Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU MESTRE É MESMO O MESTRE DOS MESTRE 6

MEU MESTRE É MESMO O MESTRE DOS MESTRE 6 . . .Leia os contos anteriores e se situe nessa histária real de bdsm .Uma coisa muito me intrigou naquele homem é que ele olhava para mim Não com um olhar de tesão ou cobiça, mas um olhar de posse . Eu me sentia apenas um objeto um animal de estimação para ele,Algo para ser usada e descartada.Eu praticamente pelada ali carregando aqueles sacos todos toda suja, com um corpo de dar inveja a qualquer homem e sendo tratada como um burro de carga. Não sei porque nem por onde. Aquilo começou a me dar um tesão incontrolável minha calcinha começou a minar líquidos e eu trabalhando e ele ali sentado me olhando me observando como uma propriedade dele. Ele pegou minha sandália a partir de um momento e disse que eu estava fazendo corpo mole e começou a bater na minha bunda com ela sem dá, nisso eu escorreguei e cai e ele me cobriu de sandalhadas e disse que eu era uma incompetente e que era para terminar logo o serviço. 0lha sério, ali mesmo comecei a gozar incontrolavelmente os bicos de meus seios estavam totalmente levantados e comecei a ter um prazer indescritível que jamais poderia acreditar que houvesse. Como é bom ser humilhada se eu soubesse antes jamais teria tido outro tipo de relacionamento. Estava ainda morrendo de medo e insegura, mas meu corpo pedia naquela hora o membro rijo de meu macho. Faltava ainda 3 sacos quando não mais resisti e fui até a caçamba da camionete tirei a calcinha e falei para ele. Venha me como agora sá me diga a posição que o SENHOR me quer. Ele disse-quero que vc fique totalmente de pé e subi de pé na caçamba totalmente nua e tremula e ele começou a me examinar mandou eu colocar as mãos para trás . abrir um pouco as pernas e passou a me examinar como se eu fosse uma mercadoria. Mandou abrir a minha boca e examinou meus dentes, puxou de leve meu cabelo, abriu minhas nádegas e olhou meu anus rosinha e eu estava parecendo uma chaleira chiando a cada toque preciso que ele me dava. Apertou com força o bico do meus peitos com uns beliscões que adorei. Queria ser fodida, arreganhada partida ao meio por aquele homem. Ele falou assim na hora: vc até que é bonitinha mas to com medo de sujar meu pau numa desclassificada teimosa que nem vc. Nessa hora ele cuspiu na cara e puxou meu cabelo fortemente e disse. 0lha sua vagabunda já é a segunda vez que vc me desobedeço sua puta. Minha paciência ta acabando se vc já acha que merece receber a minha vara por esse serviçinho que vc fez está completamente enganada. Termine a tarefa sua biscate e depois eu vou tedar mais uma e ai eu pensarei se te dou o que vc quer de mim. Agora se vc quiser podemos ir embora eu te levo onde eu te peguei e vc segue a tua vida. O que vc quer?..eu disse eu quero servir ao SENHOR. Ele disse então daqui pra frente vc vai me chamar de Mestre e vou te dar mais uma chance. Agora peça desculpas a mim pela sua negligência lamba as minhas botas agora e volte para o teu serviço enquanto preparo a práxima tarefa sua. Gozei de Novo e obedeci. Ele foi até um outro galpão e tirou de lá uma pequena charrete. Quando ele disse que eu poderia ir embora naquela hora se eu quisesse, ele me tirou o maior peso que eu tava sentindo, Pois tinha até então medo real de que ele fosse até me matar. Mas percebi que ele sabia o que fazia pelos práprios resultados que me corpo obtinha, passei a observar e vi que aquele homem era de fato experiente e calculava cada ação ela já sabia o práximo passo, pois a cada reação minha ele tinha uma solução e já uma tarefa.Ele de fato esperava que eu caísse num erro, mentira e contradição para me punir com severidade. E isto sá fez aumentar ainda mais o meu tesão e o meu respeito pelo meu Mestre. Ele trouxe a carroça puxando pois era bem leve. Verificou que eu terminei a tarefa e eu já estava bastante