Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA ENCOXADA: ÔNIBUS

Meu nome é Milena, moro no Rio de Janeiro e tenho 19 anos. Minha pele é clara porém bronzeada, meu cabelo é castanho, liso e comprido até a cintura e meus olhos são verdes. Tenho seios médios e uma bunda (modéstia parte) bem redondinha e grande.rnCostumo pegar ônibus as 22h de segunda a sexta para voltar para casa de um curso que faço. Neste horário o onibus que pego costuma ficar cheio pois alem de trabalhadores muitos que saem do meu curso pegam esse mesmo ônibus.rnSempre que pego ônibus vejo os caras me olhando muito até pelo fato de eu gostar de usar roupas provocantes. Muitas vezes quando algum passa por mim acaba passando a mão na minha bunda mas sempre me afastei apesar de morrer de tesão nisso.rnHoje quando estava voltando do curso, eu vestia uma camisa de botões branca com os dois primeiros botões abertos, o que deixavam meu sutiã vermelho a mostra, e uma calça social preta de tecido fino e bem grudada. Ainda estava no ponto de onibus quando notei que um homem um pouco mais baixo que eu, negro, me comia com os olhos. Quando chegou meu onibus, ele entrou logo atras de mim.rnPassei pela catraca e com alguma dificuldade pelo onibus ja estar cheio, cheguei ao final do mesmo onde me segurei no ultimo ferro. Esse onibus é do tipo que não possui aquelas ultimas cadeiras juntas no fundo, ou seja, o fundo fica sá um espaço para ficarmos em pé ao lado da porta. Estava olhando pela janela distraida quando senti uma mão encostando rapidamente na minha bunda. Olhei para trás, e vi que era o moreno que subiu comigo no onibus. Continuei imável. Ele então, fez mais uma investida e passou a mão novamente rapido pela minha bunda, fingindo que foi um acidente. Eu ja imaginava mil coisas e estava torcendo para que ele fizesse de novo. Dessa vez, quando ele passou a mão, eu não hesitei e segurei a mão dele antes que tirasse, e pressionei contra minha bundinha. Ele surpreso, deu uma risadinha que me deixou mais excitada ainda.rnO moreno começou então a apertar muito forte minhas nadegas e eu morria de tesão olhando para os lados para ver se ninguem via aquilo. Ao mesmo tempo que tinha medo de alguem estar vendo, ficava excitada em pensar que poderia estar sendo observada.rnEle começou a forçar com as mãos para que eu abrisse as pernas e eu cedi. Ele aproveitou e colocou seu pau duro encaixado na minha bunda, e eu pude sentir sua respiração ofegante no meu pescoço e ele começou a fazer mais movimentos me encoxando gostoso.rnComecei tambem a fazer alguns movimentos mais fortes e sentia o peito dele nas minhas costas. A calça que eu estava usando era muito apertada e eu sentia o pau dele subir e descer no meu reguinho e eu dava umas reboladas discretas mais intensas no pau dele.rnFiquei nas pontas dos pés, e isso facilitou para que o pau dele tocasse a minha buceta e eu ja estava molhadíssima nessa hora.rnEle voltou a passar a mão na minha bunda .. Tocava desde la de baixo, na minha bucetinha e passava pelo reguinho inteiro. Começou a beijar meu pescoço e eu fiquei toda arrepiada, sá queria que ele me comesse ali mesmo.rnFiz um movimento com o braço, como se fosse segurar na barra de cima do ônibus ... e deixei que ele conseguisse ver por cima dos meus ombros os meus seios, nessa altura nossos corpos iam junto nas poucas curvas que o ônibus fazia.rnEle apertou um de meus seios com sua mão grande e começou a beliscar o biquinho, o que me deixou mais excitada ainda e continuava a me encoxar.rnEu ja estava perto do ponto que costumo descer e queria muito gozar então peguei a outra mão dele que estava no ferro do onibus e sem o menor pudor coloquei por dentro da minha calça por cima da minha calcinha. Ele sussurou no meu ouvido: hmmmm safadarnE eu adorei aquilo. Adoro quando me chamam de safada, cachorra, puta, entre outros.rnEle então rapidamente colocou a mão por dentro da calcinha e começou a tocar uma siririca muito gostosa para mim ali mesmo. Eu nem olhava mais para os lados para ver se havia alguem olhando porque estava tão delicioso que eu sá queria aproveitar e gozar naqueles dedos.rnEle esfregava forte meu grelinho mas como eu estava de calça não dava para fazer muito mais que isso. O que não me importou pois adoro receber uma siririca e eu estava toda molhada e morrendo de tesão.rnMe segurei para não gemer alto e gozei muito gostoso nos dedos dele.rnQuando olhei para trás percebi que ja havia passado dois pontos de onde eu desço! Dei um sorriso safado para ele e desci correndo do onibus. Andei para casa lembrando e precisei vir escrever aqui. Antes eu era sá leitora. Agora, pretendo continuar a contar minhas aventuras sexuais pois depois dessa de hoje, sinto que terão muitas outras.rnVou parar por aqui pois estou ficando muito excitada e terei que me resolver sozinha ;)rnEspero que tenham gostado!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


