Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHAS IRMÃS II

Fui limpar o chão com o papel higiênico, joguei um desinfetante para que, quando os meus pais chegassem, não notassem o cheiro no ar e logo depois fui tomar banho.rnEnquanto a água sobre a minha cabeça eu fiquei pensando no que havia feito e o tesão que havia sentido. Comecei a ficar excitado novamente e então desliguei o chuveiro, me enxuguei, vesti o mesmo short que eu estava vestindo e sai do banheiro. Não fui diretamente para o quarto, antes passei na cozinha pois queria tomar um café.rnAo chegar na cozinha tenho uma visão que me deixou meio tenso. Sandra estava debruçada sobre o balcão com a sua bunda grande e gostosa para cima e Érica estava de pé enquanto esquentava o leite.rnTalvez em outro tempo eu passasse e brincasse com Sandra como eu sempre fazia, mas algo já estava diferente, eu já estava diferente.rnFiquei na porta por algum tempo contemplando aquela bunda maravilhosa (me desculpem as mulheres magras, mas as cheinhas pra mim tem as bundas mais gostosas do mundo) e a calcinha minúscula que se desenhava debaixo da legging apertada. Não tive como me conter e comecei a ficar excitado novamente e então resolvi arriscar.rnCheguei por trás dela e a encoxei e logo em seguida dei-lhe um abraço e disse que estava morrendo de saudades. Senti aquela bunda pressionando meu pau quase como se estivesse nua aumentava ainda mais a minha excitação.Evidente que minha irmã sentiu a rola dura encostando nela e pra minha surpresa começou a empinar mais ainda a bunda e dizer também que estava com saudades.rnÉrica como sempre foi muito ciumenta disse que sabia que ninguém gostava dela e por isso não sentia saudades. Ela estava vestindo um babydoll curto, como sempre vestia e eu por impulso e sem malícia com ela disse que ela era a caçulinha preferida que nás a amávamos e que era para ela nos abraçar.rnEla veio em nossa direção e quando nos abraçou não teria como não senti minha pica que estava duríssima. Sandra a abraçava pela frente e eu a abraçava por trás quando ela falou:rn_ Mana, vc não sentiu nada te cutucar quando o Lucas te abraçou não?rnSandra riu alto e respondeu:rn- Claro que sim! E teria como não senti?rnElas começaram a rir e eu me afastei de Érika e Sandra percebendo a minha tensão disse que não era pro BB dela ficar triste, que elas não tinham ficado zangadas e que pelo volume que ela sentiu deveria ter um bom tamanho.rnEu respondi que meu pau era normal e que eu estava daquele jeito porque tinha acordado a pouco tempo.rnÉrika interrompeu enquanto eu falava e disse que normal não era, pois pelo que ela sentiu parecia ser grande e pediu pra que então eu mostrasse.rnSandra disse empolgada que Érika tinha dado uma boa ideia e que era pra eu mostrar pra elas que aquilo ficaria entre nás e que não tinha problema algum pois éramos irmãos.rnAquela conversa estava me deixando com um tesão danado e resolvi baixar o short. Como estava sem cueca meu mastro ( tem um tamanho normal 19cm duro) que estava meia bomba ficou exposto. Sandra olhava admirada e mordia os lábios enquanto Érika ficou sem reação.rnAo ver a cara de Sandra eu comecei a ficar excitado novamente e ele começou a crescer. Érika perguntava se ele ñ iria parar de crescer e Sandra dizia que eu tinha uma rola gostosa e ria alto.rnEntão disse que já estava bom, que elas já tinham visto, mas Sandra não estava satisfeita. Ela disse que queria ver ele bem duro, porém eu disse que não. Ela já estava tão louca que pegou no meu membro e disse que queria, que eu tinha que mostrar, pois nunca mais ela tinha me visto pelado.rnQuando ela pegou na minha rola senti uma descarga correndo pelo meu corpo e gemi. Érika olhava para tudo espantada enquanto Sandra começava a me punhetar levemente.rnSandra fazia uma cara de puta e falava com uma voz suave pro BB dela ficar bem duro. Ela já tinha perdido a vergonha, enquanto eu estava encostado no balcão da cozinha, me segurando para não cair e Érika olhava com um misto de desejo e curiosidade.rnSandra começou a acelerar enquanto dizia que minha piroca era um tesão e que Érika também deveria pegar.rnQuando Érika estava para pegar na minha rola ouvimos o barulho do portão da garagem. Eram os nossos pais que estavam voltando da missa e então eu vesti o short novamente e fui para o quarto, enquanto Sandra foi para o banheiro lavar a mão e Érika ainda parecia meio atordoada.rnCONTINUA...