Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INOCENTE, CHANTAGEADA E ARROMBADA

Tenho 38 anos, não me considero um homem bonito, tenho uma certa barriguinha, devido a cerveja. Mas sempre fui muito bom de lábia, o que me rendeu muitas conquistas amorosas.

O que vou contar aconteceu a uns 19 anos, na época eu 19 anos. Emanuele, era uma menina que morava na nossa rua. Uma moreninha, muito feinha e desengonçada. Na época ela deveria estar com seus 9 anos. Em nossa vila, tinha apenas ela de menina nessa faixa etária. Por isso ela vivia brincando juntamente com uma tropinha de meninos. Nesta época eu estava começando aquela fase da adolescência em que a gente sá pensa em sexo. Eu tocava várias punhetas durante a noite e não via a hora de poder pegar uma mina de verdade. Foi aí que me veio a idéia de pegar a Manu. Ela era uma menina tímida, gostava de umas brincadeiras bobas, então para não ficar mal para mim, por ser mais velho. Convenci um amigo nosso a começar a brincadeira com ela. Os dois sempre brincavam juntos, ele tinha na época 19 anos, e pediu para ela para brincarem de papai e mamãe. Ele como era bobinha topou na hora. Então ele fez todo aquele ritual de dar papinha pro neném, de comer a comidinha... mas depois chegou a hora deles irem dormir, ele mandou que ela tirasse a calcinha e ele tirou a cueca, então ele pegou ela por traz e começou a bombar nela, ela pediu para ele parar mas ele não deu ouvidos a ela, disse que isso fazia parte da brincadeira, senão ele nunca mais brincaria com ela, então ela submissa deixou ele brincar. Eu estava espiando tudo de longe, ah que tesão, era a minha chance. Cheguei bem no meio da brincadeira, ela ficou branca quando me viu: - O que vcs estão fazendo? Perguntei

- Nada, nada, nada... ela me respondeu atonita

- Não adianta disfarçar pq vcs estão sem calças? Perguntei fazendo ar de surpresa.

Então Marquinhos (nome do meu amigo) respondeu rindo: - A Manu pediu pra eu comer o cu dela, ela me disse que gostava.

- Manu o que é isso... Vou já contar pra tua mãe!!!

- Não por favor é mentira, não conta nada pra ela. Falou em total desespero, já em prantos.

- Tudo bem... mas têm uma condição!

- Qual?

- Eu também quero comer o teu cu!

- Não, eu não quero... por favor é mentira do Marquinhos.

- Vc que sabe, então vou contar tudo pra tua mãe.

- Tudo bem, ma não aqui, senão mais alguém pode ver.

- Então me espera lá em cima no Mato, que daqui a pouco nás vamos lá.

Pobre Manu, subiu o morro chorando. Dei mais um tempinho, peguei um pote de margarina e fui atrás dela. Eu e o Marquinhos.

Quando chegamos lá, procuramos uma clareia, e lá pedi para que ela tirasse a roupa. Ela se negou, então a chantagiei novamente. Tudo bem... Vou procurar a tua mãe agora mesmo.

Ta bom... Ta bom. E já foi tirando. Ficou peladinha, apesar da pouca idade, seu seios já começavam a desabrochar. Ela se encurvou toda e tentou se esconder.

- Agora fica de quatro. Falei com uma certa arrogância na voz e voz autoritaria. Isso me deixava excitado.

- Vai Marquinhos, côma ela... vc deve enfiar o seu pinto no cu dela!!! Vem cá que vou abrir bem pra você!

