Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MASSAGIADA PELO CUNHADO!

Bem, pra quem nao leu meu conto anterior: "Boquete no cunhado". Meu nome é Bárbara, tenho 25 anos, tenho 1,64 de altura e 52 KG, tenho pernas torneadas, o bumbum nao muito grande mas é empinadinho e seios fartos, sou loira e tenho olhos castanhos.

Essa historia é continuação do meu conto anterior, recebi muitos emails que com o tempo espero ir respondendo com muito carinho,e como vi que gostaram contarei o dia em que meu cunhado chupou minha bucetinha.

Depois do dia em que chupei o Fábio, ele voltou a minha casa no dia seguinte, mas nao falamos sobre isso, alias iamos ficar muito sem graça de comentar sobre o ocorrido, e ele so me falava mesmo da Thainá, o quanto ela estava distante com ele, e durante a semana dizia que ela estava fazendo sexo com ele, so por fazer.

Em um domingo, a minha mae tinha saido, ia passar esse dia na casa da minha avá e iria voltar tarde, depois das 23:00, minha tia ia leva-la em casa e ela sabia que o Fábio ia estar comigo e depois Thainá chegaria e nao corria o risco de ficar em casa sozinha.



Nesse dia estavamos no meu quarto, ele estava deitado na minha cama assistindo o jogo, enquanto eu estava mexendo no computador, e eu comecei a sentir dor nas costas mas nada comentei, apenas estiquei o corpo tentando estralar a coluna pois isso sempre resolvia, ele olhou pra mim e perguntou o que eu tinha, eu apenas disse que estava com um pouco de dor nas costas. Ele sorriu e perguntou se eu queria uma massagem, eu achei que nao tinha nada de mas em aceitar, afinal fazia tempos que nao recebia uma.

Ele então levantou da cama e pediu pra que eu deitasse na cama, eu o fiz, mas antes ele me pediu algo que nao esperava.



- Cu, tire a roupa

- Pra que?

- É melhor, como vou ter contato com a sua pele se você esta de vestido.

- Mas alguem pode chegar ai e..

- A Thaina so chega a noite, eu nao vou fazer nada..



Eu tirei o meu pequeno vestido e coloquei em cima da cama, ele nao ficou olhando, então pensei que nao tinha mesmo problema. Deitei, e senti ele abrindo o meu sutiã e levantei um pouco olhando pro seu rosto, porem, ele so disse que o fecho atrapalharia e que depois ele ia fechar de novo.

Eu coloquei a cabeça reencostada nos braços e fechei os olhos enquanto senti as maos do Fábio passar pela minhas costas e massageando com muito cuidado, enquanto ele o fazia, ele dava pequenas apertadas me deixando mais relaxada e fazendo com que minha dor passasse. Sá que comecei a me arrepiar, pois ele passava a ponta dos dedos em minha pele, e quando me dei conta a minha calcinha estava ficando molhada, e a peça era clara, se ele olhasse perceberia, mas achei que ele nao falaria nada,caso isso acontecesse.



As maos dele estavam passando um pouco acima da minha bunda, e eu estava realmente ficando excitada e dei um pequeno gemido, que eu so percebi depois e ele apertou minha pele mais forte, quando eu soltei um gemido mais alto e ele se alterou

- Cu, nao geme pelo amor de Deus

Eu sabia que ele estava excitado, sem uma boa foda ha muitas semanas, e ele estava com uma mulher semi nua a sua frente, a sua disposição e que ja tinha feito ele gozar.

Eu então comecei a gemer de forma sensual e comecei a esfregar minha bucetinha na cama, ele ficou olhando aquilo de olhos abertos, e nem piscava, sem acreditar no que estava acontecendo e começou a abaixar a minha calcinha enquanto passava a mao nela bem lentamente, a cada gemido mais alto e sensual ele apertava minha bundinha fortemente e me deixava louca, ele separou as minhas pernas e passou o dedo indicador na minha buceta ate chegar no meu cuzinho. A essa altura eu ja estava com a metade do corpo levantado, com os olhos fechados, e com a cabeça jogada pra tras, gemendo que nem uma putinha.



Eu deixei uma perna bem aberta enquanto a outra eu dobrei e deixei minha bucetinha bem exposto pra ele, senti aquela lingua quente passando por ela, e ele viu que eu estava excitada com aquela situação, ele riu e me deu um tapa na bunda, me fazendo gemer mais alto.

- voce gosta dessa situação nao é? Vadia

Fabio puxou as minhas pernas em direção ao seu rosto e começou a sugar minha bucetinha, enfiando a lingua bem no fundo e rodando ela la dentro, eu gemia tanto e pedia por mais, estava totalmente entregue a ele, eu ficava rebolando em cima da cama, me esfregando no rosto dele, e gritando quando ele dava chupadinhas no meu clitores, nem meu ex me chupava daquele jeito. O meu cunhado enfiava o dedo na entradinha da minha xana e ficava esfregando ali sem enfiar, e eu ficava louca querendo que ele empurasse mais

- nao me tortura cu

- Eu torturo porque eu quero te ver implorar pra eu tirar seu cabacinho, sua putinha



Aquilo era musica pros meus ouvidos, eu tava adorando ser chamado de puta e vadia, ate hoje eu imploro pra que me chamem assim e que bata na minha cara. Mas enfim, eu sentia a minha buceta cada vez mais molhada e o fabio sugando ela cada vez mais, eu tava esfregando a minha xana na cara dele, as vezes ele me dava uns tapas na bunda e eu gozei pela primeira vez na boca de alguem. Nossa que sensação maravilhosa que eu senti. Tivemos que nos ajeitar porque o carro da minha irmã ja estava na garagem, ele continuou deitado na cama com o travesseiro em cima do pau, enquanto eu continuei no pc.

