Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MULHER TOPOU A SACANAGEM

Minha Mulher Topou a Sacanagem



Oi, me chamo Edygar, sou branco tenho 37 anos e minha mulher bem morena e se chama Cintia tem 25 anos, ela é muito linda e de um corpo que realmente e exuberante, somos casados a 4 anos nossa vida sexual era não muito boa, mas certa vez resolvi arriscar tudo ou nada, pensei pior não vai ficar, por varias vezes contei a ela que tinha muitas sacanagem que queria realizar mas de nada adiantou, foi então que tive a minha chance de ouro.

Agradeço a minha comadre Claudia umas loirinhas de 29 anos, muito gostosa que sempre vai a nossa casa para conversar com a minha mulher, certa vez, resolveram bisbilhotar a conversa das duas e vi que elas falavam de sexo, minha comadre contava as sacanagem que fazia com o marido, mas minha mulher dizia que sua vida sexual esta indo de mal a pior, ela confessava que era por sua prápria culpa e que tinha medo de me perder, pois ela não tinha muito tesão por sexo, e que sua vontade era muito pouca comparada com a minha e que por varias vezes eu brigava com ela para podermos foder, e sabia que eu iria um dia me cansar. Sair e fui para um bar na esquina maquinando o que iria fazer com aquela situação, foi então que resolvi pedir ajuda a minha salvadora a Claudia, fui a sua casa e lhe contei que tinha ouvido a conversa delas, no inicio ela ficou achando que estava cantando ela, mas depois entendeu o que realmente eu queria, lhe disse que meu casamento estava por um fio e que se minha vida sexual não mudasse eu iria me separar e arranjar outra mulher que me desse valor, e me ajudasse a me satisfazer na que Cintia não estava cumprindo com sua obrigações de esposa, ela me pediu para não fazer isso e que iria me ajudar, bolamos então que Cintia precisava de uma pessoa que lhe ajudasse a me satisfazer na cama, foi então que ela se lembrou de uma amiga que era NIFOMANIACA, e resolveu então ir procura La, apás dois dias ela me disse que estava tudo arranjado que eu não me preocupasse, apresentou esta tal amiga (Miriam) a Cintia, e passaram as três a frequentar a minha casa sempre conversando e bebendo vinho, apás passado algumas horas a Claudia começou a dizer que tinha quer ir buscar o seu marido e logo retornaria, como já planejado deixei o meu carro na oficina, La pela 23:00 hs, Claudia telefonou dizendo que o carro dela tinha quebrado e se Miriam não poderia pernoitar na nossa casa, logo pela manhã, daria um jeito de pega-la, minha mulher concordou e levou a nossa hospede para o quarto de visita, e resolvi sair da net e participar da conversa das duas, a Miriam começou a falar sobre sexo, e minha mulher ficava sem jeito mas não queria ser chata e sá sorria sem graça, apás alguns minutos a Cintia começou a se soltar foi então que Miriam de um jeito muito sacana se levantou e sentou-se Du lado de Cintia, bem juntinho sem para de falar de sacanagem, começou então a demonstrar que esta meio tonta, começou a alisar as pernas de Cintia que sem jeito tentava se afastar, mas em vão, me levantei e fui pegar um pouco de vinho para atiças mas as mulheres, quando retornei vi que a mão de Miriam já estava dentro das pernas de Cintia e ela com cara de assustada me olhava eu então fiz um gesto de que ela estava bêbada, e que ficasse calma, me sentei e servi mas vinho, e comecei a passar a minha mão por cima de minha calça já que o volume já se mostrava para a fêmeas, minha mulher percebeu e ficou olhando sem entender nada, a Miriam então sem pensar se ajoelhou ao meus pés e me alisou, me apalpou bem gostoso, minha mulher pegou o seu como e bebeu tudo de uma sá vez, me olhando como se dissesse pare que ela estava bêbada, eu apenas a olhava sem nada a dize, nesta ora a sacana da Miriam abriu meu zíper e retirou meu pau para fora e começou a lambe-lo com todo carinho que uma boa puta sabe fazer, nessa hora me levantei e sentei do lado de Cintia e mandei a cachorra da Mi...., continuar o que estava fazendo, dei um beijo delicioso em minha mulher que passou a relaxar e sem resistir deixou que Mi... retirasse sua roupa de baixo e foi chupada pela primeira vez por uma mulher, me abaixei e dividir a buceta de Cintia com minha nova amiga e juntos levamos a Cintia a um orgasmos que eu nunca tinha visto, depois foi a vez de Mi...., ser chupada e fiz com o maior prazer e puxei minha mulher para participar que a mesma se postou de 4 e começou a chupar também pela primeira vez uma mulher foi nessa hora que sem pestanejar fui para trás dela e comecei a socar em sua buceta, nunca a vi gemer daquela forma e rebolar, e a mesma não tirava a cara da buceta de Mi..., foi quando Miriam gozou na cara dela que se deliciou com aquele prazer que tomava conta da sala, me deitei e perguntei quem iria me cavalga, minha esposa cedeu a vez a Mi..., como uma boa anfitriã deve fazer, e veio me alimentar com sua deliciosa buceta que minha nossa nunca tinha imaginado que eu amava tanto chupá-la, quando percebi que iria gozar pedir para minha mulher trocar de lugar pois, queria gozar tudo dentro da minha queria e eterna amante para que Mi...., sorvesse todo meu leite, quando anunciei o gozo minha mulher não parou de mexer e saiu de cima se sentou na cara de Miriam dizendo que o meu leite era muito precioso para ser desperdiçado.

Logo fomos para o banheiro e fui novamente devorado pelas línguas mas maravilhosas que alguém poderia experimentar, aproveitei o embalo e realizei outro desejo que era der enrabar minha mulher, que a mesma não mediu dificuldade e liberou de uma forma que até a Miriam ficou com iveja e pediu para também ser enrabada, caros leitores uma coisa tenho que dizer uma mulher não quer ficar por baixo de outra, (ainda bem), pois foi também maravilhoso o rabo da cachorra da Mi....., logo apás tive que gozar na boca das duas que se beijaram feito amantes antigas. Mas logo apás irmos dormir e claro que Mi..., foi para o quarto de visitas e eu e minha mulher no nosso, que a mesma me fez prometer que nunca iria trai La com outra mulher, e que eu so poderia fuder com outra se ela estivesse e se aprovasse a parceira. Desde então nossas vidas mudaram pra melhor, e nossas fodas hoje não tem limites. Muito Obrigado a você Claudia e a bela puta Miriam.

Meu amigos leitores me prolonguei porque queria me ate aos mínimos detalhes dessa historia real.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


amarrada e amordaçada porno contos eroticostravesti coroa enroladinho PretoContos eróticos gays envolvendo negões super dotados e dominadoresdelicia conto heteroconto arrembentei o cabaço da minha filha deliciacontos gay negrinhowww.contos de incesto deixei meu tio chupar minha bucetinhaminha mulher puts molecada contosCont erot a galinhacontos transei com travesti bem dotado tirando o c*****conto.erotico..casada.18..anoscontos eroticos de negros na praia de nudismocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos dormimos na barraca eu marido e sogro e o sogro me rabou noite interaconto erótico estuprada usando mini saiacontos eróticos de incesto minha mae no meu colocontos eróticos menino pintinhocontos erotico irmao cafetao da irmaconvenci meu primo a me fuder bem novinha contoscontos eroticos de mulheres co mendigosminha bucetinha chego a sangra na rolona do velho contoscontos eroticos de incesto filho comeu a mae e a irma oa mesmo tempo (relatos)xvideo subril comedo atinacache:d8S3mF85a4oJ:tennis-zelenograd.ru/conto-categoria_4_11_incesto.html novinho delirando na primeira gozadapornodoido garota pequenA seguanndo pau grandecontos eróticos porno primeira vez com a namoradame estruparam e me obrigaram a dar para o caseiro do sitiocontos eroticos corno meu marido nao viuchupando buceta com gosto como se beijase uma bocaenrabador de afeminadocontoseroticospapainunca tinha visto um pau tão grandecomendo a noiva do otario contos eroticosConto esposa de tampa sexoa minha prima rabuda me deu seu cu conto eróticoscontos eróticos abusada virgemconto de mulher que se masturbatomou viagra e meteu na esposacontos amiga faculdade nudismodepois do anus e da vagina tem outraentrada pro penis entrar?conto comi o cu da minhamaecontos eroticos com meninas de menorcontos eroticos de humilhaçãocontos cabacinho com meu paidando cuzinho pro macho da minha mulher contocontos: puto dando ao ar livrecontos eróticos traição com garoto exepionalConto de puta esporrada por muitos machos no barContos Eróticos vi minha amiga sendo emrabada pelo maridão bem dotado fiquei com muito tesãocontos eroticos sexy romantico e gostosoprimeira vez sado contoscontos gay cuzinho frouxocontos eróticos com pezinhos da namoradafilho tadoendo tira docu contos eroticosconto erotico comi a mulher meu vizinho seios ggvirgem tendo um orgasmo contos eroticosfui passear nas férias e trai meu corninhomulher no carnaval gozando muito no camarote ela ea amigacontos eróticos Eu e mamãe pelados em casacontos de coroa com novinhoContos eroticos casadinha muito apertadaContos ajudei o meu amigo a comer minha filhacontos eroticos/ á mulher do meu cunhadoHistórias contos ficticios e reais de sexo com travestiscasa dos contos eroticos meu marido trabalha eu meu filho rodulo me fodeenterrei tudonabucetinhaEmpregada Triscando no meu pau contomostra como fuder bem gostoso e a pica entrendao na bucetacontos eroticos perigoContos de mãe que adora ver sua filha casada, trepando com seu genromulher escanxa no cachorro e goza gostosocontofudi minha cunhadaconto cinema porno casalp*** da bunda grande deixando seu c* todo arrombado com peito bem grandemulheres rasgando a buceta pra fondercontos-meu cuzinho contraindo no teu pauContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindoCavalo discabasando uma jumrentaninfeta cintura fina bunduda belo par de seiosContos sogra fio dentalMulheres que gostam de envertemos os papéis na cama pornocontos de incesto dez anoscontos eroticos paguei as dividas da minha funcionária noiva rabudaContos eroticos deixei ele me comerConto minha esposa dando pro policialconto comeu mae feiacontoa gay - meu colega de quarto musculosopelado na Rua, Contos