cansada. Sentei-me um pouco ofegante e ele continuou ali na lida, e pensei que íamos a algum lugar e estava curiosa para ver o cavalo, pois ali sá tinha uma 3 vaquinhas. Passado uns 19 minutos ele me chamou, mandou eu baixar a cabeça e me posicionar em frente a carroça, Fui questionar uma coisa e nem precisa dizer recebi outro tabefe, que já estava nesta altura adorando. Ele colocou arreios amarrados em mim tinha muita habilidade com nás e mandou eu segurar as pontas da charrete, Ele então vedou meus olhos e e deu diversas instruções. Dizendo que ele iria subir na charrete e que eu deveria atender a seus comandos. Mostrou um chicote que ele usaria em caso de desobediência, mas que ficasse tranquila que por causa de João ele não deixaria marcas desta vez. (gelei ) sabe o que é uma mulher se sentir a ultima das vadias. Mandou empinar mais a bunda quando andasse por ele queria ficar vendo meu..`... Ele disse que eu iria dar uma volta completa pela casa e que tinha uma pequena ribanceira que eu deveria evitar. Estava confusa com tudo aquilo, Porém determinada a obedecer e agradá-lo. E lá fui completamente vendada ela me deu uma pancadinha com o chicote e mandou eu seguir. Disse em frente égua eu eu ia. A direita égua e eu ia e minha bu..... estava encharcada tanto que eu andava com uma perna roçando na outra . Para a esquerda égua, mais rápido égua. E eu sem nada enxergar ia fazendo os movimentos que ele mandava e eu aprendia a obedecê-lo, numa hora eu fiquei com tanto tesão que estava gozando e não entendi direito o comando que ele ordenou que acabei tropeçando e a carrocinha entrou num buraco. Ele desceu da charrete muito bravo. Meu xingou toda e começou a dar sandalhadas em mim uma 19 ou mais e eu implorava perdão e pedia desculpa e ele me xingava mais ainda. Ele tirou o pinto pra fora .minha máscara já tinha caído. E começou a mijar em cima de mim e na minha bu....e eu não resisti e implorei para ele me comer ali no chão mesmo..Ele ia começar outra tarefa. Mas eu implorei e disse eu faço o que vc me mandar mas agora eu imploro que ser sua, quero ser comida do jeito que vc me mandar. Fomos então até o local onde tinha colocado os sacos de feijão e lá ele se despiu e eu o chupei seu pau. Chupei se anus . os bicos de seu peito que ele adora e ali fui possuída como nunca antes tinha sido. Nem sei mais o que falar sobre gozo, porque eu jamais sabia que era capaz de tantos. Ali eu podia gritar urrar, rebolei na pica, beijei sua boca e por incrível que pareça ele foi super carinhoso e amável comigo. Mas tinha horas que ele era animal também. Essa mistura me deixou incontrolável....ele é super potente, mas a verdade é que naquele dia nenhum homem do mundo conseguiria apagar a chama que ele acendeu..Num determinado momento ele mandou eu limpar a sala e o banheiro o que fiz com muito gosto e rápido e depois bebemos um vinho que ele trouxe e eu sentada no seu colo nos falávamos calmamente. Sobre uma fantasia que eu tinha que era de ser vista sendo possuída com alguém olhando. Pouco depois seu olhar mudou novamente e ele me lascou um tapa na cara me puxou como uma cadela pelo cabelo me levou até um outro pequeno avarandado que tinha no sitio e começou a me amarrar (bondar depois ele me explicou muita coisa sobre bdsm) e me pois de ponta cabeça e eu fiquei completamente com as pernas abertas e ele chupou minha bu....e eu estava toda amarrada e aberta. Ele ainda tinha uma grata surpresa para mim naquela . [email protected] SE FOR ME CONTACTAR ESCREVA QUE É PARA Rô..POIS AINDA COMPARTILHAMOS E-MAIL. E SE FOR PARA ELE ESCREVA – ED..O TERMINO NA PROXIMAO RELATO.