Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A BARREIRA DE TRANSAR COM A MAE FOI QUEBRADA

Quero me apresentar, me chamo Lucas tenho 19 anos alto moreno, sempre que via minha mãe, sentia uma atração incomum, eu ficava super excitado, minha mãe e morena alta bonita e casada com o meu pai, minha mãe ela se tornou evangélica mesmo assim, o prazer aumentava a cada dia, num determinado dia que estávamos à sás em casa, tinha visto minha mãe, com uma blusinha e uma minuscula saia, eu disse o que é isso mãe? Ela me disse isso é so para usar em casa, ela me perguntou se gostei; eu disse que ela estava gostosa, pare filho não precisa exagerar, o meu pau já estava ficado ereto, nesse momento encostei nela e disse vou transar com você mãe, não seja maluco filho, isso fará que eu seja expulsa da igreja, e não pretendo trair o seu pai, eu disse que se a senhora for estuprada não pode ser expulsa; minha mãe ficava no silencio, eu segurei ela com força e ela tentando se libertar de mim, e derrepente ela parou de fazer força para se para se libertar... peguei o fio do telefone, amarrei seu pulsos...coloquei-a deitada de bruços numa mesa Por um segundo delirei, a minha mãe que eu desejei ali a minha mercê.... virei ela de frente para mim ...abri..a blusa ... passei a mão nos seios, tirei-os para fora e chupei....chupava e beijava os seios e a barriga ..desci e fui tirando a saia ela lá deitada delirando, amarrada, sá de calcinha e blusa e, a hora que eu afastei a calcinha e suguei seus sexo com a minha boca ela resistiu disse que não que não podia que aquilo não era permitido... e desci e chupei com ferocidade seu sexo...ela se contorcia, mordia os práprios lábios, sufocava gemidos, ate que eu senti pelo espasmo do seu corpo....eu continuei chupando com minha língua áspera e sedenta os espasmos seguintes viram rápido e eu sentia seu corpo suado e mole, sem nenhuma resistência....olhei para minha mãe ela estava chorando ... ( perguntei esta tudo bem?...ela disse tudo ... é que eu nunca tinha sentido isso antes... isso o que ?.. prazer ?..gozo ? sim....o seu pai quando me procura sobe em cima de mim e termina rápido... Olhei para a minha mãe sá pelo que ela me disse me senti gratificado... desatei suas amarras e disse : a partir de agora nos sá vamos para frente se vc quiser : não a estuprarei nem a forçarei e fiz menção de sair, minha mãe me segurou e disse tira a sua roupa que eu quero voce meu filho dentro de mim... eu falei : não ... tire vc a minha roupa... ela tirou com todo cuidado... quando viu meu pau duro perguntou se poderia pegar... Pegar sá não...pegar e chupar sim.. Chupar? ... Interrompi e disse gostou do que sentiu?... quando eu a chupava ela disse que sim não quer que eu sinta o mesmo?.. ela não reponde nada simplesmente ajoelhou-se e começou a chupar... uma boca nervosa...sedenta ...chupava com força ..como se quisesse engolir meu membro, ela me disse que estava cansada de fazer sá papai e mamãe com o meu pai, ela pegou o penis meio sem jeito colocou na boca pois nunca tinha feito isso, começou a chupar meio sem jeito minha mãe viu que o meu pau era muito grande, eu enfiava a lingua na xana dela e começou a enfiar eu fazia fazia movimentos circulatorios ela começava a dar os primeiros gemidos, por favor continue, eu chupava a sua xana da minha mãe, ela pegou a minha cabeça e pressionou ainda mais sobre sua varginia, minha mãe me disse filho mete esse pau enorme na sua mãe, eu sou evangelica mas quero o prazer de trair meu marido e sentir meus buracos esplorados, ela me beijou e vice-versa, eu beijava o seu seio seu corpo sua nuca o cabelo preso, eu enfiei vara primeiramente no anus da minha mãe de começo foi dificil de entrar mas devagarinho entrou tudo, ela pedia filho mete mete na sua mae, eu quero gozar muito, eu quero que mete mais, pode deixar mãe vou enfiar mais ainda, carreguei minha mãe ate a cama, eu fiquei por baixo e ela por cima ela subia e descia com movimentos, abracei forte, não resisti e gozei... jatos fartos e quentes...escorreu pela lateral da boca.... ela engoliu sem que eu pedisse, não paramos por ai ainda continuamos e o ... meu pau estava duro e o tesão que eu sentia