada recebendo lingua do gay safadoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos enfermeira saco peito grandeurso velho peludo gay contosconto peidei no pau do negaocontos eroticos cunhado gayconto erotico gay motoqueiro marrenticontos aliviando as tetas de minha irmaConto erotico sou uma coroa vadia e garoto