Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FILHO BEM DOTADO

Olá, esse é o primeiro relato que escrevo e provavelmente será o único. Trata-se de uma sucessão de fatos reais que vem acontecendo comigo recentemente. Sou uma mulher séria no dia a dia e jamais poderia imaginar o que ocorreu. Vou mudar os nomes para o relato. Chamo-me Laura, 45 anos, sou administradora, casada e temos um casal de belos filhos, Alexandre de 21 anos e Bruna de 18. Alexandre é instrutor em uma academia. Sou loira, cabelos curtos e modéstia parte tenho um rosto e corpo sexy, minha bunda é grande e redonda e peitos recentemente siliconados.

Eu e meu filho sempre fomos muito amigos, e sei que ele tem um casinho com uma amiga minha, a Carol. Certo dia eu e ela estávamos conversando e ela insistiu em brincar comigo, disse que meu filho sabia muito como satisfazer uma mulher, até aí tudo bem mas ela me perguntou se eu não ia levar a mal se ela me perguntasse uma coisa, eu disse claro que não, e então ela rindo perguntou se eu como mãe já tinha visto o pênis dele. Eu disse que sim mas é lágico que quando era criança...Perguntei o porquê e ela me disse que era grosso e enorme! Lindo! E rindo me deu os parabéns pelo filho.

Depois desse dia, fiquei curiosa, e às vezes me pegava pensando no que minha amiga Carol havia me dito. Será que era tão grande mesmo? Como seria possível já que meu marido possui um pênis de médio pra pequeno, cerca de 19 cm. Aliás, por incrível que pareça casei virgem e nunca traí meu marido, mas não posso negar que sempre tive uma certa curiosidade em conhecer outro maior e apesar de bastante assediada nunca tive coragem. Eu adoro sexo mas meu marido estava cada vez mais perdendo o interesse e o apetite sexual, botei silicone e mesmo assim ele não tinha potência para me satisfazer. Um dia fui a casa da minha amiga Carol para me abrir com ela, e meu filho entrou no MSN e começaram a conversar. Ela não disse que eu estava junto e logo começaram a falar de sexo e das transas deles. Entre outras coisas, ele disse que adorava dar o pau pra ela chupar e comer a bunda dela. Então ele disse “olha aqui como você me deixa” e ligou a web cam para ela. Quando abriu a imagem e ele estava posicionando a câmera pra ela vê-lo nu eu virei pro lado e saí do quarto dela...não posso negar que me deu vontade de ver, mas resisti, e além do mais por mais que eu tivesse intimidade com a Carol, eu não queria que ela visse a cena. Ao chegar em casa fui tomar um banho, e comecei a imaginar o quanto meu filho era safado apesar de parecer bem quietinho, e o quanto a Carol gostava de dar pra ele. Passei a mão na minha bucetinha que fazia tempos não era bem tratada...e comecei a tocar uma siririca e acabei gozando bem gostoso em baixo do chuveiro.

Depois disso, como eu e Alexandre sempre fomos muito amigos, me abri com ele em relação a eu estar me sentindo desprezada pelo seu pai, mas não toquei no assunto do que tinha visto na casa da Carol. Falei que seu pai estava me evitando e que achava que ele estava me traindo. Para minha surpresa, meu filho disse achava que não, mas que caso eu estivesse sendo mesmo traída, o pai dele deveria estar louco, pois todos os amigos na academia mexiam com ele: “com todo respeito mas que mamãe gata ein”. Eu ri e perguntei o que mais falavam? Ele respondeu: Ah mãe o ábvio...quando você faz o exercício pro glúteo na academia todos param pra ver, mas pro azar deles você é discreta e usa aquela toalhinha de academia pendurada na cintura, além de não ir decotada.

Foi então que perguntei a ele se poderia ser meu personal trainer. Ele adorou a idéia pois além do meu beneficio físico ele adquiriria mais experiência pois logo se formaria em educação física. Combinamos de treinar 3 vezes por semana a noite, e decidimos que o melhor local seria em uma sala no térreo do edifício onde moramos, junto ao salão de festa, pois residimos em uma praia e com exceção da alta temporada, são poucos os moradores fixos do condomínio. Eu tenho alguns aparelhos em casa e ele se encarregou de levar tudo para lá.