por minha mãe, coloquei-a encostada na mesa com a barriga apoiada, afastei suas pernas...encostei meu pau na entrada e fui pressionando ate me acomodar totalmente... depois comecei abombear...a entrar e sair...ah que tesão nuca tinha sentido tanto tesão nem a cada penetrada sentia que estava no paraíso...olhava para ela e via a transformação acontecendo ... os olhos viravam a feição mudava, de santa para puta.. os gemidos ficavam mais altos e ela gozava uma, duas, três vezes....deitamos no chão e meu pau continuava duro ..ela comentou: vc esta animadinho. Eu disse: vc me faz ficar assim... eu posso fazer para vc gozar denovo?... eu disse: sua bundinha... ela olhou para mim, num silencio de 3 segundos e disse: nunca fiz assim, olhei para cima vi ela toda aberta me esperando e aquela bunda linda ..fiquei contemplando a bunda e masturbando a vagina...beijava o cuzinho e fazia caricias na vagina enfiava um dedo na vagina um no cuzinho...simulava penetrações com os dedos ..forçava para dentro...sentia o meu dedo alargando aquele rabinho fui tomado por um espirito animalesco... coloquei meu pau na entrada de seu cuzinho e enfiei de um vez sá ... seu rosto trocou de cor ela me olho com um olhar de desespero com se acabasse de ser esfaqueada... enfiei denovo sem do nem piedade tinha a me transformado num animal, mais rápido e com mais força, mais rápido e mais forte, os olhos dela lacrimejam, mas eu era imune sá fodia ... e com muita força. e num instante ela me perguntou, vc me deseja como mãe?... eu respondi muito e com muita força, perco até a noção, to sendo violento?... ela disse : não sinto dor ..mas me sinto desejada .como nunca...gosta de se sentir violada?... ela: amo... me fode meu filho fode esse cu que é sá seu ..me fode.. lava esse rabinho com seu esperma... nessa hora eu não resisti e gozei... meu gozo saia do meu pau como se levasse minha alma junto gozei e meu corpo entrou numa convulsão ..ela gozou também...

nesse dia em diante minha mãe era uma mulher que traia o meu pai comigo e alem do mais era uma mulher evangélica ainda. Minha Mae que era evangelica sugeriu dormissemos num motel, dizendo que gostaria de tormar banho de espuma na banheira e ver um filme de sacanagem, Entramos no começei como se fosse uma massagem e apertando seus ombros, sua cintura suas pernas, subindo pelas coxas, passei entre as nádegas sentindo pela seu cuzinho, meu pau ia estourar, quando sem pensar tirei a sunga e deitei sobre ela dizendo que ia fazer a massagem Tailandesa, que consistia em esfregar corpo contra corpo, ela não disse nada, apenas se virou de frente e quando eu deitei sobre ela sua buceta estava tão encharcada que meu pau entrou deslizando até as bolas, e começamos aquele vai e vem, em alguns segundo nás dois explodíamos em um gozo descomunal, sem tirar continuei com ela me beijando todo e ao encontrar minha lingua sentiu outra série de orgasmos que a deixavam desfigurada de felicidade. Descansamos um pouco e na busca de recuperar o tempo perdido, ela veio dar um beijo no meu pau e o abocanhou chupava como se fosse engoli-lo, tirava o pau da boca e me beijava, até que não me contive e gozei tuda na sua boca, ela deixava cair nos seus peitoos como se estivesse babando e ia se esfregando com minha porra. Dali fomos para a cama e eu numa secura de ter minha cara naquela mata enfiar a lingua naquela racha, fui me virando e fizemos um sessenta e nove que parecia não acabar mais, eu chupava sua buceta e enfiava o dedo no cuzinho, depois ela foi até a banheira ela pegou dois pauzinhos prendeu seus cabelos como uma gueixa ela pegou o meu pau e chupava depois eu retribuia em chupar os seus seios sua boca, depois virei ela e pedi para ela ficar de quatro onde eu colocava meu pau, peguei um pouco de chantily e passei sobre os seios da minha mae, eu lambia um por vez, ela massageando o meu pau, estavamos tao excitados que ela gemia tao alto que poderia ser ouvido pelos outros mas nao tinha ninguem por perto, pedi para ela ficar em pé dizendo que ia gozar, gozei na sua cara esporrei tanto gozo que ela lambeu meu pau, ela disse que gostaria de voltar na semana que vem nesse motel para a Segunda etapa.

[email protected] você sabe onde se adquire filmes de incesto ou algum site ou mesmo se você deseja fazer filmes de incestoLesbianismo ou algo parecido me mande para o meu email....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comi minha esposa e dua irma vou vontar como foiconto erotico era p ser so uma caronaconto erotico mulher gostosa trai marido com um delegadoSexo anal com o massagista conto eroticominha irmã disse pra mim pra eu ajudar ela engravidar pra eu fuder sua buceta pra eu fazer ela engravidar que seu marido ia achar que ele fez ela engravidar conto eróticodois gay fudendo violentamentw/entre siporni contos mae da namorada na picinapai da minha amiguinha mostrou o paucontos eróticos minha calcinha bi matocontos erotico escondi debaicho da cama fraguei minha esposaConto eroticxo gozando na boca do paivirei puto do vovo conto gayContos de cdzinha novinha de shortinho fino socadoContos eroticos fudendo gravidavideo erotico"minha primeira vez com travesti"contos eroticos dopando primasContos de estupro na praiacontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangcontos erotico estupro maecontos eroticos titio na praiaConto erotico meu pai me cobiçandowww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliadei para um negão desconhecidocomto gay mecamico perfeitocontos eroticos prazer solitario homemTia chupou todinha de pernas abertasvivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitoPeguei meu filho e mandei ele chupar minha bucetacontos femininos padrinho analconto eu e minha colegabrincando de pega pega com a gordinha contos eroticoscontos er peitinhos em formaçaovou ja ja no meu bucetao gostosocontos acordei louca para fuder com meu irmaocontos minha filha enrroscada na minha picacontos submissa para pagar dividascontos de zoofilia sobre eguas e jumentasler conto incerto na frente da família e ninguém notocontos eroticos em audio de envangelicas que gostam de dar o cuassalto virou incesto c. eroticocontos sexo tia dominando sobrinhocontos eróticos funcionáriacontos orgia com maeContos chupando o cu do gordinhocontos picantes seduzindo o cunhado sem querercalçinhas meladinhas nelascontos eróticos violentada fui putinha na frente do meu namoradoconto esposa ficou tarada no meu amigoContos eroticos gay iniciado pela maecontos esposa foi dançar e passou buceta no pau do amigoTennis zelenograd contocontos eroticos d csadas dando pra pivetesconto gay carona rebolei calcinhaporno mulhe bebada da para minino memo didadecontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscache:zwmyzgvJpMwJ:idlestates.ru/mobile/conto-categoria-mais-lidos_1_22_fetiches.html conto erotico estrupei minha cunhada acordou com o pau nelacontos/ morena com rabo fogosocontos de corno meu tio engravidou minha esposacontos adoro pau desde pequenaconto cacete grossoMeu genro quer me comer e agoracontos eronticos pai e filhia no camilhao trasei com elafamilia naturista contiincesto tio ginecologista bolinando sobrinha de dez anosgostosao aguenta doi pipinos no cúcontos erotico estupraram minha tialoirinha goatossa vissou crente casada mais sou putahomens apanhados a pila na maodepiladas muas na sauna contos