Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VESTINDO LINGERIE DAS IRMÃS -PARTE 1

Oi gente, prazer... Podem me chamar de Veronica, tenho 20 anos, vou contar pra vocês como foi minha primeira vez, como mulher. Eu tenho uma mania, sabe... Me visto sempre de mulher, quando não tem ninguém em casa, me tranco em casa e me visto com calcinhas de minhas irmãs, sempre me vestia de calcinha e sutiã, com um vestido por cima, acabei me viciando em fazer isso, todos os dias dava um jeito de ir ate o guarda roupa de minha irmã Bruna, que tinha varias calcinhas tipo fio, bem sexy por sinal, nossa a calcinha dela entrava direitinho em mim. Comecei a dormi usando elas. Ficava observando Bruna toda vez que ela passava perto de mim, via a marca da calcinha dela no seu corpo e que bunda que ela tinha, isso me deixava mais excitado cada vez que vestia uma calcinha dela, me imaginava sendo Bruna, com aquele bumbum maravilhoso sendo metido.rnCerta vez, Bruna viajou juntamente com meus pais, fiquei sozinho em casa, sorte que Bruna deixou algumas peças dela em casa, fui lá no guarda roupa dela, peguei um dos vestidos e uma de suas calcinhas e sutiã e me vesti, como eu estava sozinho em casa acabei vestindo um de seus vestidos, passei o dia todo de usando tubinho. Não sei o que deu em mim que já estava morrendo de vontade de me sentir mulher de verdade e dar pra um macho. Já era a noite e resolvi dormi com um dos vestidos de minha irmã, um vestido preto todo rendado e também, vestido com uma de suas lingeries que era bem sexy por sinal, acabou que dormi e não percebi que já era de manhã. Quando de repente, sem que eu percebesse Fabio que era amigo da família entra na casa, nem me lembrava que Fábio ainda tinha a chave da casa, ele entra em todos os cômodos procurando por alguém, ate chegar em meu quarto que estava com a porta aberta e me vê vestido de Bruna deitado na cama, sem pestanejar ele começa a deitar por cima de mim, roçando seu pinto em mim, seu pau deslizava pra lá e pra cá, foi aí que acabei acordando, fiquei sem palavras na hora, a minha única reação foi deixa-lo continuar roçar seu pinto na minha bunda ate que de repente, Fabio, começou a descer a lingerie que eu usava com seu pinto, Foi quando ele me disse ? Hummm, que ser sua irmã, ne seu veadinho, então toma?.. Num vai e vem intenso, seu pinto ia me penetrando cada vez mais, meu cuzinho estava sendo comido pela primeira vez, comecei a sentir dor, até que finalmente sentir a cabeça de seu pau entrando bem devagar no meu cuzinho, Fabio a cada penetração me chamava de Bruna e perguntava se eu estava gostando, institivamente comecei a abrir mais as pernas pra facilitar a penetração, quando percebi que Fábio acabou gozando no meu cuzinho, ele começou a limpar a porra de seu pau na minha bunda, me deixando todo melado, ficamos um bom tempo na cama ainda, estava adorando aquele momento, mais tudo que é bom dura pouco, No outro dia, como ainda era sábado e Bruna mais mamãe sá iam chegar domingo a noite, corri pro guarda roupa e vesti uma camiseta de Bruna, por baixo da camiseta branca um sutiã com bojo todo florido e um shortinho jeans, ao me ver vestido de Bruna Fábio pediu que eu também passasse um dos batons de Bruna em minha boca, nossa minha boca ficou com uma sensação estranha, mais, ao mesmo tempo deliciosa. Fábio me abraçou forte e me levou ate o quarto de Bruna, lá ele me disse que ele iria me comer como faria com Bruna, aí me pediu pra ajoelhar no chão e abrir o zíper de sua calça, sem pensar duas vezes acabei o obedecendo, tirei aquele pinto enorme pra fora da calça, nossa...aquele pinto crescia entre meus dedos, foi ai que Fábio pediu pra mim chupar seu pau, não. . . Não, tenho coragem disse pra ele, então ta disse Fábio ai começou ele mesmo a xaqualhar seu pau, ai ao perceber que ia gozar pediu pra mim abrir a boca, foi quando um jato enorme e grosso de porra veio a cair dentro da minha boca, fiquei com nojo na hora, mais Fábio me dizia que se eu não engolisse a porra ia contar pra minha família, nisso já viu né, tive que engolir a porra quentinha de Fábio logo em seguida ele começou a tirar a roupas de Bruna que eu vestia me deixando somente de calcinha e sutiã, nesse momento começou a passar seu pau em meu corpo me deixando todo meladinho, depois pediu que eu deitasse na cama de Bruna, desceu minha calcinha, começou a enfiar seus dedos um por um em meu cuzinho, depois deitou-se sobre mim já com o pinto duro, institivamente abrir as minhas pernas e o deixei penetrar, num vai e vem intenso, a cada estocada meu cuzinho piscava pedindo rola ele me dava varias estocadas, eu gemia muito, nossa...acabamos dormindo peladinhos na cama de Bruna naquele dia, estava tudo indo muito bem, no outro dia ao acordar achando que estávamos sozinhos vou a cozinha de camiseta e calcinha e vejo Bruna minha irmã tomando café, ela acaba me vendo com suas roupas, aí nesse momento ela se levanta e diz no meu ouvido que tinha chegado mais cedo e que me viu mulher dando pra Fábio e que iria contar pra mamãe se não a deixasse ver, minha festinha particular com Fábio mais esse conto fica pra outro dia.