Depois desse dia eu perdi minha virgindade com ele, mas essa é outra historia que eu conto na proxima vez.

Para quem quiser escrever a mim o emailé: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto erotico sou uma coroa vadia e meninosConto erotico de incesto cuidando das amiguinhas da minha irmaTennis zelenograd contodesvirginando sobrinhacontos eróticos a gostosura de nossos pensamentosconto erotico amigo pauzudo do marido comeu eu e minha filhacontos incesto comendo minha mae no parqueEu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticocontos com fotos travesti xexo com a mae da sua amigamarido da mae bolina menina contoscontos eróticos sobre sobrinhabucetudacontos eroticos morena gostosa malhadacontos eróticos falando de orgia em faculdade de juazeiro do Norte contos o pedreiro me fez mulhercontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoescontos de mulheres que gostam de mamar caralhos e lamber conasconto erotico submissa gozei choreicontos eroticos a forcacontos esposa no baralhoConto erotico sou madura e vadiacontos armei estrupo para minha esposacamila da o cu ao pedreiro contoscontos chantageada pelo genro e pela filhaamo ser rasgada fisting contocunhado da piroca grossa deixa sogra doidinha,contos e relatos eroticosna casa de swing recife contoconto ertico esibicionista biconto erotico com xupa minha xota paiContos eroticos com o rodo do banheirocontos exitantes de sexo na marrra delicioso historias reaiszofilia devuaetaconto corno leva sua savada pra asisti o jogo de chortinho torano a bucetasou loco pela minha cunhada contos eroticoso macho frequenta mimha casae o dono contoscontos eroticos duas amogas se masturbando freirasmasagista se marturbando no meio do espediente porcumi minha intuadaNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos fui dormir na casa da tia e comeu o Helenacontos:meu pinto endureceuex cunhada safada casada com presidiáriovideo de subrinho a proveitando a brincadeira para encochar a tiaConto erotico rapaz nao sabia bate punheta cm 19 ano pai ensinou a bate punhetacontos gay comendo o muleke do orfanatocontos consolei a mulher do meu amigocolocando a prizilha na bucetacontos eroticos namorada brava e virgemcontos eroticos de incesto selvagemvideo de jovens travesti praticando incesto com padrastopai me comeComtos casadas fodidas pelos empregados do maridof****** irmã mora nos peitos das gostosasConto erótico Sempre fui mas ele descobriuticos bem greludoscontos chera calcinha de transeu sentada na sofá sem calcinhas com pernas abertas pra o papa-contover contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosaamor olha o estrago ! Falou minha esposa com o cu inchado que o amante comeucontoseroticoscommaridocontos eroticos convenci meu priminho vestir a calcinha de sua maeconto zoofilia nerocontos eróticos marido chega em casa e esposa ta dando pro cunhado e cunhada participandoemprestei minha esposa putariacontos eroticos- meu namorado tirou minha virgindade no meio do matoconto erótico maltrato minha mãemulher comenta como fodeu a buceta com teu sogro historia herotica como tudo aconteseuso grelu esticadoconto erotico minha esposa era certinhaContos eroticos meti na buceta e meu amigo no rabao de minha esposacontos eroticos/comeu novinha peludinhamelhorescontos eróticos gosando pelocuhttp://googleweblight.com/?lite_url=http://tennis-zelenograd.ru/conto_1109_no-assalto-eu-virei-corno-e-minha-esposa-virou-puta.html&ei=ewottTwh&lc=pt-BR&s=1&m=52&host=www.google.com.br&f=1&gl=br&q=contos+namorada+arrombada+assaltantes&ts=1533842850&sig=AIvIYWIxf4O7RX2q2bvSs_2jhDvPc-6t9gtranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbacontos lesbicos princesa chupa princesacontos gays chupei o vira lataContos pornos-mostrei o pau duro pra minha maePortão tem puta fodedeiracontos eroticos abuso policial martaEu tirei o cabaço da buceta da minha filha eu fiz um plano com ela era pra ela arranjar um namorado no colegio dela pra ela levar ele em casa pra ela fazer ele fuder a buceta dela pra ele achar que a buceta dela era cabaço conto eroticoconvidando o amigo hetero para assistir um filme porno e ele me comeu conto gaypapai traindo mamae comigo contos eroticosconto guei fingi dormi emeu primo enfiou o pau na minha bocacontos eróticos Paula vizinha casada gostosacontos esposa quase nuaContos eroticos namoradas