Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA FODA NO PRÉDIO, E COM PLATÉIA

Ola. Moro em uma pequena cidade do interior. Tenho 1,73, corpo tipo magro forte, pele branca, cabelos negros, olhos verdes e uma ferramenta abençoada pela natureza. O fato que vou contar é mais uma de minha aventuras no mundo do sexo e ocorreu há pouco mais de um ano. Um dia vi uma linda ninfeta numa loja de roupas aqui perto de onde moro; uma gata, loira, um pouco baixa, seios pequenos e apontados para frente, bunda grande e empinada que sá de olhar fiquei de pau duro. Me aproximei e conhecia a garota. Ficamos varias vezes e o négocio tava começando ficar quente. Ela era tão gostosa que sá de encostar nela meu pau subia que parecia que ia sair da calça de tanto tesão, as vezes até ficava com vergonha porque as pessoas em volta percebiam o volume do bitelo. Ela também sá de me tocar já ficava com a bucetinha toda encharcada. Certa dia fomos a uma festa num clube e nos esfregamos a noite toda. Levei ela para um canto do salão e torava a mão na bucetinha molhada dela por de baixo da saia; merdia o pescoço; ela pegando no meu pau; me espremendo na pareda na maior putaria gostosa, tanto que gosei dentro da cueca em pé ali mesmo. Doido pra meter minha pica na bucetinha daquela lorinha caliente, ja no fim da festa, tive uma idéia. Logo em frente onde estavamos tinha um prédio onde um primo meu morava e como peguei amizade com os porteiros nunca tive problemas pra entrar lá. Peguei aquela delicia de mulher e pra la rumamos. Como o predio era em frente à festa, a galera que morava lá tava toda no hall fazendo a maior bagunça. Entrei com a gata e a arrastei direito para o banheiro que havia ali no hall. Fechei a porta mas num tinha chave. Até ai beleza. Agarrei a gata e começei a lamber seu pescoço, descendo para seus peitinhos durinhos como pedra. Levantei a sainda curta daquele tesão de menina e vi uma calcinha minuscula, fio dental. Mais q depressa virei ela de costa e passei a lamber sua bunda com todo meu tesão, passando a lingua no meio do seu cuzinho. Ela já gemia de tesão, toda molhada, eu chupando seu cuzinho e metendo dois dedos na sua bocetinha de pelinhos lorinhos. De repente, quando olho, a porta do banheiro tava meio que aberta, pois eu nao tinha visto que além de nao ter chaves ela tambem nao estava fechando. Foi aí que a adrenalina subiu ao topo do tesão. O hall do predio cheio de gente que com certeza ja tinha percebido e talvez até visto minha festinha particular. Com um pé passei a segurar a porta encontada e sentado na pia a gata passou a me pagar uma chupeta fantástica. Chupavas das bolas até a cabeça do pau com maestria. E eu segurando a porta com o pé e doido de tesão que as vezes até esquecia da porta e quando via ela tava meia aberta. Novamente mandei o pé na porta, coloquei aquela deliciosa sentada na pia, meus braços arreganhado suas pernas, puxei aquela calcinha minuscula de lado e mandei meu mastro no coro pra dentro daquela bucetinha que tava tão encharcada de tesão e adrenalina que escorria aquele leitinho gostoso. E comecei a mandar a pica com gosto mesmo, vendo meu mastro devassar aquela bucetinha bem depiladinha e com pelinhos lorinhos. Enquanto mandava o pau pra dentro chupava seus petinhos, ela mordia meu pesçoco me chamando de cachorro, tesudo, gostoso e gemendo de tesão. Eu ja louco, não aguentei de tesão quando ela gozou no meu pau. Na mesma hora que tirei ela da bucetinha dela mandei um jato na parede do banheiro segurando meu mastro com uma mão e com a outra continuei na bucetinha dela, que descia tanto tesão que nessa altura eu ja tinha esquecido da porta, que ja tava um pouco aberta ha tempo. Ela tambem perdeu a noção do perigo o quase que gritava de tesão gozando no meu pau. Depois que gozamos eu novamento fechei porta, lavei o rosto, nos recompomos, ela penteou o cabelo e saimos do banheiro. Eu todo molhado, pingando suor e ela com a roupa toda amarrotada. Quando o pessoal do hall olhou percebi que todos ficaram quietos, as meninas com a boca aberta e alguns carinhas com um volume na calça, todos sem dizer uma palavra. Foi ai que eu tive certeza que nosso foda foi assisistida de camarote. Saimos do prédio e fomos embora em extase! Depois dessa ainda fizemos varias outras loucuras, que talvez eu conte em outra oportunidade. Até a proxima aventura.