Antes da primeira aula, me preparei, depois do trabalho passei numa loja e comprei uma calcinha minúscula, mal tapava minha buceta loira. Na verdade eu achava isso vulgar até pouco tempo atrás, e além do mais meu marido mesmo me deixando carente, não gostava que eu usasse roupas sensuais. Mas eu estava decidida a me valorizar, apesar disso eu não tinha a intenção de fazer nada com meu filho, pois achava isso muito errado, ou melhor, proibido. Bom, pedi a opinião da vendedora e ela disse que estava lindo, então eu disse brincando que queria uma opinião masculina. Ela muito simpática deu risada e disse quem dera ter um corpo como o meu...cinturinha, barriguinha definida, popozuda e peitos grandes. Cabe falar que eu apresento bem menos de 45 anos de idade, não que eu veja problema nisso, pelo contrário, mas por exemplo minha amiga Carol tem 36 e ninguém diz que temos significativa diferença. Eu e a vendedora que descobri também ser a dona da loja nos demos muito bem. Trocamos contato e depois viramos amigas.

Tomei um banho bem demorado esperando pela aula com meu filho personal, embora eu não tivesse mesmo a intenção de concretizar nada com meu filho, gostei da idéia de ter intimidade com ele e provocá-lo. Pus a calcinha minúscula e um shortinho de lycra, de modo que mal dava pra ver a marquinha dela na bunda, além de realçar muito o capô da minha buceta. Cheguei a pensar em desistir de aparecer pra ele assim, o que ele poderia pensar? Mas tomei coragem, além disso botei uma blusinha decotada ...vesti um casaquinho por cima, e uma calça, pois já era outono e estava friozinho na região onde moro. Enquanto isso meu filho já estava na sala reservada onde faríamos os exercícios. Meu marido pra variar estava dormindo.

Antes de começarmos os exercícios, meu filho fez questão de explicar que ele ainda não possui a especificação precisa pra ser um personal trainer de verdade. Ele é muito inteligente, além de um grande instrutor, mas curiosamente eu nunca havia tido orientações específicas dele na academia, quem me instruía era uma outra professora. Ele sorriu e disse que me ajudaria e também aprenderia comigo, que eu seria a cobaia dele. Comecei me alongando e tirei o casaquinho...senti um frio na barriga mesmo sendo um simples decote. Pensei em desistir de novo do shortinho, foi quando ele me disse que calça jeans não era adequado, que eu deveria descer e pegar a calça q eu usava na academia, sorriu e me falou que a toalha q eu uso pra tampar o bumbum já tava separada. Eu então disse que eu já estava pronta, e que com ele eu não precisaria usar a toalhinha, pois era uma aula particular. Fizemos algumas séries de exercícios. Na hora do agaixamento ele ficou atrás de mim cuidando meus movimentos, enquanto eu descia lentamente com a barra dobrando os joelhos e consequentemente empinando a bunda para trás. (Eu já havia desistido da idéia de provocar), mas estava tão a vontade ... foi quando ele seriamente me perguntou se poderia segurar minha cintura para me auxiliar corretamente. Eu disse claro, que eu fazia questão, era dever dele me ajudar e eu confiava nele. Ele então me elogiou disse com todo respeito que minha bunda era mesmo um encanto, e o shortinho realçou as curvas.

Ele me segurou pela cintura auxiliando a posição correta da minha coluna. Senti um calafrio percorrendo o meu corpo e ainda no mesmo exercício minha bunda roçou levemente nele...foi o suficiente para eu pegar fogo. Em seguida em outro exercício para o glúteo fiquei de 4...e perguntei:

-Eu fico gostosa assim?

-Pode ter certeza mãe!

-E meus peitos? Você quer ver pra me dar uma opinião?

Ele fez que sim com a cabeça e eu tirei a blusinha...e disse:

-São bonitos?

-São perfeitos...

-Seu pai não gosta de mamar neles!

-Ele é maluco!

Então eu disse instintivamente:

-Filho, me faz um favor, chupa meus peitos bem gostoso como você faz com a Carol?!

Ele veio e caiu de boca neles, começou devagar, chupando e lambendo os bikinhos, comecei a gemer...vai filho mama gostoso tua mãe peituda, hmmm ele gemia e chupava com força, me deixando louca...então eu disse:

-Será que tu é tão pauzudo como a Carol me contou?

-Hmm ela te disse isso é?! Você que tem que dizer.

Tirei o pau dele pra fora e cheguei a levar um susto...imenso, uma cabeça grande e gostosa...comecei a bater uma punheta pra ele..ele gemia..me chamava de gostosa, de putinha. Botei o pau no meio dos peitos e comecei uma espanhola, um vai e vem delicioso com a língua pra fora...Ele enlouquecido de tesão me pegou pelo cabelo e me botou de joelhos no chão.

-Eu sei o que você quer sua puta gostosa, quer chupar meu cacete né...

Comecei a lamber, cuspi nele... meu filho fechava os olhos e gemia,,,vai gostosa mama...entao eu abocanhei a cabeça...e comecei o vai e vem bem macio quente e molhado com a boca no pauzao dele.

-Vai mãe, isso chupa gostoso...vadia

Eu mamava e gemia...Ele tirou o pau da minha boca e começou a bater com ele na minha língua e no meu rosto.

