Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SATISFAZENDO A PATROA

Click to Download this video!

O caso que vou narrar aconteceu ha alguns anos atras, quando trabalhava em uma Fazenda perto daqui. Meu serviço era, todo dia, encher o caminhão com a produção da Fazenda e distribui-la pelos mercados da cidade. Minha patroa, vamos chama-la de Marcia, era quem coordenava meus trabalhos. Ela e seu marido, Pedro, são os donos da Fazenda, mas realmente quem cuidava era ela. No fim do dia prestava contas a ela, e ajudava a planejar as entregas do dia seguinte. No começo ela era bastante seca, mas com o passar do tempo foi ficando um pouco mais amiga, fazia piadas e comentava as noticias do dia. Certa vez, notando seu ar cansado, comentei que ela precisava de ferias, que devia deixar o trabalho para seu marido. Ela entao, com um ar de sarcasmo, comentou que, se fosse pelo João, a Fazenda já teria fechado ha muito tempo, qu ele acordava depois das nove e so' se interessava em ir pescar, nem na cama comparecia mais. Percebendo que falara demais, ela fechou a cara e mudou de assunto, mas fiquei com aquilo na cabeca, e nasceu nesse instante um desejo de dar pra ela aquilo que ela não tinha. Passados alguns dias, quando fui com Marcia verificar o estoque, cheguei-me por tras e, sabendo que não havia ninguem por perto, agarrei-a e abracei-a, acariciando seus seios. No inicio ela tentou se desvencilhar do abraço, mas sua resistencia nao foi muito grande, como se já esperasse esse ataque ha muito tempo. Começamos a nos beijar e acariciar, ela passndo a mão por cima da minha calça, deixando minha ferramenta dura como pedra. Mas como o deposito nao dava condições para fazer nada mais, combinamos de nos encontrarmos na cidade, antes dela pegar as crianças na escola. Por volta das onze horas nos encontramos na periferia da cidade, como combinado, na casa de uma amigo meu, que estava de viagem e deixou a chave para eu tomar conta. Ao entrar na casa, sabendo que nosso tempo era curto, aquela mulher baixinha, com jeito acanhado, se transformou, tirou logo a roupa e veio para cima de mim, puxou minha pica para fora e fez a chupeta mais gostosa que ja me fizeram. Quando consegui finalmente tirar o resto da minha roupa, fui por cima e, com jeitinho, fui enfiando em sua xana. Ela entao começou a gritar e a chorar, fiquei até com medo dos vizinhos chamarem a policia. Mas quando tentei parar, ela implorou para que continuasse, que estava bom demais, que fazia muito tempo que nao tinha tanto prazer, que o corno do marido dela nunca soube foder de verdade. Fui então aumentando o ritmo enquanto dona Marcia ia aumentando os gritos, até que não aguentei e inundei a xana dela com meu líquido quente e espesso. Como já estava na hora, paramos por ali, mas com a promessa de repetir tão logo a oportunidade surgisse. Dias depois, Pedro, seu marido, resolveu sair por uns dias para pescar, o que normalmente deixa dona Marcia irritada, mas desta vez parecia até satisfeita. Naquela noite, depois de fechar as contas das entregas do dia, fiquei enrolando enquanto os outros funcionarios iam tomando rumo, entramos então no caminhão e começamos a nos beijar. Ela disse que o cheiro de suor daquela cabine estava deixando-a mais tesuda, e sem esperar mais nada, praticamente ela me estuprou, veio por cima, cavalgou minha pica sem descanso até extrair dele a última gota de porra. Não satisfeita, me fez prometer voltar de madrugada, perto da meia noite, para nos amarmos no quarto deles. Foi naquela noite que ela me ofereceu seu cuzinho, que eu comi com maestria, sempre com bastante carinho. Ela gemia e dizia que seu corno nunca comeu direito seu cú, que gozava rapido demais e sá deixava dor, sem prazer.



Com o tempo, fui me afeiçando por aquela mulher, e acho que ela a mim, mas por algum motivo ela resolveu terminar e me mandou embora, pelo menos com uma boa quantia de bonificação que eu entendi que era minha recompensa para ficar quieto e longe da vida dela. Como a respeito muito, nunca mais a procurei, mas se ela precisar de um ombro ou uma pica, largo o que estiver fazendo pra ir encontrá-la.



Ass. Macuxi.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de bebados e drogados gaysSou casada mas bebi porro de outra cara contosContos, casada mal comidaенцеси с зоофилыcontos airoticos gay desmaiando no pau do padrasto o tesão falou mais alto e fui corno contos eróticos brincadeirasConto erotico uma princesa para um pedreirocontoseroticosviolentadahomem casado,sendo penetrado gostoso no frango assado.separei do meu marido e fui morar com minha irma conto eroticoEu olhava a bucetinha de melina e ficava loucoconto de quando era novinho chorei com uma pica grande no meu cuzinhoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos estupradas por animaisWww.contos eroticos de mulheres no quartel.comconto erotico patricinha dando pra pobrecontos eróticos com estrupo rola gggcontos eróticos - encoxada no elevadorcontos eroticos corno gaycontos eróticos fode direitoconto moreno heterocomi minha criada boazudavi meu sobrinho arrombar a sua namorada gostosa. conto eróticoEu e minha Mãe Cabaço contoscontos de coroa com novinhocontos bolinadas no parqueo home infinando a rola na bumda da moleSou casada mas bebi porro de outra cara contoscasada recebe proposta indecente contoscontos eroticos syrubasconto erotico o taxista negaoConto erotico o cu da minha enteadaContos olhando a mãe dacontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidosentou no meu colo conto eroticogozanodeto familha ponocontos de bichinha dando pra negaofilmes de televisao pornospeitos da prima pulando fora da blusa no sexoquero ler contos eróticos lojista gostosafui encoxadaconto eRotico os piralhoS m comeraofodo minha princesinha. contos eroticos de incestosconto erotico gay coroa dominador castiga viado novinhoentei no quarto da minha primarelato erotico meu filho gosa nas calcinha minhaslésbicas castigando o rabo da parceriaMe comeram ao lado do meu namoradofilme porno tia gostosa faz uma viajem dormi com saudade do sobrinho da cuContos eróticos reais de AngolaContos eroticos minha buceta mela muito minha calcinha quando me esitocavalo enterrandi tudo na novihacontos eróticos virei fêmea louca por leitinhocontos eroticos fui comprar cerveja e.comeram minha esposaconto erotico incesto sonifero filhaSou casada mas bebi porro de outra cara contosconto erotico doce bruninha novinha no colocontos erticos de ninfetasconto gay fui feliz em salvadorLingua na buceta contosfiquei 2 semanas sem masturbação quando masturbei explodiu porra para todos os ladosContos eróticos papai me quereu quero vem pica de cinicomeconto erotico quando eu era menino um negao me comeumeu pai olhava pelo buraco na parede do quarto dele pro meu e se masturbavacontos porno papai e a fama de pirocudocontos erotico sou cazada beti punheta pro meu amigo pornoComo me tornei a cadela do meu padrato contos eróticocontos eroticos nane descomunalcontos pornos irmas naturistascontos eroticos minha amiga e seu marido me maltrataram com piça Travessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondida