Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODIDA NO MATO

Fodida no Mato.



Olá, está histária que eu vou lhes contar é real e aconteceu há alguns meses.

Me chamo Sheila, tenho 24 anos, sou loira, tenho bunda e seios fartos, do tipo que deixa qualquer homem maluco.

Tudo aconteceu quando estava voltando do trabalho, sou estagiaria numa multinacional, portanto tenho que andar sempre de roupa

social, aí eu aproveito para valorizar o meu corpo, vestindo roupas sempre chamativas. Este dia estava vestindo uma mini saia

preta com uma mini blusa branca com um decote que mostrava bem o tamanho dos meus seios. Este dia ao chegar no ponto de

ônibus tinha um moreno alto, bem forte, olhos verdes, parecia um colegial, sempre tive tara por colegiais mais como são novos demais, naum daum conta

do recado. Ao subir no ônibus que estava lotado, ele naum parava de me olhar,confesso que estava ficando até meio sem graça, até que ele

que ele ficou atrás de mim e na primeira curva que o ônibus deu ele me jogou contra o banco, jogando todo peso de seu corpo pra cima

do meu, na hora fiquei sem reação, pensei em virar a mão na cara dele mais, de alguma forma aquilo me excitou tanto que eu resolvi dar uma chance

a ele. Toda curva que o ônibus dava agora era eu quem roçava minha bunda na rola dele que alias estava bem dura. Chegando no meu ponto

acho que ele entendeu o convite e desceu atrás de mim. TInha uma rua perto de casa que sá era mato, segui para a mesma e ele continuou me seguindo

até que, eu resolvi entrar no meio daquele mato todo, olhei para trás deu uma piscadinha, empinei minha bunda e pronto, ele veio que nem

um animal pra cima de mim, confesso que aquilo tudo me excitava. Nos despimos feito loucos, ajoelhei e paguei um bokete pra ele,

ora engolia tudo, ora chupava as bolas, ele gemia feito louco, fiquei com medo de alguém escutar e vir ver o que acontecia mais otesão falava

mais alto, eu com aquele cacete enterrado na guela. Num momento de loucura ele me pegou pelos cabelos, me deitou de barriga pra baixo

mirou seu cacete na porta da minha xana na hora tentei argumentar pois a gente nem se conhecia e ele tava se camisinha, fiquei com medo de engravidar

mais ele sem pensar enterrou tudo de uma vez, me fazendo soltar um uivo feito uma cadela quando leva uma enterrada profunda. Foi aí que ele começou

um vai e vem frenetico, aquele garoto fodia que nem um homem, bombava forte com estocadas profundas e ininterruptas, socava forte

apertava meus peitos, me chamava de cadela, de puta, de vagabunda, e aquila me excitava ainda mais, naum aguentando mais comecei

a berrar feito uma louca e gozei, melando todo o seu pau com meu melzinho. Foi aí qeu ele disse que queria realizar uma fantasia aintiga

comigo, eu disse que aceitava o que ele quisesse, ele entaum me mandou cavalgar naquele pauzão, foi o que fiz sem reclamar, cavalguei, domava feito uma amazona

aquela jeba, domava com maestria, ele nessa hora começou a enfiar o dedo no meu cuzinho, uma hora um outra dois, até que depois de muito cavalgar

ele me botou de 4 e enterrou de uma vez no meu cú, essa hora eu gritei, nunca tinha sentido dor tão grande pois meu cú era virgem e o

pau dele era enorme, ainda tentei argumentar: para, para ta doendo para, para, ai, uuuhhhhhh, que delicia, mete agora, isso vai me

arromba todinha, vai naum para meu garanhão, quando vi já tava fora de si dizendo coisas que nunca sonhava em dizer pra homem nenhum

mais quele me deixava louca, e ele dizia: "AH, tá gostando sua puta, entaum toma sua cadela, vo dexa esse cutodinho arrombado, sua vaca

aí, depois eu qeuro goza nessa sua boca maravilhosa, você vai deixá não vai? Na hora respondi que sim, nunca tinha deixado ninguem

fazer isso mais pra quem tava dando o cú, sem camisinha, nessa hora eu pensei comigo mesm vou até o fim. Ele já naum agunetava mais

me foder foi aí que ele tirou de dentro, me puxou pelos cabelos, enterrou na minha boca, e despejou todo aquele leite, gozou tanto que quase me engasguei

