Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O ENCONTRO (PARTE 2)

As tetas duras e jovens de Marta convidavam mesmo a uns beliscões fortes. A boca do estranho estava a deixá-la toda marcada de chupões, o que ainda a excitava mais, ser marcada assim pelo seu senhor! A sua cona transbordava de tão molhada, e o cheiro a sexo naquele quarto de pensão formava um miasma quase visível. Uma palmada nas nádegas faz com que Marta abra os olhos e veja o seu amante que lhe exige que se mexa, que rebole, que o aperte com a sua cona jovem e encharcada até que o faça gozar. Então, surge o pedido tímido "podias gozar sem preservativo?" O amante, sabendo bem o que ela quer, decide humilhá-la um pouco mais. "Queres ir ter com o corninho do João com a cona suja da minha porra? É isso, minha puta? Queres mostrar ao teu corno o sabor da minha porra?". Ela, timidamente, envergonhada, e ainda mais excitada, faz que sim com a cabeça, enquando que com a cona lhe aperta o caralho duro.

"Minha puta suja, e achas que vou colocar o meu caralho desprotegido nessa cona porca?"

Ela abranda, e enrubescendo ainda mais, retira um envelope da sua mala de mão.

"O que é isto, então sua grande vaca, sua porca, fizeste exames para me sossegares? E o corno, fodeu contigo depois dos exames, ou tem feito como vos mandei?"

A voz quase não sai "não voltámos a foder desde as fotos, os exames foi para estares à vontade e me poderes foder sem preservativo", mas a cona não pára e o rabo de Marta rebola em cima daquele caralho. "És uma bela puta, e o João um corno submisso... Ok, tira-me a camisa, e se me conseguires engolir todo encho-te a cona com a minha porra. Pelo menos tomas a pílula, não?"

Marta desmonta a custo daquele caralho que a preenche de forma tão completa. Toda a aparente frieza e os insultos do seu amante estavam a fazer com que ela entrasse num mundo sá seu, se sentisse mais fêmea e mais sensual que alguma vez tinha sentido. João ia adorar a descrição do encontro, isso ela também tinha a certeza. Será que o seu dono deixaria que fodessem de novo, ou ia continuar a exigir que não se tocassem?

O caralho encostado à sua boca fez com que ela voltasse à situação actual. Assumindo o desafio, abriu a boca ao máximo e sentiu aquele caralho duro entrando até à garganta. Era extremamente excitante ver a cara de Marta, submissamente engolindo aquele caralho grosso, começando a ter náuseas. Nada que o fizesse parar, antes pelo contrário, já conhecia a sua necessidade de ser forçada e humilhada. Segurando-a pelas orelhas, conseguiu enfiar o seu caralho todo naquela garganta obediente. As poucas náuseas que ela ainda sentia faziam que a sua garganta fizesse maravilhas no caralho do seu amante. Antes que gozasse, ele resolveu cumprir o prometido. Tirou-lhe o caralho da boca, colocou-a de quatro na cama, e admirou um pouco aquela cona molhada e aquele cuzinho rosado. A excitação de Marta era tanta que tinha as coxas completamente molhadas pelos seus sucos, e até o cuzinho brilhava de tão húmido. Ele não podia resistir a provar aquele sabor, e com a ponta da língua recolheu algum do seu mel. Ela estava tão excitada, que sá sentir a lingua a lamber do seu cuzinho até ao clitáris fez com que gozasse de novo, mordendo a almofada para abafar os gritos. Quando recuperou, já estava de novo preenchida por aquele pau duro e saboroso, que a enchia como o caralhinho do João nunca tinha conseguido. Sentindo-se a mais baixa das rameiras, ela pediu que a fodesse mais forte, que lhe espancasse as nádegas brancas, que a fizesse sua propriedade. As palmadas não se fizeram esperar, deixando marcas vermelhas e aquecendo ainda mais aquela fêmea no cio, que gozou mais uma vez e ainda mais forte quando finalmente sentiu outro caralho despejando porra na sua cona sedenta. Aquela mangueira que lhe lavava o útero parecia que nunca mais acabava, até que finalmente o seu amante a largou em cima da cama. Mal Marta teve tempo de respirar e já estava o seu dono a apresentar-lhe o caralho temporariamente mole aos seus lábios, para que ela o endurecesse de novo. "Vá, mostra que essa boca de puta serve para algo mais que para gemer e pedir! Sabes onde este caralho vai entrar a seguir."

(continua)

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos adoro ser cornocontos abusadoFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasContos erótico,comi a minha ex mulhercontos eroticos nupcias mete amorcontos eróticos comendo minha patroaconto etotico xota da tiacontos virei cadelinha assumidiConto erotico sou uma coroa vadia e garotocamiseta sem calcinha. contos de casada.cdzinha dedos no cu esposa contoconto erotico humilhei meu maridonamorado bi namorada puta estria conto erótico bissexualcontos eróticos de bem dotado estuproconto erotico amigo bebado mulher carentecomendo i gozano deto da negá no salão de carnaval 2017contos de casadas quer menagebem novinha virgem chorando najeba gigante contosconto erotico incesto sonifero filhaconto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradacontos de coroa com novinhoMeu irmão chupa minha maeconto Negão comeu a mulher do cara para pagar a dívidaconto sexo de madrasta fazendo fio terra no entiadocontos erótico putinha de zonahttps://googleweblight.com/i?u=https://tennis-zelenograd.ru/mobile/conto_14575_primeira-troca-2-parte.html&grqid=IPyLPHEA&s=1&hl=pt-BR&geid=1043contos de loiras c****** trepando com negão estrangeiroconto erótico meu dono colocou um alargador em.mimcontos eroticos me fizerao meninaconto erotico tia putacomo perdi o meu analContos eroticos quero ver essas tetasconto de encesto meu pai ficou empotentecontos/ morena com rabo fogosocontos eróticos gay depilação entre machoscontos eroticos enganada e oferecida pelo maridometo pau duro na boca da tia dormindo sonoconto a vizinha tetuda casou mas seu casamento t maumulher com contracionar peladafoda louca na empregada até o orgasmocontos ela gozou no meu dedo no metrôcontos eroticos tomou toda porra da linda travesticontos eroticos nifeta d loja rjcontos eroticos incesto peito com leitecontos eróticos minha prima foi dormir na minha casacontos eroticos gay com meu professorcontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaoDei meu cu gay pro seguraca do meu paipeguei um menino pra comer minha buceta velha contosinquilino viu as minhas calcinhas contos eroticocontos eroticos casais falando putaria fantasiando outrover tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindoconto gay estupradoconto erodico de entiada evangelicacontos eróticos de gay comi a bunda do irmão do meu colegaconto gay amigo do meu paisubrinho ve tia fazendo sexo araz da portaSobrinho da Academia tia gordinha conto eroticogay negro bebado sente pora escorrendo no cuconto dominadora comi a bundinha dele novinho enfiei o dedocontos eroticos q bocA e essa desse baianosou casada quero homem pra micomeconto eridico puta velhaabri vede. sexoavivo. ......... . gstosasodopei o.garoto contos gayseu sou solteiro eu sempre eu tive vontade de fuder o bucetao e o bundao da minha sobrinha de 19 anos de idade eu tava no meu carro com a minha sobrinha eu levei ela pro motel conto eróticocorno ver mulher gemendo dando cu aoutro casa dos conto eróticosconosco toma a porra de. macho na. bucetaconto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salaescravizando minha funcionaria conto eroticosou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anoscontos eroticos comadre angela trepando com doiscontos eroticos que corpasso ,bunda coxas grossasboqueteira gaucha contoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos meu espooso come minha buceta e outro come meu cucontos erotico o menino eo meu maridocontos eróticos de violênciaconto erotico menina de shortinho marcando a bucetaFamília contos eróticospelinhocontosContos eróticos curraram a mamae no onibus lotadocontos eroticos virgndade molequecontos eroticos pica grandeviadinho boquete na escola contomeninas deixando gozar nos seus chinelinhos havaianas