Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O TIO DA NET E MINHA AMIGUINHA DA ESCOLA

Depois q o tiozinho tarado da net tirou meu cabacinho, comecei a frequentar uma escola d informática, pois tinha ainda muito pouco conhecimento sobre informática. Logo no começo já fiz uma amiguinha, o nome dela é Fernanda, mas todos a chamam d Nandinha devido ao seu tamanho, ela é apenas uma pouco mais jovem q eu, mas parece uma menininha, deve ter 1,5m d altura, morena clara, cabelos castanhos lisos e longos, ela é magrinha, mas tem um corpinho bem definido, cintura fina e um bumbum empinadinho. Ela é bem atiradinha, diferente d mim, pois sou muito tímida. Logo me senti à vontade p contar a ela minha histária c o tio da net, ela então me revelou q apesar d ser mais desinibida ainda era cabacinho. Combinamos um dia d matar aula p ir ao centro, enquanto eu iria ver o tio da net, ela iria dar uns beijos num gatinho q ela tava ficando. Eu tava lokinha p dar p meu tiozinho, nem bem cheguei no quarto do hotel e já comecei a chupar o pau dele, quando de repente meu celular tocou, era a Nandinha, levou um bolo do gatinho e não tinha nem dinheiro p pegar o ônibus, falei q emprestava algum p ela, mas q viesse logo p não atrapalhar a minha trepadinha. Quando desliguei o celular, o tiozinho me falou:

-Convida ela p participar da nossa festinha.

-Fikou louco, ela ainda é cabacinho.

Ele não ensistiu, mas acho q isso deixou ele ainda mais excitado.

Quando ela chegou, apresentei um ao outro e percebi q o coroa não tirava o olho dos peitinhos da Nandinha, ela estava d saia e c uma bluzinha branca d alcinha, dava p ver o bico dos seus seios bem durinhos, estava sem sutiam. Ele nem disfarçava, dava p ver o volume na sua calça, parecia q seu pau queria saltar p fora. Quando de repente, num gesto inusitado, ele colocou o dedo bem no bico do peitinho dela e disse brincando:

-Nossa! Que durinho, nem parece d verdade.

Eu fikei sem graça, não podia acreditar q ele tinha feito aquilo na minha frente, fingi q não vi a cena, disfarcei e fui no banheiro pegar a minha bolsa p dar o dinheiro a ela, mas fiquei sondando a reação dela. Ela riu p ele e perguntou:

-O tio gosta?

-Gosto, mas ergue rapidinho a bluza p eu dar sá uma olhadinha.

Ela ergueu a bluza, o coroa safado não pensou duas vezes e caiu d boka nos peitinhos dela. Nossa, aquela cena me excitava. Quando voltei, eles nem fizeram questão d parar, o tio ainda disse:

-Olha q peitinhos durinhos tua amiguinha tem, experimenta.