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto coroa n**** pediu gay namoroconto real casada moro na casa do fundoawww.conto fudeno mulher q fas cafezinhomullber mostrando cabasinhocontos tio no carrocontos eroticos meu padastro mim estropo no onibuscontos comi uma cabritinhaconto erotico engoli 1 litro de esperma no vestiarioContos eroticos meu neto pirocudobolinei minha cunhada por baicho da mesa videoconto erotico tentei comer o cu delaConto de vadia explorada por muitos machoscontos eroticos fudendo a mae ño campismomeu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu macholeitinho do padrinho contos gaycontos encesto mae coroaconto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeuDei meu cu gay pro seguraca do meu paiuma médica v**** chupando pinguelo da pacienteesperma do meu filho contos incestoscontos de negão advogado comendo loira clientemeu irmão me comeu conto gaycontos afastei a causinha da mamae enguanto ela dormiaContos erotico uma cadela para toda matilhaConto lésbica depilado a cliente safadacontos eroticos engravidei uma novinha faveladaclassificados evangélica procurando cornoa velha e o pedreiro contos eroticosmeu shortinho seduziu meu filhocontos eróticos professor e alunacontos enrabado na saunacontos erótico esposa assediada no camarote do showa punhetinhas do moleqe novinho contos eróticoContos eroticos primeira vez no puteiroconto erótico vesti uma cinta liga pro papaiconto marido corno vendo daniela fyder com negaocu de bebado não tem dono contos eróticos gaymulher madura em casa fazendo faxina bem à vontade sem roupa ou com roupa calcinha transparenteminha novinha tarada contoputinhas de quinze anos xexo uricuiaConto meu tio me fez mulher com seu pau enorme.conto me vingando do namoradocontos eróticos comi minha filhacontos eroticos comi amiga da minha irmacontos porno sou puta dos meus cachorrosminha sogra e meu sogro me convidou pra sexo a tres verídico contocasa dos contos eróticos jogo seduçãocontos esposa bi sexual marido sortudonoite maravilhosa com a cunhada casada contoscleide chupou ate gozarcontos eroticos zoofilia aparelho coletacontos vi pai xupando pauComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhoeu confesso incestocontos eróticos lésbicas casada vira escrava da vizinhaconto erot o cavalo do meu sogro me machucougozando pelo cu contos eróticoscontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no colocontos eroticos de enteadasMulheres se jutao para fazer xexo contoscontos eróticos com vizinhacontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigobaixa vidio mulher esfrega buceta na boca homem e solta porra na barriga delecontos vizinha feiacontos eróticos meu comeu esposa dele e a minhacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de coroa com novinhocontos eroticos estuprada e gemendo gostoso issooo vaiiii nao paraContos porno minha noiva bebadasardentinhas ninfetascontos eroticos ninfeta al climaxconto erótconto lesbicscontos eróticos insertos tiaXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanheroFamília contos eróticospadrinho enchendo a boca da afilhada de muita porracontos eróticos dormindo na casa do namorado depois de uma festazoofilia ela casou com negao mais quando viu o tamanho do pau enorma dediu ajudaa maefoto de mulheres que traem os maridos de Hortolândiaconto erotico menina novinha fui morar com meus avos e virei putavvidos de muler co casoro. fudemocontos de corno. bipassivoscasa dos contos mae e filha xupação de bucetacontos meu primo me comeudormindotava de sunga gozada no clube contosBrincadeira na piscina com meu irmao poran vedeosaventuras com travesti Portugal contoconto eróticos do sobrinho do meu maridolevou boquete da irmã caçula dis que gosta de chuparconto eroticos garoto pede carona e e estupradoFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carro