-Toma sua puta apanha do meu pauzão.

-hmmm vai filho me dá uma surra de pica...gostoso

Depois ele me botou de 4, sem tirar minha calcinha,,arredou pro lado, lambeu meu cuzinho...Eu disse ai filho é muito grande!

-Cala a boca sua puta eu sei que você quer dar o cu!

Ele molhou a entradinha e começou a enfiar bem devagar...comecei a me sentir arregaçada parecia que ele ia me partir ao meio...mas aos poucos a dor virou tesão e eu virei por completo uma puta.

-Vai filho enfia tudo no rabo da mamãe e fode bem gostoso meu cu

Ele me dava tapa na bunda e socava tudo até o talo e tirava...enquanto batia uma siririca pra mim...gozei feito louca naquela mão e naquele caralho...Então ele acelerou as bombadas e tirando o pau no meu rabo disse...ABRE A BOCA QUE EU VOU TE ENCHER DE PORRA SUA PUTA....hmmm vai filho vai me dá leitinhoooo.... HMMMM AHHH TOMA VAGABUNDA.... senti os jatos pegando na minha língua e no meu rosto e me senti mulher de verdade. Chupei e limpei o pau dele pra não ficar nenhuma gotinha de porra. Ele disse que meu boquete era uma delícia, eu disse que bom esse vai ser o pagamento pelas nossas aulas.

Nos recompomos e depois disso ficamos mais íntimos ainda. Bjs

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Tennis zelenograd contoconto erótico loira casada traindo marido com cadeirantecontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosmiudinha conto eroticomeu marido liberou também conto cucontos eroticos com fetiches absurdosme fuderam meu cu na ordenha contoscontos trai com meu cunhadocontos de coroa com novinhocontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescomi ela totalmente bebada no contoscontoso tecnico em informatica me comeuGay passiva com dois negoes contoscontoporno enfiei bananaembebedei a minha mulher e fiz ela faze gang bang com os amigos xvideosdei minha mulher pra outro comerContos eroticos de travestis tarados.cache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eroticos mae com filhos deficientemeu cao meu machoconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninasfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoconto erotico a primeira vez com.pirocudo. gay.ver vídeos antigos de novinhos mostrando seuspentelhos na webnoite maravilhosa com a cunhada casada contossentei na rola do padrinho contos eróticosvesti as roupas da minha mulher por curiosidade fui flagrado pelo vizinho e virei sua putinha gayhttp://transei no banheiro da rodoviaria com homem gay contos eroticos gayrelatos de casadas que treparam vom suas cunhadssvideo porno gay de homem que botou camisinha para comer seu parceiro apos gozar ele tira a camisinha e da para o amigo chupar seu paucontos eróticos com gordascontos gay o vizinho cadeiranteconto pai trepando filinha pequenaconto engravidei a cunhada rabudaContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadacontos erotico so testemunha de jeova e dei a bucetaconto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeucontos eroticos espiando a senhoraconto de esposa vendo seu marido na rola de outroirmão roludo cone urmã dormindocontos eroticos eu feia e gordaconto erotico adolcentes brincandoconto de casada com descendente de japones que traiu com um bem dotadocontos gay com moto táxiarrombada no rodeio comtosvoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos de mulheres novas casadas e p****contos eroticos meu cunhado mim pergo su cumenda amulhe delecontos lesb ralar a xanaContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos : meu filho falou que minha buceta e bonitaconto eróticos incesto pintando a casa da maninhacontos eroticos pego gostoso o meu filho gueiContos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda Grandeconto eróticos lábios românticosConto meu marido me obrigou a trepar com o mendigousando uma calcinha pequena e morrendo de tesaiconto esposa se transforma na casa de swingpau encostou na boca da filhinha coltoscontos de homens relatando sobre o crescimento do pêniscontos eroticos de rafinha do mercado contos erotico o coroa me fudeu em cima da sua lanchaparou na borracharia pra arrumar o pneu e levou pau gay fudendoConto erotico sou madura e vadiacontos cadado da cu pro gerente em aposta entre homensxxx conto Incesto+Minha mae saiu comigocu todo cheio de manteigaconto erotico Conto de um corno manso da Mãe e Filha IIgays chupando cu de macho caretaconto erotico as pregas da empregadafotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.contos eroticos dei ao papai e fingi dormircasada relutante cedeu desconhecidoescova contos eróticosgozando na submissa deitadadei minha buceta pro traficanteMinha vizinha me deixou ver ela transando contoscontos erótico ginecoligista e novinhacomendo o primo e olhando pela janela conto gay comi o malhadinhominha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandocontos gay na marraContos eróticos coroa casada na praiaContos eróticos boca maciacontos eroticos gays atiçei meu tio