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos d uma mulher virgem amarrada no curral e estupradaconto - ela acha que a bucetinha era so para mijarcontos eróticos agarrei minha irmã na fazenda conto erotico padre fodendo casada rabudamoreninho hetero marrento contocontos eroticos gay meu dono brutalvirando femea do macho roludo contoTrasando com atiacontos colocando menina pra. mamarcutuquei a buceta da mamae contoscontos ajudando minha mae peituda na faxinacontos casal com jamaicanocontos vi meu marido bebado esperando nossa filha peitudaamo cheirar a boceta da minha esposa pela calçasacsnagen s comseduzindo o colega hétero parte 2Contos erotico de irmao safado e sobrinha bobinhaassistir vídeo pornô travesti da rola Gabs cabeça de graçaele falou que ia me deixar se nao me entregasse virgindadecontos eriticos o sorveiro negro comeu minha nulher brancameu bundao ta seduzindo meu filho contoscontos eroticos corno e amigo mesmrelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasgarotas virgens bundudas enrabadas no circo contos eroticoscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos comi a japonesa rabuda casadacontos cavalonas evangelicascontos fode mesmoFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasBebada me bulinaram contos eroticosconto erotico toma leite pra crescer forteminha mulher se exibiu pra várioscontos eróticos de negrinhas que gosta de fuder com homem brancos mais velhosque enganaram e comeram meu cu sem pena contoscontos putas incesto comendo minha mamãe na fazendacontos eroticos trai meu marido com meu chefef****** irmã mora nos peitos das gostosasminha mãe e puta contosconto erotico viadinho no sitio de shortinho e calcinhaminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoscontos sentou no meu colo e eu gozeiconto erotico tia de fio dentalcontoesposanuaswing confessin porno contos dia de praia 1filho gosa bunda mae ela percebeeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos eroticos ajudei meu filho e fui estupradasexo contos eroticos na ilhalena beijando sua amga gostosocastigo anal sadomasoquismo contosmulher sendo brexada em um banho demorado pornoConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinhaconto vendo minha tia se depilandoContos erotico Minhas mamas doem muitoChantageei minha tia escrava lesbica contocontos eroticos meu marido sempre soubeprimo de rendinha metade da bunda de fora em calcinha cabelo que sai para foraconto erotico homem andando fay de cueca pela.casacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eroticos meu primo comeu eu e minhacontos eroticos no cinemaContos heréticos quadrinhos Barneycontos eroticos estou chifrando meu marido tomando porra do cunhadocontos eroticos o dia que comi a novinha gordinhaContos de novinhas perdendo a virgindadeconto erotico corno mi ajudougarotinha de 9 aninhos me deu a xoxotinha dela contosconto gay negao casado deucontos eróticos gay irmãos machos se esfregandovoyeur de esposa conto eroticocontos minha bunda ernome encoxada de pau super duroomen nao quer essa gostosa para transar nao so pra arronbakkkpediu para o marido lamber porra contosensinei meu sobrinho a bater punhetaxvideo mulher fazendo trepe tizercontos eroticos vizinho me pegou shortinhoconto erotico casada com dupla penetraçãocontos eriticos pique esconde sofarelato do marido cornocontos de transando com o genro timidocontos eróticos sou casada e trai o marido com negão africanoconto gay me comeu dormindoConto de puta presa e estuprada diariamente por muitos machosConto erotico novinha.pediu pra passar bromseadorcontos eroticos, aprendi desde pequeno com o padreSou casada mas bebi porro de outra cara contosfazer sexo anal com cachorro pequeno e possivel ficar engatadovontos eroticos maduras a piça gg do meu sogrocasa dos contos marido pede para esposa por uma sainha bem curta e.provocaSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos.praia de nudismo com o pai roludoContos eroticos familia sem preconceitocontos erotcos cunhada na viahemme masturbei vendo as calcinhas da vizinha no varalconto erotic pegand a calsinha da sogracontos er com negContos de mãe que adora ver sua filha casada, trepando com seu genrocontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecido