Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEGREDO DE MEU PAI

Segredo do meu pai

Eu tenho 22 anos e tinha 19 quando o fato ocorreu. Meu

pai e minha mãe são separados desde meus 19 anos e eu

moro com ele.

Ele tem 44 anos, é bonito, peludo, corpo bem cuidado.

Estavamos passando por uma reforma e para essa foi

apenas contratado um pedreiro.

O pedreiro era forte, alto, musculoso cabelos escuros

cavanhaque e aparentava uns 33 anos. Suas roupas sujas e

seu cheiro me deixavam excitado mas ele não me dava bola.

Um dia matei aula e voltei mais cedo pra casa. Passando

pela janela do quarto do meu pai ouvi vozes e quando

olhei vi, para minha surpresa, meu pai nú beijando o

pedreiro. Me posicionei para ver e ouvir o espetáculo:

Pedreiro “faz dias que eu espero por isso. mas hoje você

não escapa.”

Pai “Farei tudo o que mandar”.

Pedreiro “Assim é que se fala. Então abre minha calça e

chupa minha jeba”

Para meu espanto meu pai obedeceu com entusiasmo. Baixou

o ziper e pois pra fora da cueca um pau de uns 19 cm e bem grosso. Depois deu um beijo na cabeça e caiu de boca engolindo por inteiro.

Pedreiro “O patrão sabe mesmo chupar um pinto. Tá gostoso”?

Meu pai apenas acenou que sim com a cabeça já que não

podia falar pois tinha a boca cheia.

Passaram mais alguns minutos assim qdo o pedreiro manda meu pai ficar de quatro na cama.

E novamente foi obedecido. Tirou as suas roupas e foi

examinar o cú do meu pai afastando suas nádegas e

enfiando o dedo médio enquanto meu pai gemia de tesão.

Pedreiro-“Que delicia de cú peludo. Ele está bem

elástico. O patrão anda dando muito o rabo, é”?

Meu respondeu que não, e para minha surpressa e alegria do pedreiro, ele retirou de uma gaveta um consolo com uns 23cm + ou – bem grosso

Ele então pegou o consolo da mão do meu pai e enfiou de

uma sá vez em seu cú fazendo com que ele gemesse. Depois

ficou fudendo o cú do meu pai que pedia mais e mais

rápido. Depois tirou o consolo e disse:

Pedreiro-Agora vou treina-lo com algo melhor. Você quer?

Pai -Quero.

Pedreiro-Não ouvi. Você quer algo melhor sua bicha de

merda??!!

Pai-Sim senhor. Eu quero muito!

Pedreiro-Assim é que eu gosto do meu patrão.

Fiquei espantado em ver meu pai se humilhando tanto e

gostando disso.

Depois o pedreiro deu uma cuspida no cú do meu pai e

pois a cabeça do seu pau. Meu pai deu uma gemida de dor

e pediu para que ele parasse um pouco já que o pau era

mais grosso que o consolo. Mas ele não ouviu e socou com

toda a força fazendo meu pai gritar.

Pedreiro-Agora é que a festa começa.

E começou a meter. As vezes tirava tudo e voltava a

enfiar até as bolas arrancando gemidos de prazer do meu

pai que rebolava de quatro pra aquele pau.

Pedreiro-Agora vira de frente. Quero ver sua cara

enquanto te arreganho.

E começou a foder meu pai de frango assado. Meu pai

gozou sem precisar tocar no pau melando toda a barriga.

Pedreiro-Então patrão já gozou?! Para aprender a não

gozar antes de mim vou encher seu rabo com minha porra.

E começou a dar estocadas mais rapidas até que enfiou

tudo e gemeu. Depois tirou o pau todo melado do cú do

meu pai.

Pai-O senhor gostou?

Pedreiro -Não foi mau. Mas eu ainda não acabei. Fique de

quatro.

Meu pai obedeceu prontamente a essa ordem. Então ele

enfiou dois dedos no seu cú de disse:

pedreiro-Eu te lubrifiquei com minha porra. Agora vou te

arregaçar de verdade.

E começou a bombar com os dedos o cú do meu pai.

Depois de um tempo passou para três dedos, depois para

quatro, e quando eu percebi ele já estava com a mão toda

enfiada no meu pai que gemia e rebolava.

Pedreiro- O que tá achando de ter uma mão no cú?

Pai -Uma delicia.

Ele então começou um vai e vem fudendo meu pai com a mão.

Quando tirou a mão ela estva toda melada com sua porra

que ele havia gozado no cú do eu pai e com o liquido

proprio do cú.

Enfiou então o pau que entrou sem dificundade nenhuma. E

apás duas ou três estocadas tirou e disse:

Pedreiro -Seu cú agora tá mais largo que buceta de puta.

Não tem graça mais come-lo. Vem chupa meu pau agora que

eu quero que você beba meu leite.

Ele então sentou na cama e meu pai lhe fez um boquete.

Até que ele gozou e fez meu pai beber toda a porra e

limpar seu pau com a lingua.

Se vestiu e antes de voltar para o trabalho disse:

Pedreiro -Por hoje tá bom. Mais vai ter mais. E eu vou

trazer um amigo meu para me ajudar na obra e no

treinamento do seu cú.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


chupando até ela gozar dirá cx aodcontos eroticos joão deu a piça gg para eu e mamãe chorei mas aguentei tudo contos eróticosmulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticosconto erot o cavalo do meu sogro me machucoucontoseroticos anal brital no acampamentocontos eroticos cuzinho pro paiconto erotico comendo o cu da freiraconto erotico sou viado e vendi meu cucomtos d primos d 30 cumemdo cusinho d priminhas d 15Gay contos pastorrabinho da filha da vizinha com doze anos loca pra fude contos eroticosprimeira mulher a fazer zoofilia.no cinemaPorno conto ponheta da casada buzcontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhaconto eroticos gay meu primo comeu meu cusexo gemidosssmulher chupa o peito da outra ate ela gemerconto eurotico pescano com sobrinho e marido beldomulheres dismaian dando ocucontos gays gemeosconto lesbica humilhei minha amigabuceta Detinhaconto erotico meu genro comeu meu rabo na marraContos eroticos comeu o cu da irmã q estava entalada debaixo da camaContos eroticos poraoamolecendo dentro da xanaconto erotico teen sendo enrabadaporno idoido na purberdadecontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãogozando na submissa deitadacontos eroticos donas de rabos enormesconto eróticos. curiosidade. chupei pintodei leitinho na boca de uma novinha de contagem contos eroticospornodoido dona de casa chifra rapidinha cm amigocontos eroticos gozei gostoso no estuproConto de neto dopa avo e come a buceta delaContos erótico de lutinhacontos eroticos feminino cunhadocontos fui arrombada em casa pelo amigo meu filhoEu Bêbado e Ela Se Aproveitou Contos EróticosMeu+irmau+arrombo+meu+cu+a+fosa+conto+eroticoencoxada onibus apagado contosconto erótico gay meu irmão me comeuconto do negao velho e pirocudominha prima chupou meu pau virgem contosporno doido sumindo um emorme prinquedo na pusetafui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contosler conto erótico f****** a minha tia numa festa fantasiacontos de fudendo coroas dos seio bicudo de maiscontos gays reais/a anaconda do meu primocontos eroticos incesto pai e filha fistingcontos gay luta livrecontos porno pm mastruba minha mulher contos eróticos incesto férias com mamãecontos eroticos de enteadascontos eroticos pequena vizinhameu primeiro swingcontos eroticos homem barbudo e peludo fudendo bucetameu primo e minha amiga contos eróticoscontoseroticos comi minha mae dopada por mimcontos eróticos ele me convenceucontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porrapivete de penes de fora e tocando puietaporno baixar caralhogrossos Cunhada safada entra no banheiro ocupado e acaba dando pro conhadoContos minha nora enfiou o vibrador no meu cuTennis zelenograd contocontos eroticos tia no casamentoContoe d orgias cadelinha e seu donotirei a virgindade das priminhas inocenti contos eroticoseu confesso incestoContos o comedor da madrugada do soniferocontos eróticos eu meu melhor amigolindasapertadasConto erotico chorei com o cacete do cavalocontos eroticos chifretranso com meu primo de primeiro grauConto erotico entalouContos eroticos seios machucadospapai Me. comeu Contosconti erotico a massagista enfiou o dedo no meu cu e chupaMas que dor horrível conto porno