bundudo com a bunda Vermelha e molhadinha de tanto leva contos erótico Paráo importante e gozar e ser feliz conto eróticohttps://googleweblight.com/i?u=https://tennis-zelenograd.ru/mobile/conto_14575_primeira-troca-2-parte.html&grqid=IPyLPHEA&s=1&hl=pt-BR&geid=1043mulher massagista escorregar o dedo na xota da clienteProvoquei meu tio foi dormir totalmente nua d pernas abertas na sua camacontos eroticos gay meu dono brutalrelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantesMinha esposa no rancho com outrocontos eróticos de mulheres casadas q já treparam com travestienrabaram minha,esposa na piscina sem eu ver contos eroticoschupava a noite inteira ele amarradocontos eroticos dando cu pro filhoarregaçado pelo cachorro contoscontos eroticos esposas no swingcontoseroticos meniniceContos eroticos louca quando dois machos chupam gostoso as minhas tetascontos de u corno pedreiros muito bemdotados comero muito mia mulhe gostosaContos com espermaTennis zelenograd contoContosEroticos.ORG gay sou submisso ao meu pai maduroContos eroticos namoradas sendo realizadas por pintudominha madrinha depilando a buseta contoeroticocontos eroticos o ventoConto eu peguei meu genro me brechando no banhocontos eroticos,virei escrava e puta do meu namoradocasa dos contos eróticos camila a namorada gostosa do cunhadocontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigoConto erotico minha esposa pagousNerdes gay contos eroticoscontos eroticos a bucetinha depilada da minha maeContos eróticos minha prima dica qué seu namorado não dava contaenteadinha contosconto erotico tiraram minha roupaConto eroticode incesto minha virou sogra da minha irma conto gay primos no sitioconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorCasada narra conto dando o cudei o cuzinho é fiquei arrombandoconto gay metemos.o dia todoArrombei meu amigo - contoprimeira vez que comi meu amigotravesti dotadu no rnConto Meu Amor é um Traficante parte 3- Contos Do Prazercontos de coroa com novinhoRelato picante comi minha esposa no estacionamento do shoppingconto gay pm com pmcontos de menininhas sentando no colo de homensgozei com a minha.irma no meu coloConto o dei o cu por curiosidadecontos sobrinho pega tiamoramoa no litoral eu e minha esposa e recebemos um primo dela para pasar um fim de semana conoscocontos eroticos esposa velhocontos de casados que ama ser viados de fio dentalContos virei putinha quando vi o pau duro sou homencontos eróticos bumbum grande no ônibuscontos eroticos velho na praia de nudismoluna.contos.eroticosincentivanda pelo marido contos pornovisinhalesbicacontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacontos comi a irma gravida gostosa rabuda peludavídeo de pornô com as moletinho as mulatinha pornô vídeos sexocontos eroticos sou puta os preto me comeram no matominha mulher e o filho do jumento contos eroticosContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestocontos de trasas com massagistacontos dormiu e tomou no cu fodidaCONTOS EROTICOS MARIDO BEBADO FOI ENRABADOcontos eróticos surpresa travesticontos enfiei tudo a minha picona nele e ele reclamou muitoConto erótico filhinha querendo o pintão do papaiirma paralitica conto eroticopeguei um menino pra comer minha buceta velha contoscontos eroticos peluda fedidacontos papai quase me rasgou na picacontos eroticos moleque e esposarelatos eroticos travesti tirou os cabacinhos das novinhas chorou muitocontos crossdresser minha mae me fez meninaconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninasconto de sexo em estrada desertacontos eroticos estuprada e gemendo gostoso issooo vaiiii nao paracontos eróticos primos amantesContos eroticosBuceta grandeconto erótico submissao e buceta com porracontos gays comessado pelo primocontos eroticos de lolitos com tios de amigosconto morador de rua roludo comei gpstos minha esposaconto de mulheres que trazam com cavalo no curalconto erotico com a diretora da escolacontos eroticos vendi minha filhacontos putinha caralhudo corno chupaminha namoradinha me provocou pra fuder brasilcontos gays meu cuzinho me chamava de festa