com tamanho volume. Engoli tudinho e foi muito bom, nos despedimos com um longo beijo, e nunca mais nos vimos. Agora quero

ser penetrada e gozada por vários machos se quizser me ajudar entre em contato. Quem sabe vc naum me ajuda hein?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


noras e sogro estorias de sexo riais.so sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticoscontos eroticos de meninas novinhascontos eroticos da primeira traçãoconto gay tio paciente comendo o novinho devagarinhoConto erotico no sitio casa de dois comodosQuero um homem que chupe minhas tetas quando chega do trabalho e pra dormicontos eróticos vovó me comeucontos eroticos de estupros entre primoscontos eroticos fico toda meladacontos eroticos meu amigo daniel comeu minha mulhercontos eroticos patricinha caminhoneirosnovinha p****** dando para o bodãomeu,vizinho mais velho me lambeucontos eróticos insertos tiacontoseroticosdeincesto/irmaoeirmaMeu pai tava em casa comigo e com a minha esposa eu e meu pai fundemos juntos minha esposa conto eroticocontos eroticos zoofilia aparelho coletaminha esposa ela levou sua amiga solteira pro nosso quarto pra eu fuder elas duas juntas conto eróticocontos eroticos cegoincesto conto dia de trovoadacontos comendo mulher do amigo meia noitede frango assada recebendo lingua do gay safadomulheres gostosas bundão empinado com roupa do quartelporno filadaputa faz devagar o teu pau é muito grande http://idlestates.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlPorno conto ponheta da casada buzminha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandocomi minha irma q nei peitos tem ainda contosgay mamando pirralhos contosbaxinho do pau gigante impresiona casadaconto minha tia so anda de calcinhaconto erotico com filhinhaminha entiada me pega batedo uma punhetaconto erotico sou vadia e meu marido nem desconfiacontos eróticos meu amigo me comeu no mato a forçacontos erotico com pai come o cu da filha de nove anos escretocontos eroticos velhos e novinhas santinhascontos entre mãe e filho picudo no banheirocontos tia gostosaa ai delicia ai vai vaiContos ajudei o meu amigo a comer minha filhacontos a crente que gosta de dar a bucetaSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos quero ser corno secretofotos.e.contos.de.homem.cazado.que.ama.chetar.pau.pintoas rabudaaesposa e meu amigo contos pornostoco siririca na madruga contos de casadasPorno.veterinariha.taradagozei no copo e dei pra minha tia bebeu contostravestiszoofiliafotosconto banho com tia olhandocontos metendo na tiacontos divido apartamento com um travestif****** irmã mora nos peitos das gostosastranzando com tua irmã durmindoconto erotico video gamecospidas na boca porno lesbicasadoro os fio dental da minha irma e os shortinhos adoro o vibrador dela no meu cuzinho afeminadocontos eroticos acampamento pirenopoliso preto fodeu-me contocasa conto - eu minha namorada e sua amiga part 1Vanessinha criando pelo na xaninhacontos de gays q ficaram arrombadisgozando vendo a tia lavando roupacontos erotico você agora é meu viadinhonamorada deixou cara de pau duro contosporno pulando carnaval com a tia contos sado marido violentossexo e esganaçaoconto real casada moro na casa do fundoaContoseroticosnoivascontos encoxando mulher do amigocontoerotico meu padrastomim comeuconto de iniciação transex quando tudo começa.trepafa de carona contos eróticos comi o cuzinho da larinha contos eroticos meu avô me obrigou a chupar elecontos eróticos gay o filho do pastorBuceta de barreira cearaconto erotico meu padrato bem dortadorcontos eroticos monha noiva sil nua na frente de todoscontos eróticos locador com comeu a inquilinaContos primeira chupadacontos tudo enfiado no cuContos rasga o cu filhinhacontos eroticos pai filha e genrocontos de hilhas putinhas pro paiconto - madame recatada chupandocontos eróticos gays metroMeu pai tava em casa comigo e com a minha esposa eu e meu pai fundemos juntos minha esposa conto eroticodado pro tio na fazenda, conto gaycomo arrombar um cu virgem ticaaguentei o pau groso. contoconto eróticos putinha da famíliaminha madrinha depilando a buseta contoeroticoConto erotico adoro chupar buceta azedinhacondos erodicos