Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO PERDI MEU CABACINHO ANAL



Eu tinha 19 anos e começava a conhecer as coisas do sexo por meio de revistinhas e filmes pornôs que um amigo me mostrou algumas vezes. Esse amigo tinha 19 anos e a gente vivia juntos pra tudo, já que ele era meu vizinho e como eu, era filho único. Nas casas práximas das nossas sá tinha meninas e raramente brincávamos com elas jogando queimada ou ainda jogando vôlei numa quadra da casa de uma delas. Eu e o Edu curtíamos games, futebol com meninos da rua de cima e íamos pra shoppings e cinema sempre juntos. Nossas famílias eram amigas e sempre rolava almoços e festinhas de aniversário com todos frequentando as casas uma da outra. Numa das sessões de filme pornô que o Edu me chamou pra assistir com ele algo diferente aconteceu e me deixou excitado pela primeira vez na vida. Durante o filme ele naturalmente puxou o pau pra fora do calção e começou a se masturbar. Falava que era normal a gente ver cenas de sexo e ficar de pau duro. Eu também fiquei, mas meu pau era muito menor que o dele e ele pediu pra dar uma pegadinha no pau dele. Sem noção de nada eu fui e acariciei no começo e depois dele ensinar, comecei a punhetar pra ele. Ele falou que eu tinha mão mágica e que dalí há pouco veria a mágica que eu faria no pinto dele e não deu outra. De repente vi um líquido branco e grosso sair do pau dele e ele gemer de forma que mostrava ser gostosa. Inocente de tudo, eu achei legal e daquele dia em diante eu aceitava fazer aquilo nele sem nem mesmo vermos filmes. Num certo dia na casa dele sozinhos quando ele me explicava matérias de matemática, falou que estava com o pau duro de novo e nem sabia o motivo e falou que se eu sentasse no colo dele seria legal e faria o pau dele amolecer e eu querendo e precisando aprender matemática, aceitei sentar no colo dele enquanto ele me explicava a matéria. Mas o pau dele continuou duro o tempo todo e ele disse que não teria jeito. Eu teria que fazer minha mágica no pau dele pra continuar a aula. Saí do seu colo e ele tirou a rola pra fora e eu comecei a punhetar mais uma vez. Aí ele puxou uma revista onde um garoto chupava o pau de outro e me disse que era outra forma de fazer a tal mágica. Ainda todo inocente de tudo eu aceitei e coloquei seu pau na boca e atendendo às suas orientações comecei minha primeira chupeta. Ele falou que o líquido tinha um gosto gostoso e que eu poderia engolir sem problemas e eu aceitei na maior inocência sua sugestão. Chupei em movimentos orientados por ele até que senti como se ele urinasse na minha boca, mas abediente engoli tudo. Desse dia em diante ele pedia pra fazer daquele jeito e eu fazia. Foram meses chupando o pau dele quase todos os dias até que outro amigo que conheci na escola e que tinha a minha idade me contou coisas sobre o sexo e eu acordei pra vida. Me senti enganado e fiquei bravo. Mas apesar desses sentimentos lembrei que também sentia prazer em fazer aquilo pro meu amigo. O segundo amigo não sabia que eu fazia aquelas coisas com meu vizinho e aprendi na teoria que os viados curtiam o tesão com carinhos na bunda. Nessa época eu comecei a me masturbar todos os dias e numa dessas vezes coloquei um dedo no meu cú e senti um prazer maior ainda. Descobri que tudo era delicioso e liguei os fatos de sentar no colo do meu vizinho entre outras coisas. Voltei pra casa depois das explicações do meu novo amigo e fui correndo pro banheiro me masturbar lembrando tudo que o meu vizinho tarado me fez fazer pra ele. No dia seguinte meu vizinho me chamou pra ver uma nova revista que ele tinha comprado. Era uma revista de negros superdotados de paus duros e eu achei todos lindos. Meu vizinho pediu pra chupar o pau dele mais uma vez e eu chupei, mas parei num certo momento e falei que sabia de tudo agora e que ele estava me usando pra gozar. Rindo ele disse que estava esperando que eu descobrisse tudo e se desculpou por ter me enganado daquele jeito. Respondi que eu gostava de tudo que ele me fazia e que estava querendo sentir mais prazer também. Estávamos no quarto dele e eu sem pensar em mais nada tirei toda roupa e pedi pra ele acariciar minha bunda por que me dava tesão. Ele sacou o que eu queria e ficou feliz. Tirou sua roupa também e já de pau duro disse que eu seria a namoradinha dele daquele dia em diante. Respondi que tudo bem e atendi seu pedido sentando no seu colo, seu pau em contato com a minha bunda me deixou com vontade de mais e sem pensar já fui tentando encaixar ele no meu cú virgem. Mas sem lubrificar não dava e meu vizinho falou pra esperar e colocando o calção foi pra cozinha e voltou com um pouco de margarina na mão que passou no pau dele e o resto passou na minha bunda e fez um pouco entrar no meu cuzinho. Voltei pra posição de quatro na cama e ele tentou novamente meter no meu cú. Dessa vez entrou muito mais fácil e eu senti um prazer naquilo que era novo pra