Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MULHER SE EXIBINDO PRO MARIDO DE SUA MAE 3

Depis de tudo ok aconteceu em minha casa; (quem nao estiver atualizado leia o conto de Nª2); eu estava confuso em relação a minha vida e a tudo ok estava acontecendo; eu havia recebido em meu lar paterno uma educação rigida; e os ensinamentos recebidos em minha infancia vinham contra o dzjo que agora aflorava; minha mente estava confusa pois uma parte de mim dzia, caia fora e uma outra parte; (apesar da raiva dizia a mim continue;); era estranho mas eu estava ficando excitado com o fato de minha esposa ter se revelado uma mulher sedutora e ousada; vi em sua face o prazer que sentia com aquela situação; apesar de minha raiva eu chegava em casa cheio de tesão e ficava esperando minha esposa dar uma brecha pra entrar no assunto sexo e perguntar sobre seu dia, se algo diferente aconteceu etc.



Os dias foram se passando e Luciano arrumou um emprego ok fazia com que minha esposa retorna-se a sua rotina comum, voltando a fikar so durate o dia; passarao algumas semanas; e minha vida parecia haver retornado ao normal; porem um dia ao retornei para minha casa mais cedo; era rodizio de meu carro e um amigo que vinha pro lado que eu moro me deu uma carrona ok fez com que eu economizase algumas horas entre onibus e metro;cheguei mais cedo que de costume e nao entreei pelo portão social e sim peo de veiculo, minha casa tem muros altos e a garagem impede a visão de quem esta da rua e vice versa; entrei e vi uma cena que me encheu de tesão; minha esposa estava estendendo roupa;



e o Luciano estava em casa,ele estava sentado no corredor da casa e ela estendia as roupas no varal sorridente e falava pra ele:

deixa de ser bobo vc nao consegue ver nada dai!

Ele respondia: vejo sim

Ela falou: entao me diz de que cor é

ele respondeu: se eu disser ok eu ganho

ela: Se voce disser que cor é? sem errar. eu mostro minha calcinha pra voce?

Ele disse: Sá isso; vc me deixa de pau na mao e so quer mostrar a calcinha;

Ela disse ok vc quer então, ai eu vou pensar no seu caso!

Ela o provocava; podia ver que era um jogo de sedução; afinal Marisa é uma mulher linda que sabe muito bem usar os dotes que a natureza lhe deu; seu corpo moreno, parecia hipnotizar Luciano; apesar de seus 35 anos, Marisa nao deixa de se cuidar sempre bronzeada, e vaidosa; jogava os cabelos sobre o decote generoso que usava; seus seios pareciam que iam furar a blusa, a menina sapéca, de labios carnudos se mostrava uma verdadeira felina e pensar que eu lhe incentivei a isso; pensava comigo; como posso sentir tesão em ver outro homem comendo minha mulher com os olhos, o volume em seu calção mostrava que ele estava totalmente louco e nao; tinha nenhum receio em mostrar isso; parecia exibir seu volume como um trofeu; ela que por sua vez o provocava com palavras.



Ouvi ela dizendo: Vai Lu entra la na sua casa; vai pra casa da minha mae e bate uma punheta pensando em mim, senao ela chega e pega voce de pau duro perto de mim ai vai dar xabu heim to te falando;



Ele respondeu nao se preocupe ela chega tarde e pelo jeito o seu Negao tambem chega; o carro dele ta na garagem; então posso ficar a vontade; alias vc tambem deveria ficar a vontade né Ma, afinal sou teu padastro vc tem de me respeitar e obedecer. se eu disser a cor de sua calcinha voce deixa eu tocar em vc?



Notei um brilho em seus olhos; e seus mamilos salientados pela excitação demarcavam explicitamente o fino tecido de sua camiseta; Marisa disse eu sei que voce vai errar entao ta eu topo, se voce acertar eu deixo vc tocar em mim; mas não vai alem disso; ele disse tudo bem então pode vir ate aqui e deixa eu tocar em voce pois a cor de sua calcinha é vermelha; ela arregalou os olhos

E disse; ela é mesmo vermelha, não sai dai eu vou te dar seu premio;



vi guando minha esposa; minha putinha; aquela mulher sedutora; chegou perto dele e tirou a saia que estava vestindo; retirou tambem a camiseta ficando somente de roupas intimas e chegou bem perto dele e disse pode tocar; Luciano se levantou e ficou em frente a ela; ele a puxou para seus braços e seus dedos começaram a bolina-la; vi minha mulher largar o corpo e se entregar ao toque; luciano não precisava mais pedir podia fazer com ela ok quisesse, e foi ok fez; enquanto explorava com as maos sua bucetinha carnuda e gulosa; com a boka ele mamava gostosso em seus seios; ela dizia isso filho da puta vai mama gostoso em mim mama; eu conhecia bem aquele corpo e sabia que ela tinha um tesão louco nos seios; de onde eu estava escondido vi quamdo Luciano fez com ela se ajoelha-se, ele tirou seu mastro; que ja estava rij a muito tempo e colocou em sua boka; vi minha mulher mamando aquele caralhao grosso e teso que pulsava em sua boquinha ela passava a lingua com maestria em toda estenção do cacete e falava: minha mae te chupa assim lu, fala pra mim voce ja comeu ela pensando em mim? ele disse ja, varias vezes! ouço voce trepamdo com seu marido e como a sua mae pensando em voce sua vagabunda gostossa; aquilo pareceu deixala mais tesuda ainda.



Vi Marisa deitar Lu no chao do corredor e cavalgar sobre ele; chamava ele de paizinho gostosso; de filho da puta; ele metia com força e a chamava de puta piranha, vi guando gozaram juntos, o sperma vertendo da buceta de Marisa que apos isso mamou ainda no pau de Luciano e subiu pra casa pois as horas ja estavam se avançando;



Fiquei algums minutos na garagem; e apos isso fui ate o portão social e fiz como se o tivesse aberto naquele instante; luciano saiu de banho tomado me cumprimentou; e ai Negão chego tarde malandro ta muito transito na rua?



(Filho da puta); eu disse:vc não imagina.



Cheguei em minha casa e como de costume dei um beijo em minha esposa apertei a sua bunda e disse a ela; amor aconteceu alguma coisa de novo hoje?

e ela como de costume respondeu: Claro que não!



Naquela noite fiquei pensando em como reverter a situação o meu favor; isto eu conto depois aguardem, afinal pçosso ser corno mas não sou bobo

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


www.flogdesexo.compauloelizabethContos eróticos sarrado minha tiacoroa gorda velha umiha o marido fodendo com outrocontos eroticos detonou a crentecontos erotico meu chefe me pediu para vestir uma tubinhacontos eróticos no elevadorrelato esposa safada na fazendaai meu neto rasga a buceta da vovo conto eroticpcontos comeram minha mulher no colegiofui arrombado contos gaysmulher mostrando partes intimas meladafudeno a sobrinha que domiaNao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contocontos adoro um pau gostoso e tesudo de travestitransando com minha cunhada ela chupando meu pau aquela boca vermelha de batomcontos eróticos de mãe ajeitando a filha para o pai comer na frente delarabinho impinadinho em fio dental da irmaMeu sogro meseduziu contocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoninfetas com vestidos beijando peitoral dos travestisquero uma buceta envolvendo meu paucom oito anos tio lavou minha xaninhaconto acabei comendo o cuzinho delacontos de mulher insatisfeita com maridoconto erótico Aproveitei que minha sogra estava dormindo meu pênis grosso nelaliceidade porracasada recebe proposta indecente contostravesti comemdo loira chorandodando a buceta na maquina e quase morrendoabusada com vibrador contosDesenho porno pai bota filhar pra domir i fode ela todinharchupo minha mae contoscontos eroticos abri sua boceta e minha porra escorria do seu buracocontos de big rolaconto erotico madura gorda e a submissa ninfetinha e gostosaconto erotico com patrao velho coroa grisalhoconto erotico travesti desobediente castigada pelo donodei viagra feminino para minha cunhadacontos eroticos de estuprosno carnaval de ruaquero ver vídeo pornô vários anões bem cafetão bem grosso metendo na naconto mulher usa a buceta pra fazer caridadeconto gay meu sobrinho virou amantevideos de peladas e meladas de manteiga no cuconto erotico toma leite pra crescer fortecumil minha vizinha gostoza fimepornoprimas contos eróticocontos eroticos amiga da minha mae velha coroa viuvaconto erotico esposa come marido com cenouracontos de primeira vez com meu cunhadocontos coroas amazonensestravesti gritando pidido porra no seu cueu e minha sogra coroa conto eroticocontos buceta completamente peluda irmã de calcinha pela casacontos de incestos e surubas com minha irma e minha mulher nudismo na piscinaconto erotico gay seduzindo o tio velho coroa grisalhocontos eróticos. bonita e exibidaminha tia greluda de biquíniContos eróticos minha gata fode com todoscontos eroticos mae filho filhaContos eróticos heterossexualconto lesbico garota come cu da boasuda eteromamei até os bicoes dela incharem contosconto erotico como gravidez a minha tia seios gcorno dominacao dedos no cu conto eroticopatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticoscontos de rasgando o cu da babacomendo amae domeuamigo porno leisbicoconto erotico chantagem e comeram minha esposacontos eroticos da esposa escravizadaver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.contos enrabando sobrinha da minha mulherContos eroticos tia dando sobrinhoconto erotico ficando com um doente mentalhomem chupa b***** depois coloca rola dentro da b***** e Adelecontos eroticos inocentehoje morena bonita eu estou querendo te pegar gostoso hoje morena bonita todos têmfui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosurso velho peludo gay contosFodi a enteada a cunhada e sobrinha na praia de nudismo contoerooticocomo eu faço pra apreparar minha buceta pra primeira relaçao sexualconto seduziu heterocontos eroticos gay femeacontos amante da sogra desde antes de casarcontos eroticos ela não queriaeuconfessocunhadaSentando no colo contosmurhler.abusada.estrupradoCuidando do meu pai acidentado contos de incesto feminino