Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

RUBÃO E ANTERO COMERAM MEU PUTINHO

Rubão é um negro alto, magérrimo, com coxas grossas e forte, e disfarça um caralho enorme entre as pernas, que a gente sá percebe quando ele se liga no lance. Imberbe, com umas penugens no buço, embora já tenha quase 30 anos. Sou moreno e sou fisicamente o padrão brasileiro e me chamo Antero. Rubão é meu amigo de muitos anos, e confessou num desses papos de botequim, que não tem essa de não comer viado...se o pau se interessar ele leva direto para o abate... Achei que ele estivesse sá zoando e resolvi testar se ele foderia mesmo um viadinho... O bar onde estávamos, na Senador Dantas, é frequentado por gente de lojas, bancos e escritários do Centro, e uma ou outra vez sempre aparece um boiola e eu o desafiei, dizendo que se aparecesse um viado eu ia armar para ver se ele fodia... Mal falei, entrou um carinha, gordinho, que é frequentador do boteco e que eu desconfiava ser chegado a uma trolha... Aproveitei o lance para matar dois coelhos de uma sá vez... Cumprimentei-o com um “oi” porque sempre o vejo por ali, ele correspondeu e foi procurar uma banqueta já que o boteco no fim-de-tarde de uma sexta-feira, sempre está lotado... Enquanto ele se afastou, falei para Rubão “quero ver você encarar esse viadinho aí...” Rubão perguntou logo “Mas, ele já assumiu...” A verdade é que o cara não dá pinta, não é afeminado, mas algo sempre nos dizia que ele gostava de dar aquela bundinha jeitosa...acho que por causa de sua bundinha a gente achava que ele era viado...tinha uma bundinha interessante...de resto, era coroa, feio, não tinha cintura, troncudinho, descontraído - ele sempre acabava se enturmando com quem estava bebendo ao seu lado... Disse pro Rubão que eu ia tirar isso a limpo e que Rubão teria que enrabá-lo... Com seu jeito meio desengonçado de vagabundo de comunidade, Rubão disse que topava, mas eu tinha que pagar o motel... Combinei que Rubão fosse ao banheiro, ficasse de caralho bem amostra, que eu ia dizer ao baixinho que o negão queria mostrar uma coisa pra ele mas deveria ser no banheiro... Rubão fingiria que não sabia de nada, mas teria que ficar exibindo o caralho para ele...Eu disse pro negão que se fosse viado e gostasse, iria atacar ou se manifestar de alguma forma... Dito e feito, assim que Rubão foi pro banheiro, eu me aproximei do baixinho e dei o recado...o mictário era pequeno mas dava pra duas pessoas, lado a lado...Quando o carinha chegou lá, Rubão contou que ficou com o caralho a meio pau bem amostra, afastou-se mais para o canto para o baixinho, que depois disse se chamar Ayron, mijar... Ayron disse pra Rubão que não queria fazer nada mas que tinha ido lá porque eu mandara... Rubão disse que era sacanagem minha e emendou “Vai ver ele queria que você visse o tamanho do meu pau”... É um senhor caralho, de 23 cm(pode ser até bem menos, mas como todo mundo sabe, um caralho preto, grosso e grande sempre parece maior do que é)... Na hora, o cara saiu meio sem graça e eu que ficara guardando seu lugar, disse pra ele “ E aí, gostou?..” Ayron esboçou um sorriso e disse que nos éramos muito sacanas... Aproximei minha boca do seu ouvido, abraçando-o pelo ombro e cochichei... “Não é sacanagem não... Rubão está a fim de comer você mas queria saber se vc iria gostar do caralho dele, e por isso eu armei esse lance...” Ele olhou pra mim e disse “E quem disse que eu gosto de dar pra homem”... Falei “não sei, mas ele está parado no teu bumbum”... Rubão voltou e ficou perto da gente, e percebi que Ayron sentiu que o negão estava atrás dele...Aproveitei e falei novamente no seu ouvido que “ Se essa não for a tua, desculpa a gente, tá”, mas se você estiver a fim, poderíamos sair daquii e bolar alguma coisa... ( que na verdade eu já tinha bolado)... A idéia era ir pro Slip, motel na mesma rua... entraríamos os três porque eu queria ver se Rubão iria mesmo enrabar Ayron... O putinha esvaziou o copo, pagou a cerveja e saiu, sem dizer nada... Achei que tinha perdido