Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESTA VEZ FOI DIFERENTE

O que passo a relatar foi minha segunda experiência de quatro. Nesta época tinha 34 anos. Sou casado com filhos, não sou afeminado e adoro mulher, mas... Minha primeira vez aconteceu aos 31 anos, meio que de repente. Dei e gostei. Nos ultimos 3 anos, volta e meia sentia uma vontade danada de dar, ser mulherzinha de alguém. E foi assim que aconteceu a segunda vez. Naqueles dias estava com uma vontade danada. Tentei apagar o fogo com dedadas durante o banho, mas a danada da vontade não passava. Depois de muito tentar, resolvi ir pra cama com alguém, mas quem? Um dia, estava sá, não trabalhava neste dia, filho pro colégio, resolvi entrar na internet. Apás alguns papos sem muito sucesso, um rapaz me chamou pra conversar. Meio sem entusiamo comecei a teclar com ele e acabei sabendo que era cabeleireiro de um salão de um bairro do outro lado da cidade. Conversa vai, conversa vem, ele perguntou se não gostaria de sair com ele. Expliquei a minha situação e disse: "Sá se for agora." Pra minha surpresa, ele topou. Marcamos num motel. Eu entrei sá e escolhi uma suite. Liguei pra ele e passei o motel e o número da suite em que estava. Uns 20 minutos depois ele chega. Conversamos um pouco e ele perguntou se eu realmente não queria comer ele. Eu falei que não. Então ele falou: "Se vc quer dar a bunda, então vou te comer muito." E começou a tirar a calça, ficou de cuecas, veio na minha direção, começou a me despir, beijando um pouco meu pescoço, meus peitos que são meio salientes, tipo de menina moça, sá que um pouco de pelos, batendo uma punhetinha no meu pau que já estava durinho, quando me mandou sentar e chupar. Foi neste momento que ele tirou a cueca e me mostrou um belo pau, uns 18cm, meio torto, mas super duro. Sá pra ter uma idéia, o meu é pintinho, tem apenas 12,5cm, embora grossinho. Ele veio na minha direção, mandou eu abrir a boca e enfiou o pau nela. Comecei a chupar feito um louco. Nossa, como eu estava com vontade...

Aos poucos fomos nos deitando, ele foi me chupar, voltou a me dar o dele, nos viramos, fizemos um 69 bem gostoso, quando em determinado momento, ele fala: "Anda, vem, não quer dar...então fica de quatro que eu vou comer..."

E eu, sem falar nada, sá me virei, fui até a ponta da cama e de quatro fiquei, me arregacei o máximo e perguntei: "Assim está bom?"

Ele: "Maravilhoso! Adoro um viadinho obediente e com a bunda empinada pra mim."

Eu sá conseguia gemer com ele mexendo os dedos em mim. Ele colocou a camisinha, lubrificou e nada. Estava dificil de entrar. Ele então falou: "Porra, cara! Quando vc me falou que era apertado achei que era mentira tua. Tá dificil de entrar. Tu é cabacinho mesmo! Faz força pra fora...senão fica dificil e vai te machucar..."

Foi quando me lembrei da orientações do meu primeiro homem. E assim, foi, fiz força pra fora e senti a cabeça entrando. Devagar foi indo, quando de repente, ele enfia mais e mais e dá uma estocada, entrando tudo. Eu dou um grito e gemo muito. Ele, sem dá, começa a me comer, devagarinho, curtindo minha bundinha. Sinto ela sendo alargada por aquele belo pau. Sá consigo gemer, enquanto ele fala diversas coisa no meu ouvido: "Viadinho gostoso, era isto que vc queria? Dar a bunda? Tô comendo...." E falava, e falava, e aquilo me excitava demais. Meu pintinho estava durinho. Volta e meia ele me segurava pelo quadril e fudia forte, outras vezes, se debruçava sobre mim e comia devagar, sabia comer uma bunda de homem. Depois de um tempo, deitou-se sobre mim e continua a comer, vez por outra mandava eu rebolar no pau dele. Que delícia que é rebolar com o pau todo dentro da minha bundinha, adoro...

Apás um tempo assim, ele levanta, tira o pau de dentro de mim e me manda ficar debruçado no braço do sofá da suite. Eu vou e fico do jeito que ele queria. Ele vem novamente, agora já alargado, o pau entra tranquilo, sá tesão, sá prazer. Ele me chama de putinha, que eu tenho uma bunda super gostosa e começa a fuder forte, explodindo num gozo maravilhoso. Eu termino minha punheta e gozo praticamente junto. Delícia!!!

Sem reação, com o cuzinho arreganhado, fico deitado de bunda pra cima no sofá e vejo ele mijando no banheiro e penso: "Que loucura! Normalmente quem vai mijar depois da transa sou eu."

Pois é, desta vez foi diferente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sono no cu das duas safadascontos eroticos de sobrinho comendo a bunda do tiohistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadacontos eróticos de lésbicas masoquistascontos ninha cachorra chupou minha bucetaMeu primo que chupa no meu paucontos gays cheirando paucoroa pede gisa pra mim safadocontos eróticos minha esposa com a calcinha cheia de p**** chegou em casaEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DE CALCINHA FETICHE OLHANDO ESPELHO MINH BUNDAconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eróticos mancha branca no vestidominha namorada apertando meu pau com a sua bucetaespiando a prima ce troca pornomeu paisinho e louco pra mi comer contoscontos erotivos aconteceu em monteverdehttp://zoofilia deixei o dog meter na minha filha.contosconto espiando transa do tiopapai deu banho e colocou o dedo npepeka d filhinha conto eroticoa menina e o cachorro de rua contos de zoofiliasexo contos eroticos titio e aninhacomparando paus contoslua de mel da esposa do corno e o amante contosCrente safada ContosEróticospornô.commeu sobrinho e eu no carro.ctosMães chupando filho contoseroticoscontos corno humilhado beija péscontos eroticos a forçaLua de mel contos eroticoscontos completos quentes esfregando so pra judiar pedindo maseu arreganga minha buceta pra elecontos eroticos pe de mesacomo enfiar caralho na conaconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de contos sem querer me apaixoneiContos eroticos urologista bom de bocabobadinho condo o priminho gayLindas esposas morenas turbinadada contos eroticosSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eróticos no carro com meu paicontos eroticos mamae de top lessmeus tios comeram as camareiras do hotel conto eroticoparou na borracharia pra arrumar o pneu e levou pau gay fudendoContos eróticos mae medrosacontos eroticos trans hormonio calcinhatitiocolocadevagarmama direito vadia csralhoDei o rabo no estoque contosa cabeleira contos eroticoconto erótico denyro da piscinaContos era feio mas tinha um pênis descomunalContos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda Grandecontos eroticos fudendo minha bisavoconto erotico virgem colegialsou evangelica e meu marido flagrou eu dando para um velhao contosconto pono de mulhe deiixa seu ammate negao tira sangue da suuua fiilhaporno com negao e sitremeucontos arrombado por cdconto meu chefe me chupoucomendo a mae e a tia na piscina contos eroticome fuderam meu cu na ordenha contoscontos eroticos amante vs mulhercontos mulher coloca silicone no peito e na bunda para ficar gostosaTennis zelenogradcontos de mulher casada foi no baile funk com minha filhatransando a sobrinha em pleno sono profundocontos eroticos a bunda gostosa da minha cunhadaconto erotico corno mi ajudouporque cavalos tem pirocãoConto erotico advogada enrabadaconto erotico eu peguei meu pai comendo cu da emprega na marracontos eroticos rabovendo namorada pau grande grosso traindo gozada porra contosconto erótico acordei com alguém me comendo fodendo bucetinha molhadaeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no raboContos eroticos tarado por seios