Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

"MARIDO" ESCRAVO PERFEITO IV

Em pouco tempo Carlos chega da locadora com o DVD que escolhera com a esperança de passar mais algumas horas acariciando e beijando ofegantemente os pés de sua linda, amada e dominadora esposa.

Quando entra em casa escuta um barulho vindo do banheiro, provavelmente sua esposa resolveu tomar um banhou pensou ele; Carlos acertou, Kely estava realmente tomando banho, mas a finalidade não era simplesmente porquê ela estava com calor ou mesmo porquê queria ficar mais confortável para assistir o filme e sim pra sair e fazer coisas que seu maridinho talvez pensasse mas que nunca tivera a conclusão. Carlos ainda pensando como seria agradável passar aquele dia aos pés de sua linda mulher é surpreendido com o chamado de Kely, quando ele se aproxima do banheiro ela sem qualquer serimônia ainda sem abrir a porta do banheiro ordena a ele que passe ferro em seu vestido vermelho, que limpe suas sandálias de salto transparente com tirinhas e que esquente o carro pois ela iria sair em pouco tempo, Carlos fica um tanto que perplexo com as palavras de sua esposa, ele já desconfiava que ela o traia, mas aos poucos aquela desocnfiança ia se tornando uma certeza, aquilo que sua mente estava pensando a tanto tempo ia tomando forma e se concretizando, ele não sabia o que fazer em relação aos entimentos que o perturbavam naquele momento; acabando a perplexidade de Carlos ele se vê em frente ao guarda-roupas de sua esposa pegando o vestido que ela tinha ordenado que ele passasse a ferro, sua mente está a mil, um monte de coisas acampam em sua cabeça; apás alguns minutos sua esposa termina seu banho e vai em direção ao quarto do casal, lá ela vê seu maridinho empenhado em deixar seu vestido impecável, ela encosta na parede e fica olhando seu devotado marido cuidando com a maior delicadeza do vestido que seu amante dali a poucas horas não terá cuidado algum em tirar, em cada ruga do vestido que seu marido consegue tirar ela vê um pouco da submissão de um ser-humano que ha algum tempo reclamava apenas em saber que ela iria sair com suas amigas, ela dá um sorriso sarcástico e fica satisfeita por ter adestrado corretamente seu maridinho; Carlos percebe o sorriso de sua amada esposa e levanta a cabeça tendo assim uma visão perfeita do lindo corpo desnudo de sua esposa que deixara coscientemente a toalha que encolvia o seu lindo corpo cair, sá moravam os dois naquela casa por isso ela podia se dar o luxo de ficar com a roupa que quisesse em casa ou mesmo ficar sem roupa se assim desejasse, Carlos fica estático tendo em sua frente a visão de um corpo tão belo, com bumbum tão bonito, seios lindos com biquinhos apontando pra cima, rosto de uma verdadeira princesa, sua vagina era um objeto de desejo a parte com aqules poucos pêlos tão bem aparados, o transe de Carlos acaba bruscamente com uma repreenção autoritária de sua esposa:



Kely: a minha roupa não vai se passar sozinha sabia seu imbecil?

Carlos: perdoe-me Kely já estou quase terminando.

Kely: já limpou minhas sandálias?

Carlos: não meu amor logo que terminar o vestido irei limpá-las é rapidinho.

Kely: mas você é mesmo um idiota incompetente, que demora é essa!!

---Kely se aproxima de seu marido e percebe uma ereção....

Kely: está gostando de ser humilhado por mim não é mesmo meu capacho?

Carlos de cabeça baixa fica em silêncio.

---um forte tapa é desferido por Kely ao rosto submisso de seu marido.

Kely: quando eu lhe perguntar alguma coisa me responda seu idiota, me entendeu?

Carlos acena com a cabeça de forma positiva.

---Kely dá mais um sorriso sarcático e com sua mão direita pega por cima da cauça nas genitais de seu marido.

---a reação é imediata, se bem que ele já estava ereto desde que começou a passar a roupa de sua esposa.

Kely: você já está aceso capacho? Vejo que fiz um bom trabalho em adestrá-lo!

---Carlos de cabeça baixa não ousa falar nada.



Kely se afasta de seu "marido" e se direciona a penteadeira para cuidar de sua maquiagem enquanto Carlos termina de cumprir suas ordens.

Apás uns 25 minutos Carlos de cabeça baixa se aproxima de Kely e diz que já está tudo pronto.

Kely: já era hora mesmo, pensei que fosse passar o dia inteiro.



---pegue minha calcinha branca e meu sutiâ, ornda Kely que até aquele momento esta completamente nua.

Carlos obedece imediatamente a ordem de sua esposa e como um submisso fiel e obediente leva pra Kely a calcinha e o sutiâ.

---ela veste e se olha no espelho vendo suas lindas formas, ela sabe o quanto é bonita e desejada.

Veste o vestido que seu marido delicadamente acabara de passar, senta na cama e ordena que carlos lhe calce as sandálias que por ele foram limpas, ele imediatamente se agaixa em frente a Kely que está de pernas cruzadas e com carinho começa a calçar aqueles lindos e delicados pés, ela percebe o quanto ele olha para seus pés, ela sabe o quanto ele a deseja, ela sabe que basta apenas um estalo de dedo para que seu marido se jogue em sua frente para servir de tapete, mas ainda falta alguma coisa, e ela sabe o que é... falta ele ter conhecimento total dos belos enfeites que ela tem posto na cabeça dele ha muito tempo, falta ele aceitar sua nova condição de corno-sumisso, mas ela tem planos e estes planos não incluem apenas ela e seu marido, mais um sorriso sarcástico acende no rosto daquela linda mulher.

Agradeço aos que tem me enviado e-mails parabenizando os contos que estou disponibilizando aqui.

Apás 3.000(três mil) acessos a continuação será postada ou a cada 400(quatrocentos) e-mails que me forem enviados, vale o que acontecer primeiro. Desde já agradeço.

[email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Minha cuinhada sandra se pingando todacontos eroticos meu padrasto e eu no ranchocontos erotico comi ocu.da mulherdo meuvizinhoconto nao guentei a pica de jumento choreicontos eroticos a camareira do hotel me encontrou de pau duro no quartoconto dpComto pego em fraganteMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contospau grande enfiadi. todo nicuContos eroticos... Toda gostosuracontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos familia bi passivacontos eróticos virgimdade com o jardineiro coroaconto erotico esposa come marido com cenouraconto eroticos fui obrigado a fuder minha irma num estuprocontos de sexo com novinhas trepando com advogadosum conto erótico mendigo Eu e minha filha juntoMeu+irmão+arrombou+meu+cu+a força+conto+eroticocontos eroticos, aprendi desde pequeno com o padresou magrinha casada e os amigos do meu filho me coreram e eu adoreiconto erótico corno de mendigoala pediu eu gosei no cu delaConto nao sabia que minha primo era travesre eu come elecomida e manteiga no cu e na bundapia se acha ser pausudoconto erótico o Enfermeiro da rola de jumentocontos esposa evangélica e cunhadaPor causa da zoofilia virei escrava 3contos eróticos minha nora cuidando de mimcontos eróticos meu enteado deixou meu c* todo ardidocontos porno traca troca amiguinhopor que quando eu falei pro o meu amigo que eu vou ibora comcamionero ele em cheu ohlo de aguaComtos mae fodida pelo filho e sobrinhocontos eroticos prazer solitario homemContos eróticos estreiando á xaninhaporno mulhe bebada da para minino memo didadeNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos conto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdocontos de corno esposa com dois e comendo cu do esposomeu genro me comeu contosContos eroticos incesto casos reais pag 170Pai,tio e filho contosdesenho porno dos flinstons cadamento.da pedreitajaponesinha novinha dividindo o quilo do pai e chupando pornôfamily sex 2 - contos eroticosSou casada fodida contoПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-okinawa-ufa.ruconto minha enteada dormiu com a bunha pra cimaPor causa da zoofilia virei escrava 3Contos de ninfetas que gostam de andarem nuascontos eroticos anal paraensecontos eróticos minha esposa benzido pelo pai de santoContos gay me amaciou a fodercontos de submisso chantageado pela amante torturadocontos eroticos com coroa mulher d meu amigoloiras fudendoconto eróticoencarei 30cm contosContos monica putinhamulher casada e evangelica dando o cu,contos sexcontos eroticos minha cadelinha manhosaminha noiva com porra dos macho pra mim contosmeu marido me arombou a xoxotaeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestodepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normalContos eróticos incesto teens tomando banho com meu paitransei com a mukher do meu pai contocontos eróticos esposa e um amigo gaysou casada realizei o desejo de dar o cu com outro contos Minha esposa arregaçadascontos erotico mangueira na bucetaAi meu cú. Conto erótico heterossexual.passei a mao na menina conto erticocontos eroticos devoradoContoseroticosdesenhorasdando o cuzinho pro pintinho contosContos ajudei o meu amigo a comer minha filhahistória de contos eroticos novinha sentou no meu colo dentro do ônibus na viagemContos eróticos teens boys jogando video game com o amiguinhocontos de coroa com novinhoeu adoro meu macho zoofiliacontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhorelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasVem vem safado contoviciadopor bundas super rabudasContos eroticos coroa tarada chama dois travesti pra tomar banho d piscina em casacontos eroticos iniciei meu marido a da o cucontos eroticos sou casada e dei para porteiroSou casada mas bebi porro de outra cara contosfragrância zoofilia caseiro Tennis zelenograd contomullber mostrando cabasinhocontos chantageada pelo genro e pela filhacontos meu pai me seduziucontos siririca praiaconto erotico estrupei minha cunhada acordou com o pau nelacomi minha filha no carro conto