mim. Meu pintinho estava duro e enquanto ele metia, eu me masturbava até que senti que ele gozou em mim, mas não tirou de dentro enquanto eu continuava me masturbando até que acabei gozando. Daquele dia em diante eu sentia o maior prazer em ir pra casa dele estudar sentado no colo dele metendo e estudando. Foram 4 anos dando quase todo dia pra ele e recebendo sua porra na boca ou no cú. Numa das vezes que estávamos no porão da sua casa, fomos flagrados por um primo dele que falou que também queria meter em mim ou contaria tudo para os pais dele e pros meus também. Achamos melhor aceitar as condições dele e eu então passei a dar pros dois sempre. Mas meu segredo foi descoberto e papai acabou ouvindo comentários sobre mim, mas isso é assunto para o práximo conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de enteadasolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeuconto eróticos puta de salinasconto erotico incesto sonifero filhacontos eróticos minha calcinha rasgadamenina de menor fazendo filme pornô com minha Dudunovinho sofrendo na rola do pai bebado contos gayminha esposa escolheu vibradorcomendoagatinhada farmáciacontos erotico estrupando sograconto com cunhada chantagistacontos eróticos chupei a bocetinha da menininha vendedora de docesBotei o pau na minha tia crenteminha filha e meu genro vieram me visitar bucetacontos: sentei no colo do velhocontos etoticos casais disputam bunda maior das espisasviuva darlene fudendo muitoFui enrabada bem gostoso na festagozando so no cu da leilianemeninas dando so uma brexinhas da bucetasnovinha quero ver voce cimasturbando hoje olinecontos. chupou pela primeira vez um machoinseseto commforcacondos erodicoscastigo sadomasoquismo contos seioseu chupo hetero semprehoje morena bonita eu estou querendo te pegar gostoso hoje morena bonita todos têmtransando com meu brothergaroto malandro pega tia dormindo e meti nelasubrinho transa com a tia peitudacontos chupou meus peitinhos levantou meu vestido e puxou a minha calcinha e me rasgou e eu gritava de dorconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeulésbicas esfregando pernas de rã veridicoconto porno eu ja lanbi e comi mulher mestruadafilha esposa de papai pintudo contoscontoscomi minha cunhadinha dormindoconto erótico da b******** Doeu muitocontoserotico loira fudendo com negaoviciei na piroca enorme e grossa do meu tio e sou um menino viadinho contosmeu tio me vendeu conto eroticoscontos pornos irmas naturistascontos eroticos de menina adolecente transando com homem maduro e bem dotadoCuzinho gostoso contosa minha primeira vez com sexo canino contostravesti tomou banho com amiga e comeu bucetinha delaquelegal vouponhaele me tocou por tras com imtensidade contos eroticoscontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarcontos eróticos minha esposa e os dois n***** africanoscontos eroticos de negros na praia de nudismocu furico bunda peito pênis contos eroiticosmostra como fuder bem gostoso e a pica entrendao na bucetaconto erotico do viadinho de calcinha na casa do tioconto eróticos puta de salinasconto erotico flagrei minha mae dando pro meu irmaoCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESconto erotico japonesinhaconto comi.uma coroaContos de metidas nos cuzinhos inocentesvideos de meninas fudedo co casorofui fudida ainda de calcinhaputa feia trai corno na lua de melmeu professor come caralho a xana contos eroticoscontos eroticos ela nao aceita ser cornoencaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contoscontos tomei no cu gostosocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html sequestradaxvidiocontos eróticos de virgindadeas pamteras se fudeu rola crossa no cucontos eroticos domia ele cospi nu meu cunamorado embreagou a namorada para foder o cuzinho delacontos fode mesmoCasada leva marido bebado e o sogro fode a gostosa contocontos eroticos separou pra levar picaHistorias eroticas Swingcontoamador minha esposa safadacontos erotikos moleke de menor comendo o cu da mulher casadacontos eroticos- supositorio no cu da filha"relatos eroticos" piscina "cunhadas"contos de coroa com novinhoconto de rasgei o cu de meu irmão fazendo ele choraso contos de travesty dando o cu varias vezes ate ficar bem aronbado bem largo que cabe a mào dentrotias gostosas de calcinha contoMeu genro quer me comer e agoraconto de comi o cu de um novinho que chorou com a pica no cucontos eroticos de encoxadascontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos eroticos com coroa mulher d meu amigocontos as gemeas putinhas seu papaiContos eroticos travesti inicianteContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto transformado travesticontoseroticos meniniceContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festacontos eroticos cunhadoxcunhadaDesvirginando a sobrinha de 18 anosConto eu peguei meu genro me brechando no banhon aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contos