Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUNHADINHA GOSTOSA

Isso aconteceu a uns 4 anos, eu tinha 19 e namorava uma mulher mais velha, Tatiana, tinha 22 anos, ela foi minha primeira mulher e eu era apaixonado, mas ela tinha uma irmãzinha, coisa mais linda desse mundo, Tamires, 19 anos 1,45 45 kg, os seios já bem pontuados, coxas ainda a crescer e uma cinturinha afinando, um tesão, um dia, viajamos pra casa na praia do meu pai, iríamos sá eu e a Tati, mas a Tami forçou-nos a levá-la, quando ouvimos que ela ia olhei para ela, e para meu espanto, ao invés de vê-la feliz, vi uma cara de excitada, por sinal ficava igual a irmã quando nás transávamos, ela me olhou como se quisesse me despir, mas rapidamente desviou o olhar.

Na praia ficamos mais amigos, passamos as férias de verão lá, minha namorada recebeu um chamado do trabalho e disse que teria de voltar, mas pedimos pra ficar e ficamos lá, ela voltaria no dia seguinte. Na noite em que ficamos sá eu e a Tami, choveu muito, e tivemos que ficar dentro de casa, mas não havia problema, aluguei uns filmes e fomos ver, sentei no sofá com o cobertor e a Tami estava na cozinha, quando veio com a pipoca, fiquei literalmente de boca aberta, ela estava com um pijaminha fino, que dava pra ver aqueles seios rosadinhos, o short que ela usava mais parecia uma calcinha, de tão curto, aquelas coxas lindas e macias estavam arrepiadinhas pelo frio e ela veio rapidamente para baixo do cobertor, senti aquela pele macia roçando a minha, quando ela se mexia seus peitinhos me tocavam, e não resisti àquela tensão sexual e acabei ficando excitado, ela "acidentalmente" esbarrou na minha pica e olhou pra mim na hora pensei "agora ferrou tudo, ela vai contar pra irmã", que nada, ela me olhou de baixo, e quando eu me preparava pra explicar ela me beijou, um beijo quente e muito saboroso, nossas línguas pareciam que se amarravam, enquanto ela me beijava sua mão encontrou meu pau, por baixo da bermuda e ficou punhetando ele, aquela mão pequena segurava meu pau vigorosamente, como não querendo que ele saísse dali nunca mais, parou de me beijar e entrou no cobertor, colocou aquela boquinha maravilhosa no meu pau e chupou, sua cabeça subia e descia e sua língua girava na cabeça dele, ela foi me levando a loucura, e quando parecia q eu ia gozar ela tirou a boca, olhou nos meus olhos e disse "ainda não, antes você vai me fuder", tirou sua roupa e se apoiando na mesa da sala ficou com a bunda na minha direção e vi aquela xaninha lisinha, fui de encontro aquele buraco quente, e meti minha língua com toda a vontade, ela gemia que nem uma puta e rebolava, não acreditei que nunca tinha transado, mas olhei pra sua buceta e vi o cabaço ali, aí meu tesão ficou no último grau, chupei ela com mais vontade, minha língua ia até o seu cuzinho e ela gritava dizia "me come seu filho da puta cafageste, trai minha irmã comigo, me faz seu brinquedo" não aguentei, levantei e coloquei a cabeça do pau na xana dela, e fui forçando, ela grunhia pra segurar a dor, e disse pra mim"põe de uma vez, enterra até as bolas", e com um urro, me forcei contra ela, senti a cabeça do meu pau tocando o útero dela, e ela gritou, seu grito ecoou pela casa vazia, e senti minhas bolas tocando sua pélvis, continuei bombando aquela buceta e ela chorava de dor, meu pau era muito grande para aquela bucetinha jovem, ela chorava mas pedia "não para, me faz sua cadela me bate seu cachorro" enchia aquela bunda de tapas, e ela gritava em cada tapa, gritinhos agudos que me enchiam de tesão, ela falava, "pode gozar, ainda não menstruei, goza nessa criança que sá tem olhos pra você", ouvindo aquilo fui ficando loco, senti a porra vindo, e gozei, gozei até vazar gritamos juntos e senti ela gozando comigo, tomamos banho juntos e transamos mais uma vez, minha namorada nem desconfiou, apenas achou que a irmã estava diferente, eu namorei a Tati mais um ano, e nesse ano muita loucura entre eu e a Tami rolou, mas vocês sá vão saber o resto se meu conto for bem votado

