Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GOZADA E SACIADA, MAS NÃO ARREPENDIDA

Tudo isso que vou contar ocorreu em um fim de semana durante a visita de meu filho.

Meu filho é militar, estudante da escola naval e de vez em quando vem passar o fim de semana comigo e com meu marido. Naquela data em especial, ele viria pois seria o aniversário da minha cunhada e nos iríamos na festa. Antes de vir, ele questionou a mim e a meu marido se poderia trazer um colega que morava no Nordeste e não tinha para onde ir no fim de semana e eu concordei sem problemas pois não faltraia espaço em nossa casa pois moravam apenas meu marido e eu.

Fiquei muito animada com a chegada do Nando (me filho) e tratei de providenciar para que fosse um fim de semana bem agradável. Pedi que limpassem a piscina e organizei um pequeno churrasco para o dia seguinte (sábado). Quando Nando e Jaime (seu amigo) chegaram, eu me fiquei surpresa. O rapaz, apesar de ter a idade de meu filho, parecia ser bem mais maduro e sério. Não pude deixar de reparar nele que era um morenaço bem corpulento que faria qualquer mulher tremer. Fiz o possível para não demonstrar isso para ele, mas tenho certeza de que ele percebeu e no dia seguinte isso apenas se confirmou...

No dia seguinte, sábado de manhã, comecei a organizar o churrasco e convidei os rapazes para ir à piscina mas o Jaime recusou alegando não ter sunga de praia. O Nando decidiu emprestar para ele que voltou logo depois com uma sunga branca e apertada que realçava que ele devia ser extremamente me dotado. Me controlei e fiz o possível para não olhar aquilo mas ficou impossível de não olhar aquele homem. Além de ter sido abençoado co uma generoso volume entre as pernas, seu corpo era esplênido. Seus braços eram fortes (sem excessos) e seu peitoral era bem definido. Algumas vezes me pegava contemplado aquele Deus em seu esplendor. Ora, eu era mulher, apesar de casar e amar meu marido eu tinha minhas necessidades e aquele rapaz mexia com cada um delas. De repente ele fez algo bem audacioso que fez minha libido ir ao céu. Lê passou por detrás de mim, me tirou um sarro delicioso e me disse “Ta gostando do que está vendo, se quiser não precisa apenas ver..”. Essas palavras foram suficientes para me dizer o que eu deveria fazer...

à noite, quando chegou a hora da festa, pus me plano em ação e não foi difícil convencer meu marido e meu filho que estava com enxaqueca e assim fiquei em casa sozinha com Jaime, que já havia se recolhido. Quando eles saíram fui correndo colocar um penhoar vermelho para ir seduzir Jaime. Tive muito receio por um minuto, mas para minha surpresa foi ele que veio ao meu encontro. Usava sá uma samba-canção e via-se que ele estava bem excitado. Eu olhei para aquilo e ele me disse para pegar e eu obedeci e comecei a bater uma punhetinha para ele que gemeu de leve. Eu comecei a beijar seu corpo lambendo levemente o mamilo dele e passando minha língua bem de leve ao chegar naquela pica maravilhosa. Eu abocanhei aquilo com uma fome e comecei a chupar alucinadamente enquanto ele guiava minha cabeça querendo fazer sua pica ir até minha garganta. Ele me xingava e batia no meu rosto com seu pau e eu o lambia todo e como era bom sentir aquela rola cabeluda em mim. Continuei a chupar, mas aí ele quis me penetrar e pediu que cavalgasse em cima dele. Estava adorando aquilo e subi e montei no mastro que parecia me rasgar toda por dentro e gemi de dor mas fui em frente e aumentei a frequência dos movimento. Ele queria muito gozar mas estava se segurando.Continuamos assim por alguns minutos e ele me comeu de quatro. Era tudo muito bom sentir as bolas deles batendo em mim. Ele perguntou se já tinha dado meu cuzinho e eu disse que não e que tinha medo. Ele parou e me disse para não sair dali mas voltou em poucos instantes com um porte de manteiga. Nossa ele iri me arrombar com aquilo! Eu tentei recuar mas ele não deixou e foi um pouco grosso comigo e mais uma vez me xingou e apesar de gostar estava com medo. Ele lambuzou minha bunda com manteiga e começou a enfiar no meu cu. Nossa como doeu no início e não pude conter um grito mas ele me mandou morder o travesseiro e foi o que fiz enquanto ele me arrombava. Enquanto me fodia por trás ele me penetrava com um dedo e eu, apesar de sentir dor, delirava de prazer. Nunca gozei tanto na vida.Eu estava tonta de prazer quando ele parou e ficou de frente para mim pronto para gozar. Jorrou toda aquela porra na minha cara logo recobrei os sentidos e tratei de deixar aquela pica bem limpinha. Ele gozou ainda mais na minha boca e soltou um gemido de total satisfação. Estava ali, nua, gozada e saciada mas nenhum pouco arrependida. No final tomei um banho e voltei para meu quarto mas combinamos de que ele poderia vir sempre na minha casa quando quisesse...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos mandei meu filho mete no meu cuzaomeus tios comeram as camareiras do hotel conto eroticocontos eroticos de empresarias no hotelcontos Praia de nudismo.Eu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticoconto erotico mae zangadaContos comi a mulher de amigo bebadaContos eroticos estupros coletivos veriticosMinha noiva exibida e gostosa na academia - Contos Eróticosmeu filho me fodeu com raivacontos eroticos com a velha vizinha cabeludacontos madre superiorasnovos contos eróticos entre namorados dpduas lesbicas se trepando uma ta em cima da cara da outra chupando de vagatinhoconto erotico pinto pequenoconto sexo de madrasta fazendo fio terra no entiadoamigocontoseroticoscontos eróticos vi meu vizinho transandoo pai da minha amoginha me comeu contoscontos eroticos meninas filhinhas subrinhas priminhasestorei o cu dela contoContos enganei minha esposa vendei ele eo meu amigo comeu elaArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticoConto gay com cantocontos eroticos currada garganta profundacontos eroticos lesbica chineladassafadezas da adolescência contosconto erótico mulheres teve coragem sexo cavaloscontos eroticos com mendigoapalpadinha na bunda.contocontos eroticos orgia nudistaconto porno teen gay free mulato favelaGozei no pau do meu irmão dormindo contosrelatos eroticos forçadocontos e vidios de patroes sendo fodidos por empregadas tranxessualContos Sexo teen amador Menino Novinho gay Fazenda Do tio peão banho no cavalodeu sonífero para comela prnoele ela conto erotico japonesa casada e a reforma da casavideo de homens nu de pau grosso e barriguinha salientecontos eroticos gay os adultos me dizia filhinho vai chupa é o pirulitaocontos:meu pinto endureceucontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhacontos encoxando o amigo casadobuceta velha contosconto erotico exibindo pro filhopassou a pamadinha e epurrou no cu da esposanao queria mas fui obrigado a foder a novinha contoscontos eroticos com objetoscomi minha sograegozei na bocar delaele falou que ia me deixar se nao me entregasse virgindadevirei puto do bar conto gaypelado com uma travesti contos eróticosCego sexo sabo buceta bomnovinha viuva sem ver um pau por varios dias se assusta ao ver o do sobrinhoMeninas virgem estuprads pela zeladoreu adoro meu macho zoofiliaconto no cuzinho da Madameminha tia querida bota roupas curtas e eu fico com tesão doido pra comer ela mais tenho vergonha o q façocontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazcontos eróticosprimosmeu marido nao sabe o que sou capazContos eróticos enteada larissa viajarcontos eroticos eu minha esposa e Lu nossa melhor amigacontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erótconto lesbicsme cumera porque tava sem calcinha negros cotoscontos eròticos um desconhecido me olhou e me meteu varacontos eróticos gays irmãosestalos da cama-contos eróticoscomi egua nova contovisinha casada o novinho contos com fotosnegao pegando a velha no mato conto eróticoMinha esposa fiw sem calcinha em casa e meu primo viurelatos eroticos tornado femea