Nunca pensei fazer isso, mas chupei aqueles peitinhos c tanta vontade, eu chupava um e ele o outro, depois chupávamos o mesmo. Enquanto eu mamava nos peitinhos da Nandinha ele começou a dar um beijo d lingua nela, levantei e quis participar do beijo, nossas três línguas se entrelaçavam, então ele deixou q nás duas nos beijássemos enquanto ele tirava nossa roupa. Enquanto enfiava minha lingua na sua boka, sentia nossos peitinhos se tocando e nossas bucetinhas se esfregando uma na outra. Olhamos p o lado e vimos o tiozinho tocando uma c a mão enquanto apreciava a cena, demos uma risadinha d safadas, empurramos ele na cama e caimos d boka naquele pau, parecíamos duas garotinhas brigando por um picolé. Nandinha foi mais rápida e abocanhou aquela pica com tanto apetite, me deixando chupar apenas as bolas, depois chupamos juntas, uma d cada lado, d uma maneira q meus lábios se encontravam c os dela, e começamos um vai e vem q ia da cabeça até as bolas. Nás estávamos d quatro, com a bunda p o lado do tiozinho, Nandinha quase esfregava a bucetinha na cara do coroa, ele não aguentava ver aquela bucetinha se arreganhando na sua cara, depois d examiná-la e ver q era mesmo cabacinho, meteu a língua no seu grelinho molhado, ela se contorcia d tesão. Os dois fizeram um 69 daqueles, ela ficava cada vz mais putinha, sugava aquela pica c tanta vontade e arreganhava cada vez mais aquela bucetinha, sempre rebolando e esfregando na cara do coroa. Depois colocamos a Nandinha deitada, era a minha vez d conferir seu cabacinho. Que delícia ver minha amiguinha delirando na minha língua, o tio se aproveitou q eu estava d quatro, grudou na minha cintura e enterrou na minha xaninha q tava encharcadinha, minha língua fodia ela no mesmo rítimo em q o tio me comia, quanto mais fundo ele metia, mais fundo ia minha língua, tive orgasmos múltiplos. Minha amiga implorou p sentir apenas a cabeça daquele pau na entrada da sua xaninha, não queria perder o cabacinho. Então eu abri sua xaninha, dei mais umas linguadas, lambuzei bem o pau do tiozinho c minha saliva e fui encaixando na sua bucetinha. Ela tava muito molhada. O coroa não resistiu, o tesão dele era tanto em ver aquele cabacinho se rompendo na sua vara q ele logo empurrou tudo p dentro, nem deu bola quando ela mandou parar. Segurou seu pau lá dentro p ela se acostumar com o tamanho e deixou q ela rebolasse até gozar. O tiozinho não conseguiu segurar mais, tirou o pau d dentro e gozou na nossa cara, nunca vi tanta porra, lambuzou nossos rostos e escorria pelos nossos peitinhos. Depois tomamos um banho, os três juntos, mas antes q o tiozinho se empolgasse novamente, tivemos q ir embora, pois nem vimos o tempo passar naquela tarde maravilhosa. Esse foi sá o começo d tudo o q nás ainda iríamos aprontar.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucontos eroticos de vendas passei gelo no corpo deleSou casada mas bebi porro de outra cara contoscomtos d primos d 30 cumemdo cusinho d priminhas d 15contos de rabos sendo dilaceradosconto porno espiando a filhinha com o cachorrotravesti Zinho que faz programa escondido da mãeContos eróticos sarrado minha tiaConto erotico novinha.pediu pra passar bromseadorPorno contos incesto pais e maes e suas meninas iniciando o melho sexo familharcontos virei escrava por chantagemconto erotico incesto sonifero filhaconto erotico gay seduzindo o tio velho coroa grisalhoconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadocomi a adilhada novinha loira olho azul contocontos de menininhas sentando no colo de homensmulher comenta como fodeu a buceta com teu sogro historia herotica como tudo aconteseucontos eróticos afim do papai coroas ensaboando cacete do jovenminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticoscontos com fotos o guarda roupa da casada liberada do mansonao resisti a buceta da minha maecontos eroticos cuidando do meu genro asidentadocontos negao borracheiro comeu minha bucetacontos eróticos de experiência bi de ninfetascontos forçada a ser a puta da empresaConto erotico enteadatroca troca de homens adultos contoscontos erotycos encochadas no metroCONTO EROTICO:FIQUEI COM A CRENTE SUPERGATAghupa ghupi pornconto eu e minha noivacontoseroticos comendo ocu dtitisou a putinha do bairronovinha.da.favela.com.amiga.olhando.homem.tocar.punhetaesposa e a cenoura contocontos eroticos de marido corno bebedor de porracontos presenciei minha irmã fudendo com um dogcontos eroticos de incesto com filhinho viadinho com a mamãecontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandocomeu aputa da crentiTennis zelenograd contominha chefe gosta de mim ~ contos eroticoscontos eróticos com esposa obedienteMe comeuTennis zelenograd contocontos metendo na tiasexo velho gozando dentro da menina de quise ano e gosanodentroContos duas safadas com um machocontos meu filho dotado me acoxoConto comendo a gorda casadaminha esposa nega mas eu sei que sou cornocontoa eroticos irmao do meu amigo arrancou meu cabaco gaypapai deu banho e colocou o dedo npepeka d filhinha conto eroticoconto: crente safada da ccb em swingcontos lesb ralar a xanaestou comendo a mulher do amigo caminhoneiro na viajem contosrelatos eroticos romanticocontos mulher da na frente dos filhosfui dormir na casa do meu primo e ele acordou de pau durocontos eroticos comendo a tabata mulher do amigoTennis zelenograd meu cão de guardacontos eroticos minha esposa sonhava em dar pra um cavalo e ela conceguiuprimeira vez da travesti thiago historias eroticascontos eroticos pelos pubianos expostoscontos eróticos afim do papai meu ex tem ficou duro eroticos contosela e virgem e so da o cu contosconto erotico safadesa no cinema com travestilindasapertadasMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticoscontos eroticosdpele me encoxando e eu rebolandocontos eróticos ,adotamos um meninocontos eroticos de como eu perdi minha virgindade aos 16chupando mamilos com sofreguidaocontos eroticos tia no casamentocontos no cu é mais gostosoconto erotico estupardocdzinhas contos reaisConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhaminha bucetinha chego a sangra na rolona do velho contosfui me encontra com o cara ele tinha um pau deliciosoele falou que ia me deixar se nao me entregasse virgindadeconto de moçinhas inocentesdanada da minha cunhada louca pra dar