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha enteada minha amanteconto irmã peladinha dentro de casainiciando a filhanaturismo contosmulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandocontos eroticos flaguei minha mae dando também quis cumer sua bundanovinhas escoteiras abusadasconto erotico incesto casal estupra cunhadinhacontos de coroa com novinhocontos de incestos e orgias com minha esposa gravida minha irma nudistasConto erótico Viagem com minha mãe parte 2 Okinawa.ufa.rucontos eroticos gays e mendigoa nossa primeira vez no intimidades club contohistorias eroticas titio safado me dava roupas curtas de presenteContos eróticos incesto teens tomando banho com meu paicontos eróticos soco sacoContos eroticos sem calcinha estuprada pelo sadomasoquistaconto erotico dopadacontos de coroa com novinhocontos comedor de travestistranso com meu primo de primeiro grauwww.contos eroticos madrinha virgem da cu cagandoporra minha secretária tem a bunda deliciaconro erotico gay meu tio alopradocolocando a prizilha na bucetaconto namorado putinha dócontos eroticos meu amigo e minha mãechupando o patrão contos eróticosconto soquei a pica na minha enteadinha de dez aninhosViagem a trabalho contosContos de estupro na praiacontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelcontos eroticos o entregador me fodeu na piscinacontos a filha da minha namoradacontos amiga da sograconto erotico meu pai mim comeu enganadocomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestosParaíba putinhoContos eroticos para ler incesto abusandocontos comi meu irmao com o meu consolo grandao virou minha mulherzinhafotos porno mostrado xoxota pra bater acela puetaa primeira vez que comi meu amigoContos eroticos gordinha gostosaContos saindo melsinho da buceta da mamaemeu cuzinho desvirginadocontos gay meu amigo me ensinou a darpprn contos eroticos casada se prostintuindocontos senti cutucandosexocontoerótico do paicontos caralho grande baixinhaContos erótico, eu e a filha Lauracontos eu era enrabada toda noite pelo taradocontos eroticos de mulheres que fuderao com negroscomeu uma gordinha no onibus em viagem contos eroticosContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes bonitos de primaseu tava de short meu namorado ralou o pal em cima da minha bucetasem explicação safadinha contosConto Topless surpresaria gosa pra mincontos eroticos lesbicas cintaConto erotico netinha pedi pra o avo deita e esquentalo vizinho tezudocontos de incesto menininharelatos eroticos/ela pisou na cara deleContos eroticos .meti com sogroSou casada fodida contoComto erotico picanti de Padre lanbendo xanacontos crente seduzida cpzimhaSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticoporno quente doido cara lasca buceta com cucontos eroticos e minha mulher e uma amiga convencida a chupar bucetaContodeputacontos eroticos filho da minha vizinha amante maravilhosocomendo minha avo contos eroticosIsac e Hugo- Casa Dos Contos Eróticos |zdorovsreda.ruconto bundao hiper carnudocontos eroticos travesti sendo estrupadaviciei na piroca enorme e grossa do meu tio e sou um menino viadinho contoscontos eróticos seios devem ser mamadosconto erótica- meus amigos fuderam minha noivaassisti vídeo porno de mulher de chortinho curto depano fino ela dentro de casaMe comerao quando eu era novinha conto pornoconto erotico meu irmozinho me suprendendo com a sua primeira gozada da sua vidaperdendo o sele o selo do cucontos eroticos incesto vovô e titio me fuderamcachorro pinche lambe buceta e festaa pica do meu filho é enorme dei gostoso ate o pai dele deu virou viadao corno contoSempre passo o dedo no grelinho da minha neta