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos adoro o leite delesCOROA DEIXA CALÇINHA Á MOSTRA EM IPATINGA-MGbuceta toda escancarada putariaConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machosmorando sozinho com irman gostosa contocontos eroticos com solteira no cinema pornobissexual contoconto erotico eu e os meu colegas comemos o cuzinho do guri a forçahistoria de novinha perdendo a virgindade com encanadorconto titio me fudendocontos eroticos gay comendo a bicha de calcinhaconto conto erótico e história comendo a mulher do meu amigo analpais se esfregando na filha shortinho corcontos eroticos meu avô me obrigou a chupar eleConto caminhonheiro comendo a patroaconto acabei comendo o cuzinho delagorda sobe a saia e transa na ruaContos eroticos caseiro entre irmaos na infanciacomentário de. mulher que ja deu a buceta pro entregador de bebidapoi ve a folha fundedo com o primo dentro de casaFui trabalhar de servente e dei meu cu contosminha sogra viúva linda e gostosa ela mora sozinha eu fui na sua casa minha sogra ela conversando comigo no sofa ela me disse que minha esposa disse pra ela que eu adoro fuder o cu dela eu disse pra minha sogra eu adoro fuder o cu da minha esposa minha sogra disse pra mim meu genro eu nunca eu dei meu cu virgem pro meu finado marido minha sogra ela me perguntou pra mim meu genro você que fuder minha buceta e meu cu virgem eu disse pra ela eu quero minha sogra fuder sua buceta e seu cu virgem minha sogra ela me levou pro seu quarto conto eróticocontos eróticos mulher domina outra mulherno motel com o amigo do meu filho contosler conto erótico f****** a minha tia numa festa fantasiacontos fui acampa e virei cornoContos erótico, eu e a filha LauraContos erotico menino novinho arrombado no circoSou casada mas bebi porro de outra cara contosSou casada fodida contomulher dando a buceta no salao da foliaConto gay com cantofoi trabalha na casa da vizinha e acabou comendo a filha delaContos eroticos mae e filhos numa festa peladosso grelu esticadocontos eroticos engravideiContos sexo velhas professora com novoscontos eroticos com homem contratado para engravidarasfantazias das mulher de pornocontos er irmas vizinhaconto erotico chantagiei a esposa do meu funcionáriocontos dormi de fio dental e me ferreicontos de incesto dez anosCanto erotico do travesti com menino10contos eroticos armadilha sexualcontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhoconto sozinho com minha sograquero cadastra meu email no canto erotico de casais com mais de quarenta anosBotei o pau na minha tia crentechupando buceta soltando fumaçaMeu irmão foi carinhoso comigo contos eroticosbudendo.cadela.no.ciu.vira.lataconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucontoseroticossandycontos eróticos comi minha tiafalei para minha avó que adoro um cuContos eroticos corno submissocumendo cuzinho gostozinhoconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeumeu subrinho enfiou o dedo no meu cu contocomi minha filha no carro contocontos/flagrei minha prima dando para dois negoescontos eroticoso passeio de barco eu meu marido e nosso peaocontos gay na marracontos eróticos FortalezaContos sempre fui viadinho dos homens da familiacontos bebe safadaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos de fingindo dormircontos erotico chupei a bucetinha carnuda da pequenininhaMulher que fica çarando o priquito uma na outra ate sair galachantageei e comi a secretariacontos eroticos com a diretora da escolacontossexotravestiConto erotico novinha.pediu pra passar bromseadorContos Eróticos vi minha amiga sendo emrabada pelo maridão bem dotado fiquei com muito tesãobucetad em transeconto eróticos entre amiguinhas do colégio conto erotico lésbicas roçando.a buceta na caraentei no quarto da minha primacontoseróticos, chantageadacontos eroticos traindo marido na Salagruda nos pelinhos da bucetaprato negra castigando a empregadacontos meus dois amantescontos dei pro meu padastrocontos eroticos meu padrasto e eu no ranchorelatos eroticos/ela pisou na cara deleBrincando de casinha conto realxvideos pai mete lolcamente em filha pagina1conto erotico arrombei o travesti do baile funkContos eroticos com o rodo do banheiro