Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENCOXANDO NEGUINHA BUNDUDA BAIXINHA NO TREM

Olá. Deixe-me fazer uma breve introdução neste meu primeiro conto.



Durante muitos anos fui Office-Boy e costumava pegar vários ônibus todos os dias. Isso me fez ficar craque na arte das encoxadas por muito tempo.



Infelizmente, esse tempo passou; mas não quer dizer que não continue encoxando ocasionalmente. Trabalho de roupa social todo dia, e costumo utilizar o transporte coletivo em São Paulo por conveniência e por prazer ;)



Outro dia, por exemplo, estava pegando o trem lotado, sem estar muito mal intencionado. Porém, o trem estava realmente lotado, e fiquei na parte que menos atrapalharia quem estivesse entrando: do lado da porta, mas não de frente para ela. Existe um pequeno espaço nesse local, onde estava eu e, do meu lado, uma mulher de jeans e virada de lado e de costas para mim. Eu e ela segurávamos no cano acima de nossas cabeças, e eventualmente ela dava alguns esbarrõezinhos com sua bunda em minha coxa.



Porém, no começo do corredor, quase do meu lado, estava uma neguinha meio gordinha, baixinha, com uma cara de poucos amigos, mas com uma barriguinha deliciosa que dava para ver o umbigo e uma bunda extremamente grande e redonda para sua altura (eu não sou alto, mas ela era mais baixa ainda!).



Fiquei secando demoradamente aquela barriguinha e aquela bundinha deliciosa, mas em nenhum momento saí do meu lugar inicial do trem. As pessoas é que iam passando para o corredor ou saindo dele.



A baixinha neguinha vestia uma pequena blusa aberta e um top, onde conseguia se ver sua barriguinha meio redonda com peitões bem generosos. Do lado de baixo, uma daquelas calças e moleton branca com figuras bem apertada. Uma delícia para encoxar, pois ela sente seu pênis se esfregando, e você sente a bunda dela, que no caso era um pouco mole mas com muita "sustância", do jeito que eu gosto.



Mas não tínhamos encostado um no outro ainda. Um senhor bem mais velho entrou em uma estação e resolveu encostar-se bem atrás da neguinha. Enquanto isso, flertava levemente com a outra mulher e sua bunda dentro do jeans.



Eis que entra mais uma mulher na jogada: uma negra de altura mediana e vestido alaranjado, que vai do ombro aos pés. Ela entra meio apressada naquela algazarra e eu deixo um pequeno espaço para que ela fique do meu lado. Ela vem com uma certa pressão e vai se colocando aos poucos na minha frente. Como eu já estava esfregando minha coxa em sua bunda, não grande, meio mole e que dava para ver o "meinho", ela foi cada vez mais ficando perto de mim, até que na práxima estação, que encheu mais ainda o trem, ela se agarrou no cano, ficando perto dele mas um pouco afastada, e eu fiquei bem atrás dela, já mirando meu pau bem no meio da bundinha dela.



Fique então esfregando e ajeitando meu pau atrás dela. Ele naquele dia estava mais virado pra direita, mas eu endireitei ele com uma mão e deixei bem de frente para o meio da bunda dela, pois minha posição estava bem "privativa" naquele trem, com ela sá pra mim, que, pelo jeito, estava gostando muito.



Então eu comecei a empurrar levemente para a frente e para trás, pros lados, no ritmo do trem, e ela foi levada junto comigo. Parecia que já estava estocando no meio daquela bunda que encaixada direitinho com minha altura.



Até que tive que dar licença para um monte de gente descer em uma estação intermediária. Isso fez com que eu fosse "espirrado" de volta do lado da negra mediana. Por outro lado, a neguinha baixinha já estava meio irritada com o velho atrás dela e se colocou na frente da negra de laranja, ficando com sua enorme bunda agora do lado do cano, quase onde eu estava.



Daí foi inevitável. Aos poucos parte da polpa de sua enorme bundinha foi se alojando do lado da minha coxa, e pelo jeito era exatamente isso que ela queria, pois estava indo cada vez mais ao meu encontro. Meu pau estava a riste, e ela em uma série de movimentos ajudados pelo trem, e eu, "indefeso" e sendo jogado do lado dela, encostei brevemente, mas deliciosamente, meu pau todo melado em volta de sua bunda reconda e deliciosa, molinha como eu pude constatar dando pequenas apertadas com a coxa.



A grande vantagem dessa vez foi que ela era bem baixinha, de forma que conseguiu passar de baixo do braço da negra de vestido, e se achegou mais perto de mim. Era uma neguinha bem safada, pois fingia que estava irritada com a situação, mas cada vez ia mais perto de mim.



Quando o trem saiu de uma estação e foi para a nossa, me inclinei e virei para o lado da porta. Ela fez a mesma coisa, quase se colocando na minha frente. Mas não foi dessa vez. Já estava extasiado e valeu a experiência, para quem não esperava nada naquele dia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu sogro me comeu contos eroticosConto de putaria com todos os machos da favelaComi o cu da paulistinha contoscontos de afilhadahistorias eroticas titio safado me dava roupas curtas de presentemeus amigos me comeram sem do gay contos eroticospauzudogosavideornposscontos eroticos gay acordado na noite pelo meu paiconto bebi muita porra sem sabercontos trocando sexo por TCCcontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoGoiânia conto vigia da obra gay cuContos erótico novinhas vigem sedo arobada pelo vizinhoconto a tia da piruacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html belas picas brancas rosinha gozando gayso unico que a titia deixava ver de shortinho contos eroticosminha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreiconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitacontos eróticos minha tia min da banhover tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadcontos escondido no churrascocurtos relatos eróticos de estupro fortisou separada dei a buceta e o cucasa dos contos eroticos tia e primaconto eróticos dei para meu sobrinhoContos eróticos "queria experimentar algo novo"contos erotico ele quis ser corno e eu providencieicontos eroticos mulher e amigaas gozadas mais lonjesru cdzinhaconto erotico incesto eu e mamae na passagem de anocontos eroticos de comi a bunda da mae da minha amigadeixo penetrar sem camisinhacontos eróticos Nilza A esposa do meu amigo Contos erotico Minhas mamas doem muitofui pega no flagra contos eroticosvídeos porno negras barriguda caidaContos pornos-mamae deu um selinho no meu paucontos eroticos mulhe conta.como deu a buceta eo cuEu e minha Mãe Cabaço contoscontos eroticos fui estupradaminha madrinha depilando a buseta contoeroticomeu sogro me estuprou contoscontos menage inesperadocontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porraconto erotico gay coroa cavalao faz viadinho chorarcontos/casado gosto de exibir a bundinhacontos eroticos de se masturbando nas sandalias da sograconto transando com mulher deficientecontos eroticos dos leitores meu marido e eu e outra mulher na camaentão toque consulta paciente e chupa b***** no pacientevideo sexi coiada esticada de manhã cedosexo gostoso foda maravilhosa grita quando o pau entra ui delicia mete essa vara na minha buceta no meu cu chupa a minha buceta vai porra ai que gostoso essa pirocacache:sU9kWxVzUNAJ:idlestates.ru/conto-categoria-mais-lidos_8_26_teens.html Conto erotico no sitio casa de dois comodosxvidio amaciando a esposaconto aprendendo da cumulher casada vira p*** no baile do carnaval só transa com homem do p********* e grosso para vídeosEsposa na dp em casa contosContos Sexo teen amador Menino Novinho gay Fazenda Do tio peão banho no cavalocontos eroticos cu de esposa vermelho cheio de porra com fotoPrepara a sua mulherzinha pra dar o cuzinho para aquele cacetão ali!”,Conto minha filha so anda de fio dental em casacontos eroticos como aprendi a gostar de pau grandecomeu a baba madura contoscontos eroticos gays no cinemabaixinha bronzeada transando com homem fortaoconto gay macho arrogantecontos eroticos corninho limpamdo xoxota da esposa cheia de gozo do amanteComi minha amiga bebada contoscontos de chupadascontos eroticos ele massageia arrombando o bundudotravestis levei gozada no cuzinho sem tira a roupacontos eroticos tia marta morena coroa tenho bunda grandecontos eroticos tive que dar pro homem da funerariaconto faco o que quiser corno perdoacontos eroticos violenciaCuzinho gostoso contoscontos eróticos de upskirt em escoteiraConto meu tio me fez mulher com seu pau enorme.Contos eroticos de mamae qhomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarburrinha zoofiliacontos eroticos casei com um velhocontos sexo a primeira vez que comi o travestisenche esse cu de leite contos