- Então meu amiguinho todo feliz, se posicionou e forçou o seu pau, até que entrou... Ela resmungou um pouco, o pau do marquinho era pequeno, pois ele era muito novinho ainda. Então deixei ele brincar a vontade, aquilo tava me excitando. Bate na bunda dela... Ele batia, e nás ríamos. Agora estava na minha vez. Pedi que Marquinhos saísse que eu iria mostrar para aquela cadelinha o que era bom. Lambuzei meu pau com a margarinha, posicionei na entradinha do cu dela, e em uma única estocada, enfiei até o talo. Manu soltou um grito e tentou se desvenciliar. A segurei com força e mandei o Marquinhos colocar o pau dele na boca dela. Chupa sua cadelinha. Comecei um movimento frenetico de vai e vêm. Ahhhh Que delícia... Como era apertado.... Meu pau enorme entranto naquela bundinha... Ahhh sua cadela.... Ahhh sua putinha.... Vc não é bonita mas é gostosa, como é bom.... Manu não aguentou e desmaiou, eu pouco me lixei pra ela e então gozei como louco naquela bunda. Depois eu e Marquinhos nos vestimos e fomos embora deixando Manu lá deitada naquele chão imundo, refazendo suas energias. A partir deste dia começou o martírio da coitadinha, pois eu e Marquinhos falamos para os outros meninos da rua, e logo ela era a escrava de todos os meninos da vila.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico minha filha no computadorCONTO ERROTICO EU ERRA FUDIDA PELOS MEUS AMIGOS NA ADOLECESIAcontos eróticos de gay e picudo pedreiroscontos traidoracunhada pediu pra ver meu pinto contosconto transando com mulher deficienteCuviolentadoconto erotico tirei a calcinha da gatacontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos meu marido da pica pequenaconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuirmão roludo cone urmã dormindoconto erotico ninfentinha magrinha do short atoladoflogdosexo.compauloelizabethconto erotico padre fodendo casada rabudafui fudida ainda de calcinhacontos eróticos perdi a aposta e virei fêmeaeu e minha filha no baile funk contos eroticoscontos eroticos me arrombouContos eróticos gay homem enfiou cu pivetinhoele pega ela nos ombros pra chupar sua bucetaContos eroticos estrupei minha filha renata por ver filmes porno de pai e filha no meu computadorContos enfiei o dedo no cu do meu marido ma frente do meu amantemeu namorado pediu um tempo fiu pra balada e aprontei conto eróticosContos eróticos comendo uma travestir lindachantageada e humilhada pela empregada negracontos eróticos cantada na rua não resisti e traíContos eróticos entre parentesmulher do gelou grande fudedochupar mulher elaeleesposa amiga escrava conto eroticoComi minha sobrinha contos eroticoscontos orgia com jogadorescrossdresser marquinha de biquini contosContos meu filho pauzudo me comeu dormindoContos eroticosencoxadas no onibusConto de mulhe minha esposa na festavídeos de porno mulher gazando espirrando no caralho grande tremorconto peguei no bulto do amigopedreiro gozou vendo munher lavando roupas/conto eroticocontos meu filho me pediu para engolir sua poracontos eróticos "peladinho" sobrinhocontos eroticos coroa carenteesposa e meu amigo contos pornosdesejos de machos que adora safadeza com outros macho experiências vividasguado o cavalo tramza a rola dele fica detro da eguacomprei a Cristina da mãe bêbada contos eróticosdepois do anus e da vagina tem outraentrada pro penis entrar?contos eróticos,ai ai fode meteme foderam com o guarda da casa, contosconto erotico historia de mulheres casada em fretando pau gradefui pego de calcinha pela minha irmaContos eróticos heterossexualContos visinha de 19cantos historias transei com minha sobrinha de 11aninhoscontos eroticos na praiabucetas lindasconto erotico inserto po acasoHistorias gay broche e beijo na bocaSexo anal "nunca mais fui a mesma"Conto erotico o cu da minha enteadacontos eroticos gays zoofiliameu cachorro mecomeu a forcaenchemos a boceta de porracontos eroticos vizinhas camaradasnao contive quando minha vizinha passou a bunda em mim contosiniciando a filhacontos eroticos mae e amigocontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhoVer fantasias de homem no xvidiocoroa deito e pediu pa enfia devagarsinho nu.seu.cuconto erotico sogra de calçinha fio dentalcontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra eleconto eroticos vendo a foder minha irma no papai betinhameu amigo pediu pra eu comer sua namoradacomida pelo sobrinho Treinamento de cachorros para zoofiliaSou casada fodida contoconto a vizinha tetuda casou mas seu casamento t maucontos minha cunhadinha da bucetinha bem pequena19 anos contos gayscontos de bucretao grandeContos cm o vizinhoeu transei com uma travestiesposa na praia de nudismo passa lama conto"conto erotico" "na frente do meu namorado"https://googleweblight.com/i?u=https://tennis-zelenograd.ru/mobile/conto_14575_primeira-troca-2-parte.html&grqid=IPyLPHEA&s=1&hl=pt-BR&geid=1043o sonho da minha putinha ea ser estuprada poe varios e eu realiseicontos minha mae gravida de baby doll me chupandosobrinho batendo punheta com as sadalia de salto da tia conto eroticoconto homem casado pegando mulher solteiracontos eroticos noite do pijamabucetinha inchada de minha esposa orgia contocontos corninho obrigado a usar calcinha