Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MULHER SE EXIBINDO PRO MARIDO DE SUA MAE 3

Depis de tudo ok aconteceu em minha casa; (quem nao estiver atualizado leia o conto de Nª2); eu estava confuso em relação a minha vida e a tudo ok estava acontecendo; eu havia recebido em meu lar paterno uma educação rigida; e os ensinamentos recebidos em minha infancia vinham contra o dzjo que agora aflorava; minha mente estava confusa pois uma parte de mim dzia, caia fora e uma outra parte; (apesar da raiva dizia a mim continue;); era estranho mas eu estava ficando excitado com o fato de minha esposa ter se revelado uma mulher sedutora e ousada; vi em sua face o prazer que sentia com aquela situação; apesar de minha raiva eu chegava em casa cheio de tesão e ficava esperando minha esposa dar uma brecha pra entrar no assunto sexo e perguntar sobre seu dia, se algo diferente aconteceu etc.



Os dias foram se passando e Luciano arrumou um emprego ok fazia com que minha esposa retorna-se a sua rotina comum, voltando a fikar so durate o dia; passarao algumas semanas; e minha vida parecia haver retornado ao normal; porem um dia ao retornei para minha casa mais cedo; era rodizio de meu carro e um amigo que vinha pro lado que eu moro me deu uma carrona ok fez com que eu economizase algumas horas entre onibus e metro;cheguei mais cedo que de costume e nao entreei pelo portão social e sim peo de veiculo, minha casa tem muros altos e a garagem impede a visão de quem esta da rua e vice versa; entrei e vi uma cena que me encheu de tesão; minha esposa estava estendendo roupa;



e o Luciano estava em casa,ele estava sentado no corredor da casa e ela estendia as roupas no varal sorridente e falava pra ele:

deixa de ser bobo vc nao consegue ver nada dai!

Ele respondia: vejo sim

Ela falou: entao me diz de que cor é

ele respondeu: se eu disser ok eu ganho

ela: Se voce disser que cor é? sem errar. eu mostro minha calcinha pra voce?

Ele disse: Sá isso; vc me deixa de pau na mao e so quer mostrar a calcinha;

Ela disse ok vc quer então, ai eu vou pensar no seu caso!

Ela o provocava; podia ver que era um jogo de sedução; afinal Marisa é uma mulher linda que sabe muito bem usar os dotes que a natureza lhe deu; seu corpo moreno, parecia hipnotizar Luciano; apesar de seus 35 anos, Marisa nao deixa de se cuidar sempre bronzeada, e vaidosa; jogava os cabelos sobre o decote generoso que usava; seus seios pareciam que iam furar a blusa, a menina sapéca, de labios carnudos se mostrava uma verdadeira felina e pensar que eu lhe incentivei a isso; pensava comigo; como posso sentir tesão em ver outro homem comendo minha mulher com os olhos, o volume em seu calção mostrava que ele estava totalmente louco e nao; tinha nenhum receio em mostrar isso; parecia exibir seu volume como um trofeu; ela que por sua vez o provocava com palavras.



Ouvi ela dizendo: Vai Lu entra la na sua casa; vai pra casa da minha mae e bate uma punheta pensando em mim, senao ela chega e pega voce de pau duro perto de mim ai vai dar xabu heim to te falando;



Ele respondeu nao se preocupe ela chega tarde e pelo jeito o seu Negao tambem chega; o carro dele ta na garagem; então posso ficar a vontade; alias vc tambem deveria ficar a vontade né Ma, afinal sou teu padastro vc tem de me respeitar e obedecer. se eu disser a cor de sua calcinha voce deixa eu tocar em vc?



Notei um brilho em seus olhos; e seus mamilos salientados pela excitação demarcavam explicitamente o fino tecido de sua camiseta; Marisa disse eu sei que voce vai errar entao ta eu topo, se voce acertar eu deixo vc tocar em mim; mas não vai alem disso; ele disse tudo bem então pode vir ate aqui e deixa eu tocar em voce pois a cor de sua calcinha é vermelha; ela arregalou os olhos

E disse; ela é mesmo vermelha, não sai dai eu vou te dar seu premio;



vi guando minha esposa; minha putinha; aquela mulher sedutora; chegou perto dele e tirou a saia que estava vestindo; retirou tambem a camiseta ficando somente de roupas intimas e chegou bem perto dele e disse pode tocar; Luciano se levantou e ficou em frente a ela; ele a puxou para seus braços e seus dedos começaram a bolina-la; vi minha mulher largar o corpo e se entregar ao toque; luciano não precisava mais pedir podia fazer com ela ok quisesse, e foi ok fez; enquanto explorava com as maos sua bucetinha carnuda e gulosa; com a boka ele mamava gostosso em seus seios; ela dizia isso filho da puta vai mama gostoso em mim mama; eu conhecia bem aquele corpo e sabia que ela tinha um tesão louco nos seios; de onde eu estava escondido vi quamdo Luciano fez com ela se ajoelha-se, ele tirou seu mastro; que ja estava rij a muito tempo e colocou em sua boka; vi minha mulher mamando aquele caralhao grosso e teso que pulsava em sua boquinha ela passava a lingua com maestria em toda estenção do cacete e falava: minha mae te chupa assim lu, fala pra mim voce ja comeu ela pensando em mim? ele disse ja, varias vezes! ouço voce trepamdo com seu marido e como a sua mae pensando em voce sua vagabunda gostossa; aquilo pareceu deixala mais tesuda ainda.