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


historias verdadeiras de maridos que fragaram as esposas dandocontos menina menor calcinhagostosa com sainha rodadinha e muito curta e homem passando a mão na buceta delacontos eroticos meu marido sempre soubeconto gay de pai com vaqueirogay negro bebado sente pora escorrendo no cuContos fiquei bebada e pedi pro meu marido me levar no puteirosempre dou uma escapadinha contosconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casacontos elas gostam de chupar e punhetacornoscontoseroticoscazal gay fudedo gostoso ao vivoconto erotico fodendo a michelecrente velha chantageada contos eróticos conto o Pastor me comeucontos eroticos padrestranzando com tua irmã durmindoHistorias erosticas viadinho dano o rabinho para o policias e chora d dorDesvirginando a sobrinha de 18 anosprima madura solteira na casa de praia contos eroticos pornopirulito do titio contos eroticosconto eroticos segredo de homens casadorelatos de um negao roludo me estuprou e me desvirginoucontos porno sou putinha pra minha mae no puteiro da familiaminha irmã no meu colo contiscontos eroticos corno e amigo mesmcontos Eroticos com Robertacontos porno obrigada engolir porra com muito nojominha prima e uma jebameus sobrinhos conto erotico gayporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhoconto erotico de esposa de bunda grande com o gordocontos eróticos trai meu marido numa rapidinhacontos eroticos casal com amigo dotadosai do nordeste e virei puta pra dar o troco no meu maridoContos com belas picasA amiga da minha irma contos eroticospintao d meu filho conto eroticcontos eroticos segundas intençoesconto erotico eu era virgem mas o pau erafinocontos eróticos de famílias pela primeira vez participando da praia de nudismocontos meu pai me seduziuContos eroticos forçada a dar para um.cavalo na fazendacontos eroticos casada e comida por traficantescontoporno enfiei bananaconto erotico de shortinho com a buceta inxada na casa da vizinhaContos eroticos gosto que minhas tetas estejam vermelhas de tanto macho chupandominha amiga me levou p suruba contos eroticosloiro do olho verde me fazendo um boquete gostoso perto da piscinaLambie o cu da minha esposaomen nao quer essa gostosa para transar nao so pra arronbakkkcontos eroticos dando para o cunhadocontoseroticos meninicecontos de menininhas sentando no colo de homensdando a buceta na maquina e quase morrendocontos eroticos gay aprendi pra que serve minha bundadeflorar pau grosso punheta enteada contoscontos eroticos sentei no hugocontos erotico gay fofinho dengosocontos eroticos peguei minha namorada com outro e participei chupandomarido viado hormonios femininos conto eroticomeu maridinho dormiu trepei rolonacondos erodicos vizinho lindoconto quente minha esposa deu para o mendigoquero seducir minha sogar para fudelacontos eroticos amiga seduz sua amigacontos porno gay sobre conhadoscontos putinha do matagalcontos transei com velha e buçetudaarombando o cu da madastra virgem sexo quando passo o dedinho no meu cu fico com abuceta toda babadaminha iniciação gay contosminha esposa faz questao que eu veja ela com outro em nossa cama e depois chupe ela toda esporrada videosviajei e transei no onibus marido corno assumidoConto da prinha na primera transacontos eróticos de chantagem reais com fotosContos eroticos com animaispriminha cospido leitinho do pauconto porno mulher adora novinhopapai deu banho e colocou o dedo npepeka d filhinha conto eroticoDei meu cuzinho- conto ii relatoscontos heroticos comendo a vendedora de trufascontos a mulher do meu amigo queria um pau grandecontos comi a vendedora de da avoncontos eróticos de enteadaMinha filhinha conto eroticoconto meu vizinho travesti comeu meu cuconto gay hetero em exame de prostatacontos esposa evangélica e cunhadadedada esposa corninho rindo otário contoconto traição sobrinha recém casadaquando era pequena mamava na pica do meu tiocontos eroticos enchi a boca da ninfetinha de porraconto erotico me encoxaram no futebol