Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUI ARROMBADA POR 27CM

Chamo-Me Nelma Tenho 28 anos Branquinha, cabelos natural castanho (costumo tingidos de loiro) minhas medidas exatas: 1,62 metro, 50 quilos, 60 cm de cintura, 84 de busto e um quadril de 92 cm. Pretendo relata a maioria das minhas aventuras e experiências sexuais mais hoje quero falar O dia que fui arrombada. rnrnEu tinha meus 25 anos e umas amigas que costumavam a frequentar a praia em Ipanema me apresentou alguns rapazes que dentro delas havia o Tadeu um Goiano 32 anos 1,75 bem moreno de praia com sotaque de interior que quase não ficava até o final por causa do trabalho, e nessa rodinha uma das minhas amiguinha me falou que ele era bem dotado mais nunca viu pois uma amiga dela já correu dele, Típico de fofoquinha de meninas.rn E nisso da galera acabei me simpatizando com outro amigo dele, Andre uns 30 anos, 1,80 moreninho que chegou a me levar em uma boate com as meninas mais sá ficamos de passa mão e beijos.rnEu estava de carro e dirigindo e fomos de até a praia pra tomar uma água de coco e acabamos encontrando o Tadeu correndo pela arreia de madrugada sá de sunga, pois eu costumava ver ele na praia sempre de bermudão, e discretamente percebi que ele tinha sim um volume bem grande na sunga que não era sá saco.rnFicamos uns 30min conversando e André me chamou pra ir pra casa pois ele estava louco pra me comer mais inventei uma desculpa de cansaço e deixei ele na porta do prédio dele e fui correndo de volta a praia, isso já era umas 4 da manhã e chegando lá como não achei o Tadeu resolvi tomar uma cervejinha no kiosque e por minha sorte me aparece ele do nada e conversa vai e conversa vem já o sol pra aparecer ele me convidou pra fumar um cigarrinho na casa dele e nisso eu já havia tomado umas 4 cervejas com ele e já estava bem altinha de álcool e fomos andando ao apartamento a 2 quadra da praia.rnEle me mandou esperar no playgraund pois iria até o apartamento pegar o cigarro, percebi que a porta do playgraund se fechava e la fumamos e conversamos até o sol nascer e nisso ele me roubou um beijo e eu sem conversa comecei a passar a mão por cima da sunga que já percebia que tava com a rola dura, então nos levantamos e fomos pra sauna com fundo de madeira que havia nos fundos, eu já fui tirando meu vestido sá ficando de calcinha e sutiã e ele me vem balançando aquela rola enorme que me assustou e me deu uma crise de riso e falei que não tinha como dar pra ele e sá iria chupá-lo.rnGente era tão grande que tive que segurar com as duas mãos, tentei já de inicio abocanhar mais com muita dificuldade entrou na minha boca e mesmo com todo esforço um pouco menos da metade ficou do lado para fora, eu acho que ele tinha uns 27cm, eu estava de joelho então ele me colocou sentada e abrindo bem minhas pernas me chupou e me fez gozar varias vezes.rnO safado sabia o que estava fazendo pois com as mãos enfiava dois dedos de cada e ficava tentando me alargar e aquilo me deixava louquinha de tesão, chegou uma hora não aguentei e peguei o pau dele e coloquei na portinha da minha buceta que já estava bem larguinha e ele foi empurrando aos pouco e eu delirando de dor e prazer que até esquecemos de colocar a camisinha.rnQuando senti a cabeça empurrando meu útero dei uma olhada para baixo e ainda faltava uns 30% ainda para entrar o meu estomago começou a se revirar e sentia o suco gástrico com a cerveja querendo voltar e nisso começamos a nos beijar e ele ia fazendo o movimento de entra e sai mais ainda me incomodava ate que ele começou a rebolar e fazer a pica dele por dentro girar e comecei a sentir prazer e daí foi aumentando q eu mesma já estava puxando ele pra dentro de mim e o tesão ia aumentando até que comecei a gozar e a cada vez mais puxando ele pra cima de mim que quando me dei conta as bolas do saco dele já batia na minha bunda, e nessa hora ele me pegou e me suspendeu pelas pernas me comendo no alto e eu gritando e gozando horrores.rnEle parou e tirou o pau de dentro pois eu comecei a ficar tonta então ele abriu a porta da sauna tomei uma chuvarada e nisso ele foi ver se la fora se estava tudo bem. Quando retornou ficou-me sarrando com aquele cacete na minha bunda e me abaixei e comecei forçadamente a chupá-lo pois ele era muito grande, depois ele me colocou de 4 no chão e sá pediu pra eu gemer baixo se não alguém poderia aparecer mais sá que juro que tentei mais não deu ele tentava por varias vezes tampar minha boca com a mão mais sem sucesso então me pegou e me levou pra dentro da sauna me colocando de 4.rnE sem muita paciência colocou aquele pau de uma vez sá e falou ??grita agora sua puta?? nossa fiquei meio assustada porque ele metia com muita força e com uma toalha me segurava pela cintura não me deixando sair dele. Eu gozava tanto que minha buceta começou a inchar e a também a doer, mais o tesão se misturava e eu gozava e sentia dor ao mesmo tempo até que comecei a chorar por nervosismo e ele nem ligou e começou a puxar com força o meu cabelo e bater na minha bunda que em particularmente eu adoro, gente vocês não tinham noção que eu estava no canto da parede não tinha pra onde correr e estava sendo socada por aquele homem descontrolado.rnChegou uma hora que ele me soltou no chão e eu desmontei toda e gozou aquela porra toda nas minhas costas e saiu da sauna pra tomar uma chuveirada, mas eu fiquei um bom tempo tentando me recompor ali deitada ate que ele veio e perguntou se eu estava bem e disse que sim mais com muita dor, e ele falou que eu me acostumaria pois eu sou as poucas que ele já comeu daquele jeito.rnOlhei pra baixo e vi minha bucetinha toda aberta ao ponto de sentir bater um ventinho dentro dela, mesmo o pau dele um pouco mole ele veio por cima de mim e começamos um papai e mamãe mais de vagar, gente eu gozei mais algumas vezes até que o pau dele não aguentou mais e fomos embora com ele me levando até meu carro, que sá cheguei em casa por sorte pois não tinha mais pernas nem pra dirigir. Depois disso namoramos escondidos por uns 2 meses e cheguei ate da a bundinha pra ele, mais essa é uma outra historia.rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos comi minha quando ficamos só em casaenrabaram minha,esposa na piscina sem eu ver contos eroticoscontos eroticos nao entracontos eroticos incesto bate com a pica/na cara/da cunhafavi meu padrasto pegando a minha mãe e eu gostei muito sou gayconto erotico ficando com um doente mentalContos curtos de coroa casada chantagiadacontos eroticos minha mulher me mandou pra farracorno chupa caralho contoscu de bebado não tem dono contos eróticos gayContos eróticos de incesto filinha mimada do papaimagrelas grelludas liga das novinhastao novinha com doze anos mas adora cara mais velho contos eroticos bem putinhamulher passa muita margarina no proprio cuZofilia Homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitacontos eróticos dois garotos em dupla com novinha contos eroticos de cu fedidoo macho frequenta mimha casae o dono contoscontoesposanuaArrombei meu amigo - contocontos enrabado na saunaContos eróticos/meti no rabo religiosatomando banho de rio com titio contos gaycontoseroticosdeincesto/irmaoeirmacontos eróticos de bebados e drogados gaysconto sou homem e dei o cu para meu sobrinhoporno com negao e sitremeucontos pono as pequenina"cabelo na perereca"contos eroticos a gostosa da jussaracontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossoconto erotico mostrei minha calcinha por dinheihocontos de encoxada em mulheres passivascontos eróticos de gay comi a bunda do amigo do meu irmãocontos adorei a lingua no meu cuzinhocontos eróticos AHHH OHHHbaixa menina dano abuceta para o imao maoxvidio travesti ta duendoQuale melhor foda com a minha namorada?contos de fudendo coroas dos seio bicudo de maisMeninas virgem estuprads pela zeladorconto elotico pai xfilhaconto de não aguentei a pica grande de meu avôeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocasada resebe proposta indecente contoconto fazenda com mamae okinawan gélico pornôcontos eroticos de mulheres co mendigostenho 70 anos e sou tarada ando com minha boceta toda meladinhachantagem com irma contoscontos pornô de incesto a mamãe gritou igual uma puta quando enfiei o meu pauzao na sua bucetinha cabeludacontos eróticos de gay Fui Comido pelo meu colega de trabalhoconto chupando a coroacontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzavideos de meninas fudedo co casoroconto em uma viagem de onibus comeram minha esposaconto erotico sou casada e adoro me exibircontos de pura putaria entre pais e fconto erotico sedusii meu paiFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carrocontos de big rolaconto engravideu minh sobrinhafilme pornô minha prima gravata preta para mimconto erotico de despedida de solteiro com orgiacontos eroticos incesto a neném do papaiminha tia batendo um punheta para sobrinho contoscontos eroticos, aprendi desde pequeno com o padregostaria dever filha cupano apica do pi dorminocontos erotucos comi umad meninas que morava na fazendaconto erotico acampando com a filhaconto erotico da cunhada pegando no pauvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticosda secretaria viciou a dar o cu para o patraoelena senta na pica dura