Vi Marisa deitar Lu no chao do corredor e cavalgar sobre ele; chamava ele de paizinho gostosso; de filho da puta; ele metia com força e a chamava de puta piranha, vi guando gozaram juntos, o sperma vertendo da buceta de Marisa que apos isso mamou ainda no pau de Luciano e subiu pra casa pois as horas ja estavam se avançando;



Fiquei algums minutos na garagem; e apos isso fui ate o portão social e fiz como se o tivesse aberto naquele instante; luciano saiu de banho tomado me cumprimentou; e ai Negão chego tarde malandro ta muito transito na rua?



(Filho da puta); eu disse:vc não imagina.



Cheguei em minha casa e como de costume dei um beijo em minha esposa apertei a sua bunda e disse a ela; amor aconteceu alguma coisa de novo hoje?

e ela como de costume respondeu: Claro que não!



Naquela noite fiquei pensando em como reverter a situação o meu favor; isto eu conto depois aguardem, afinal pçosso ser corno mas não sou bobo

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tirei a saia da minhan e fudi com ela no banheiro pornodoidominha mae me prostituia conto eroticovideos de porno sogro cardando a moracontos eróticos sogra pediu pra ver minha rolacontos veridico de desejo realizadocontos erotico dono de sitio meti com a esposa dos empregadolanny_contoschortinho q deixa as magrasgostosasme fode me arromba seu velho safadocontos papai socou tudo no cu da filha ela se cagouUm professor gay fode sim com um aluno com o pau doro na bocamaravilha conto heterocontos eroticos enfermeira saco peito grandecontos eroticos- supositorio no cu da filhairmatezudacontos buceta completamente peluda irmã de calcinha pela casacontos eroticos magrelo sem bundacontos betinha vendo a irma sendo fodidaporno novinha pijama acorda com pinto na bocaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas nivinhas dormindo e provocandocontos porno de casadas no cinemaconto fui ajudar a vizinha e ela me agradeceu com a bucetabuceta com muito tesao goza na primeira estocadachupei os pezinhos da minha irman contos eroticosconto da safada deu o cuzinho na caronaMelhor amiga da minha mulher na minha rolacontos eróticos chupeia massagista negao contosMulheres solteira salvdorcontos dormindo com a tiaconto.eurotico.homem.ttazando.com.travetiscontos sexo família biminha esposametendo com travestis contosMinha filhinha conto eroticoParaíba putinhoconto erotico fui no banheiro da estrada mijar e me assustei com o tamanho do pauzao do negaoContos eróticos com jeitinho tirei o cabaço do cuzinho da minha vizinhacasa do conto minha filha sentou no meu colo de mini saiacontos eroticos gang bang com papai e amigoscontos eroticos meu genro se vestiu de mulhercontos eróticos zoofilia f****** cadelinha de ruaseduzudo e fudido contos gayMenina q ta tezao encosta no irmao ddespistadocontos meu calmante é picatentando comer a sobrinha contosminha irmam vendo meu penis enduresendo pornocontos eroticos com cunhadinhas de dez anoscontos gays de incesto org.com-pai maduro e filho menino veadinhocontos eróticos - madrugada no clube de águas quentes contos erotico, quatro travesti me estruparamchantageei minha mae contos eroticosenfiando na bucetavarias coisascontos adorei a lingua no meu cuzinhoPorno conto ponheta da casada buzcontos erotico com pai come o cu da filha de nove anos escretocontos eróticos eu minha irmã fizemos sexo com faxineiro do condomínio.contos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elacontos transei com travesti bem dotado tirando o c*****Contos de safadezas com o padrasto desde pequenameu sogro me escravizou contos erotiçosContos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda GrandeMinha esposa é muito gostosa mais eu entreguei ela para outro homemcontos eroticos arrombei minha amiga de serviçoContos gay banheirocontos eróticos eu e minha amiga transamos na baladaCONTOS EROTICOS MAMAE METEU COMIGOcontos erotico meu paicontos das danadinhas perdendo cabaçinhocomtos ewroticos comi minha irma na fazenda de calca de lycratransando a sobrinha em pleno sono profundodelicia de maemae gostosacomi minha maecontos eroticos e tome gozada na caracontos eróticos cunhado retardadoPorno conto ponheta da casada buzcontos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona Irmas casadas taradas carentes sendo enrabadassou putinha mesmocontos eroticos colocar o plug no banheiro da lanchonetecontos gay meu filho gostosocontos eroticos eu e mamãe putas do capataz fotos de adoráveis travestis pirocudas nuasrodolfo era meu vizinho me chamo ana contos erótico contos porno chupetinho para um adultoContos eroticos com cunhadascontos genro