o lance, mas resolvi conferir... Ayron estava a uns metros encostado num prédio, como se nos aguardasse... eu e Rubão encontramos com ele e já fui ordenando “vamos”..., a 20 passos dali, entramos no motel...pedi uma suite e dei uma grana extra para o porteiro deixar os três ficarmos no mesmo quarto... Ayron parecia mesmo receoso, embora não devesse estar...quando entramos eu disse para ele não se preocupar que eu não iria participar, apenas ia ficar olhando, se ele não se importasse....Você tinha que ter perguntado isso antes, né, bofe?! disse Ayron já revelando seu lado gay, embora não falasse afetado...Realmente não tinha intenção de participar... Ayron foi para o banheiro se lavar e Rubão foi atrás...o viadinho usou a duchinha para deixar o cuzinho bem limpo por dentro e pro fora e voltou nu... Rubão que estava no chuveiro, chegou junto, e deitou-se na cama com o caralho adormecido... Sem cerimônia alguma, Ayron começou a beijar aquele enorme cacete adormecido, que aos poucos foi mostrando o ar de sua graça, em poucos minutos, o caralhão de Rubão estava duro que nem um ferro, com a cabeça olhando pro teto... Ayron continuou lambendo, do saco a cabeça, num sobe e desce excitante, que comecei a também ficar com o pau duro...eu estava vestido encostado no frigobar para ver a foda... Rubão não aguentando a pressão daquela boca, forçou Ayron a enfiar todo seu caralho na boca...o caralho grande e grosso não cabia na boca do viadinho...mas ele tentava agradar o macho que queria o prêmio do seu cuzinho... Depois de chupar, mamar, sugar, Ayron ficou em pé na cama, de costas para Rubão e se preparou para sentar naquele caralho que já estava lubrificado com a saliva do putinha... parecia um mini lutador de sumô, com as mãos nos joelhos preparando=se para escorregar naquele caralho... Rubão gemeu de tesão quando a cabeça do seu cacete rompeu a barreira do anelzinho de couro de Ayron que também gemeu de prazer...em alguns segundo, devidamente ajeitado naquele caralho, Ayron começou a cavalgar no seu novo garanhão... Pra minha surpresa, ele falou para eu chegar perto...quando estava na sua frente pegou e desapertou meu cinto, abriu a braguilha e tirou meu caralho pra fora que já estava duro e começou a chupar meu cacete...E disse que ia foder a gente tanto, p´ra gente nunca mais nos metermos com quem a gente não conhecia... Era minha primeira vez com um homem.... Mas quem brinca com viado tem que amamentar... Ele enfiava meu cacete na boca, tirava, beijava, enfiava novamente, chupava, esfregava na cara, beijava apaixonadamente meu caralho, atos que eram alternados com seu sobe e desce no caralho de Rubão....Meu amigo disse que gostaria de gozar na boca do putinha, que adorou a idéia e se apoio em mim para desmontar do caralho de Rubão, virou pro cacete do meu amigo e começou a mamá-lo ficando de quatro com o cuzinho virado pra mim... Depois de chupar Rubão por alguns segundo, parou e me disse que não gostava que o cuzinho dele ficasse desocupado mandando que eu o enrabasse também... Separei suas nádegas e pude ver uma tatuagem que ficava sumida entre elas e não acreditei no que estava escrito: casa do caralho, de um lado, e do outro, “entre que a casa é sua”... Um convite irrecusável... Meu pau é bem menor do que o de Rubão, acredito que tenha 19cm...entrou direto naquele cuzão alargado pelo caralho de Rubão, mesmo assim pude sentir o cuzinho de Ayron aconchegar meu caralho com carinho, como verdadeiro profissional... comecei a bombar aquele rabo, quando Rubão gozou abundantemente na boca de Ayron que se deliciava com seu leite... Acelerei um pouquinho e cheguei ao climax... continuamos brincando, rolando e fodendo o putinha mais um tempo e depois saímos todos felizes... Na segunda seguinte, Ayron confessou que estava sentando de ladinho porque seu bumbum ficara dolorido, mas ainda naquela semana estariá disponível para nossos caralhos e instintos de arrombadores saciarem seu cuzinho guloso...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


boqueteira gaucha contome vesti de mulher e uma travesti me comeuconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhao inquilini tarado conto gaycontos a mulher policialminha cunhada quis que eu a visse nuacoleguinha liberal gay contospai quero atencao contos eroticosconto enfrentando um pau grossocontos eróticos gays a primeira vez com 24 anoscorno obrigado a chupar pica contocontos eroticos me arromboucomentário de. mulher que ja a buceta pro donzeloWwwcasa dos contos meu marido e rasistaconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******a puta mulher do meu irmão contos eróticoscontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosContos eroticos peguei a manaminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionou"estuprarem" contos eroticoscontos eroticos fudendo a mae travestiler relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludasconto erotico gay: meu amigo japa dotado rasgou meu cucontos eroticos me emrrabaram no escuro da barraca ao lado d maridoporno mulhe bebada da para minino memo didademoranade bct Grande batendo um pra amiga Contos inserto com as subriasme apaixonei pelo um bandido conto heroticoas rola de pratigo na bucetasou travesti eu tirei a virgidade da minha amiga ela chorouViadinho Na Africa Contos Eroticosconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadocontos eroticos gatinhasContos de deu o cu por drogascontos de no dedinho do padrinhoContos entiadas apanhando para submeter ao sexowww.porndoido.com.be/tio esfregando cabeça do pau na buceta novinha dormindocontoscontos porno os amigos de papai fuderam mamaeSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos com amiga baixinha e gordinhacontos eróticos gay putinha pedreiroscontos a pequena taradinhaArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contoscontos de chorei com a pica grande no meu cuzinho apertadocontos eroticos viadocontos esquentando a relaçãoconto gay minha madrasta me viu vestir as calcinhas delacontos/meu primeiro broche e fodaokinawa-ufa.ru chantageadaconto de comi o cuzinho da minha neta com a pica grandemulher deficient sendo arronbada pelo negaocontos eroticos com estorias ocorridas na infancianovinha quero ver voce cimasturbando hoje olinebotando caralho no cu do bebadocontos sexo minha mulher sua patroaconto fiquei pelado na frente da médicanoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos eroticos gays bem recentes ocorridos no rio de janeiroContos dei para meu filho roludocontos eroticos comi meu irmao rosinhaex cunhada putavidios mulheres pelada mais o amigo e diz a ele pra bater ponheta na boca dela e derama galapornodoido garota pequenA seguanndo pau grandeContos-esporrei na comida da cegaUm tubinho uma menina virgem pode aplicar com ele dentro do burraquinho da vagina ou nao?contos eroticos meninas filhinhas subrinhas priminhasconto erotico velha so trepa com novinhoContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhcache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html puta do meu funcionário contoconto erotico dopei minha filinhacontos eroticos familia unidaconto erotico perdendo a virgidade com o porteirovou contar como realizei minha voltade de trepar com dois e der duas rolas na bucetacontos de coroa com novinhoComtos casadas fodidas pelo patraoconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhascasas dos contos Eróticos Genros Mais lidosconto erotico mulher sendo ordenhadacrente carente de porra na bucetaconto erotico gay com cunhado velho coroa grisalhoCíntia irmã de JohnnycontoseroticosiConto comi a garotinhaMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticoMe comeram ao lado do meu namoradoMulher negra fodendo com o sogro contosMamando rola na escola contoseroticoscontoseroticos de menina adolecentetransando com homem maduro e bem dotadoMinha esposa arregaçadascontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos eroticos nas prostitutas com mendigosconto erotico dona de casa dominada conto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombou