Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ACABEI COM AS PREGAS DA MINHA TIA

Click to Download this video!

Sou um cara normal, isso aconteceu quando eu tinha quatorze anos, um pinto grande para minha idade e nenhum juízo na cabeça. Me envolvi com muita gente errada, frequentava festas onde era comum colocar remédio para dormir na bebida das garotas e assim que elas apagassem transar com ela, mesmo sendo boa pinta, todos faziam isso e eu não queria ser diferente.

O clima de putaria rola solto na minha família, e meu tio, irmão da minha mãe, falava de brincadeira, mas como toda brincadeira tem um fundo de verdade que minha tia não dava o rabinho por nada desse mundo. Minha tia era uma mulher muito bonita e muito gostosa, tinha uns trinta e dois anos e essas brincadeiras começaram a atiçar minha imaginação, eu tinha ficado doido para comer aquele cuzinho virgem e tinha que ser contra a vontade dela.

Mas como não tinha nenhuma oportunidade acabei esquecendo por um tempo, até que um dia ela precisou ir arrumar um negácio na casa da praia e meu tio não pode ir. Ela ia precisar de ajuda e eu era o único que podia ir com ela. Quando soube que nás íamos na sexta e sá voltariamos no domingo, sá eu e ela, comecei a pensar em uma maneira de enrabar minha tia. Ela não era de beber nada alcálico, mas pensei que a única maneira de comer aquele cuzinho era fazendo ela dormir, assim descolei com um amigo uns calmantes que fazia a pessoa ficar com muito sono, mas como não era pra isso ele falou para eu colocar dois comprimidos na bebida.

Descemos para a praia e estava muito quente, minha tia usava uma saia que ia até os joelhos, não estava me aguentando de tesão em saber que se tudo desse certo aquele rabinho seria meu aquela noite.

Quando chegamos lá começamos a arrumar as coisas para dormimos, pois acabamos chegando tarde, como já havíamos tomado banho antes de descer resolvemos fazer um lanche e ir dormir. Minha tia fez os lanches e eu fiz um suco.Tive a ideia de colocar os calmantes na jarra, e assim eu não tomaria o suco, achei que seria muito arriscado colocar sá no copo dela, amassei os comprimidos e joguei na jarra, tinha medo que não funcionasse sem o alcool e por ter mais quantidade de suco coloquei logo seis comprimidos pois se minha tia acordasse eu estaria perdido. Minha tia tomou o suco e gostou, como era suco de frutas, se ficasse para o outro dia, não iria ficar bom e como eu não quis beber ela bebeu a jarra toda, um pouco na hora do lanche e o resto assistindo televisão comigo.

Passou quase uma hora que acabou de beber o suco e nada dele fazer o efeito, estava ficando impaciente, meu pau estava latejando e ela não dormia. Aí ela disse que deu um sono tremendo e que ela estava meio tonta e pediu para eu ajudar ela a ir para o quarto, coisa que atendi prontamente e com o maior prazer, logo que entramos no quarto, senti seu corpo pesar e por muito pouco ela não caiu no chão, coloquei ela na cama completamente apagada e voltei para sala esperando que ela dormisse a ponto de não acordar, mas não aguentei nem quinze minutos e ja estava de volta no quarto com o pau como uma pedra. Acendi a luz e ela estava na mesma posição que eu havia deixado, com uma blusinha e a saia, chamei ela, balancei, gritei e ela apagada, sabia que estava viva pois estava respirando mas não esboçava nenhuma reação.

Ai começou o meu prazer, tirei sua blusa e vi seus seios branquinhos com os bicos rosados, pois ela tinha tirado o sutiã assim que chegamos. Deitei em cima dela, beijei sua boca e chupei seu peitos grandes e firmes, fiquei pelado e comecei a esfregar meu pau em sua boca mas não consegui colocar pois os dentes estavam travados. Levantei a sua saia e tirei sua calcinha branca de algodão, comecei a tremer quando avistei sua bucetona, era bem carnuda e tinha um pelinho muito ralo, cai de boca e chupei por um longo tempo. Senti que sua buceta estava completamente molhada e não me contive, penetrei aquela buceta com toda a força e bombei muito, so parei quando vi que ia gozar, então dei um tempo. Quando senti que podia continuar, virei ela de bruços, em cima de um monte de travesseiros de modo que sua bundona ficou para cima, quase que ela estava de quatro. Penetrei novamente sua buceta ensopada e meu pau saiu todo melado. Abri as polpas de sua bunda com as mãos e lambi aquele cuzinho lindo. Mantive sua bunda aberta com uma das mãos e a outra guiei a cabeça o caralho até a entrada daquele rabinho. Eu estava forçando mas não entrava, era muito apertado e meu pau escorregava. Fui dando estocadas mas meu cacete corria e não entrava. Até que consegui uma certeira e deixei cair o peso do corpo sá parando no saco, estava com tanto tesão que soquei meu pau naquele rabo feito um desesperado e gozei lá dentro em menos de cinco minutos.

Achava que não consiguiria colocar de novo, por isso não tirei o pau de dentro. Passado um tempo comecei a socar de novo e meu pau foi endurecendo, fiquei mais de uma hora bombando aquele rabinho apertadinho até gozar outra vez. Assim que gozei adormeci com o pau lá dentro.

Acordei ao lado dela no outro dia desesperado eu tinha que a recompor antes que ela acordasse, mas ela estava do mesmo jeito que eu deixei, vi que ela respirava mas fiquei preocupado, tentei acordar ela a qualquer custo, mas ela nem se mexia, fui arrumando tudo sozinho e de vez em quando ia lá e ao comia novamente, ora gozando no seu rabo e hora gozando na buceta. Quando eu estava cansado eu a ajeitei e ainda assim ela demorou umas cinco horas para acordar. Ela estava meio grogue e nem se deu conta de nada, comeu alguma coisa e voltou a dormir, acordou sá no domingo e ainda depois das duas da tarde, sem saber de nada, mas estava com o cuzinho completamente esfolado e a buceta um pouco inchada. Hoje tenho 25 anos e se alguma mulher se interessar por um tarado me manda e-mail.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos exitantes comi a mulhersinha domeu patrão na cama deleminha madrinha depilando a buseta contoeroticoFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticosContos transformaçao femea porncontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no colocontos eróticos isto e realpapai adora chupar a minha buceta enquanto fode a nossa enpregadatitio pedia q eu sentasse no seu colo e fazia cariciasconto irma com tesaocontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendoContos eroticos namoradas sendo realizadas por pintudocasada se vendendo pro caminhoneiro-contoscontos esposa bi sexual marido sortudoconto erotico mulher rabudacontos eroticos meu cunhado mim pergo su cumenda amulhe delecontos irma da o cu pro descolhecidotraveco dominando e excitando macho em banheiro, contos com fotosfudendo as eguinhas e.novilhas na fazenda contos eróticosgostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticosO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeiconto erotico me encoxaram no futebolLora dismaiando no cu no anal em tres minutosmulher emsabuando bucetatoda loira gosta de um negão contos eroticosmeu cachorro taradocontos mulher da na frente dos filhosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorhumberto de pau durocontos eroticos homens cavalos e mulheres fogosasa punhetinhas do moleqe novinho contos eróticocontos de cú de prima coroacontos esposa bravavideos zoofilia cavalos gozando na bucta epenetrandovideo porno enxergando uma buceta na outra ate gozar e mela todinhaFui passear fui estupradoconto travesti com menina virgemcontos adoro ser cornonovinha gostosa dando a bucetinha bem gostosinha bem branquinho bem aspaconto erotico tarado come o viadinho de calcinha a forçameu namorado me fez de putacontos eroticos irmão arrependidofode a mulher do irmao para provar que ela é uma putaconto meu marido choro quando o negao me estrupoMinha namorada mim traiu na vaquejada contos Contos pornos-mamae deu um selinho no meu paufui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos sexo incesto amo meu filhocontos eróticos aviolentada varias vezesmeu marido arrumou um macho pra me engravidarcontos eroticos gays zoofiliameu cachorro mecomeu a forcaconto erótico de mulher traindo marido com amigo taradoConto erotico, tenho.50 anos e transei com minha vizinha casada de 60 anosContos gays o colega pauzudocontos-fiz amor com minha irmaContos bct larga adoroocontos eróticos no cu com cachorrosTodos Os Inquilinos transando com essas pessoas que têm mais bunda homem pelado transando bem gostoso do mundo transando com a filhacontos eróticos minha calcinha rasgadaConto erotico minha esposa pagouscontos eroticosensinando o virgem de como metercontos eroticos tomou toda porra da linda travestisogracarentepornocontos eróticos ele colocou o vibrador na potência máxima na minha bucetacontos de sexo com velhos babõescontos eroticos de novinhas sem calcinhaconto erotico meu padrato bem dortadorcache:XIRRUtFC4SYJ:https://idlestates.ru/conto_12285_fui-estuprada-por-minha-culpa-parte2.html e bom de maismete na minha vizinha gordinhaconto erótico prima da minha amigaIrmas casadas taradas carentes sendo enrabadas"amor vou dar" amigo colegacontos irma mais velhatravesti linda barriga de tanquinho gostosa metendo vídeo liberado metendo gostoso peitudacontos eroticos bv e virgindadeesposa rapaziada contosconto erotico sou crente mas sou safadinhacontos de cú de prima coroacontos eróticos minha esposa trouxe sua sobrinha para morar com a gentehttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto-categoria_2_114_gays.html&ei=e8yqT8MC&lc=pt-BR&s=1&m=564&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Contos+Fudendo+um+hetero+com+o+cu+sujo&ts=1485672497&sig=AF9Nedkia2TWDM2T0ozn41vBE5bkl1pQLAputa incotrado afuder cm amante vidioconto erotico vi a rolaCasada Amigo do meu filho sexo contoscontos eróticos com tia perdendo apostaconto erotico tiraram minha roupaContos eroticos casada na excursãoincentivanda pelo marido contos pornocontos eroticos de novinhos madrinhasconto erótico dei meu c* para o Jornal do Campocontos gay sentando no colo e gosou