Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA CRENTE E SAFADA

A vida nos prega muitas peças que a gente não sabe o que fazer, o fato que vou narrar aconteceu comigo há algum tempo. Mais até hoje não conseguiu esquecer, sou casado com uma mulher bonita vou tentar descreve-la, ela se chama joseane e branca tem 1.65mts 70kl um pouco cheinha mais eu gosto, cintura fina e bunda grande. Ela e uma excelente dona de casa e átima esposa, não temos filhos sá que nem tudo e perfeito, na cama e ate mesmo no dia a dia ela deixa e a desejar, deve ser pela sua religião. Ela e crente e então tem aquilo de não pode isso, não pode aquilo, e por ai vai. Sá que o nosso casamento foi caindo na rotina, devido àquelas roupas ridículas que ela usa, umas saias grandes e as calcinhas então parece ate coador de café, aquilo não da tesão em ninguém, um dia para apimentar o nosso relacionamento, resolvi comprar umas roupas mais provocantes para ela, comprei uma mini saia que pegava pouco acima do joelho, umas calcinhas fio dental e uma blusa bem decotada. Quando eu a entreguei todos aqueles embrulhos ela ficou surpresa mais quando ela abriu os presentes, ela mim deu tanta bronca que eu perdi até o rumo, você esta pensando que eu sou puta para usar isso, eu não sou puta não eu sou a sua esposa, a quem você deveria respeitar e não comprar essas coisas pecaminosas. Para mim você esta precisando de reza, e aquela conversa rendeu muito até que eu estressei e falei quer usar usa não quer joga fora, ou rasga ou troca a troco de outra coisa sá não mim enche o saco. Ela mesmo assim continuou falando, eu fui ver teve e ela esta falando, onde já se viu quere que a esposa si vista igual puta.Quero ver se eu vesti isso e sair na rua se você vai gostar de ver os homens olhando para mim? Eu disse meu bem o que e bonito e pra se mostrar, eu sá quis te agradar você não vai usar então ta acabou não precisa ficar falando mais.Ela pegou as roupas e disse amanha eu vou à loja e vou trocar! Eu disse faça o que você quiser beijos deixa-me dormir.No dia seguinte mim levantei e já iria trabalhar então fui dei um beijo nela e falei, amor mim desculpe por ontem, ela disse tudo bem eu também fui bem ignorante, então sai e falei para ela onde era a loja para ela ir trocar e podia pegar qualquer coisa, que depois eu pagaria a diferença, quando cheguei a tarde ela não falou mais nada estava vestida com as mesmas roupas de sempre e com isso se passaram alguns dias, e nos não falamos mais no assunto.Eu já havia ate esquecido dessas roupas.Na empresa onde eu trabalho nos fazíamos curso em outras cidades, até que um dia teria que ir eu mais dois caras para fora, ficar uns dois dias fazendo um curso. Já eram quatro da tarde quando nos avisaram, os dois correram em suas casas e pegaram suas roupas e eu ainda estava terminando um serviço, e combinei com eles de dar uma carona para eles até minha casa e que de lá iríamos para a rodoviária, que não era muito longe da minha casa.Quando estávamos quase saindo eu liguei para casa e falei com a minha Esposa, para ela caprichar no jantar que iríamos ter dois convidados para o jantar lá em casa, pois iríamos viajar ela disse tudo bem meu amor vou caprichar em tudo, Notei um certo cinismo na sua reposta mais deixei pra lá, quando cheguei em casa e abri a porta da sala e fomos entrando qual foi a minha surpresa, a minha esposa estava com uma mini saia que devia ter um palmo de pano e uma blusinha que deixava toda sua barriguinha e seus peitos de fora, e salto alto e cabelos soltos ela estava parecendo uma puta, com a cara pintada e a boca vermelha de batom.Eu na hora fiquei mudo sem reação eu quase desmaiei, ela disse oi amor você não vai apresentar os seus amigos não? Então eu fui voltando ao planeta terra e apresentei eles para ela que os cumprimentou com três beijinhos em cada, eles que ficaram rindo atoua eu não estava entendendo nada, ela trouxe umas cervejinhas para nos bebermos e ficarmos conversando, até o jantar ficar pronta. Eu deixei um instante eles na sala e fui na cozinha dar uma bronca nela, quando eu cheguei na cozinha Ela disse o que você quer meu amor? Eu puto disse quero uma explicação desse teu jeito? Ela falou você não disse quando eu te falei que isso era roupa de puta e se você gostaria de ver os homens olhando para mim, você então disse o que e bonito e pra mostrar, então eu vou mostrar e vou mostrar muito e você vai ficar quieto, pois quem quer ver a esposa com roupa curta e corno, eu não tive palavras ela disse vai pra sala pra você ver eu provocar os dois ainda mais seu corno chifrudo. Eu não tive coragem de reclamar nada eu simplesmente fui para sala, quando ela aparece toda sorridente e sentou do meu lado, de frente para os dois rapazes.Eles não sabiam se olhavam para o rosto dela ou para a sua calcinha, que estava aparecendo um deles não resistiu e pediu para ir ao banheiro, imaginei que ele havia ido bater uma gostosa punheta.Aquilo foi me deixando doido e ela a cada momento se exibindo mais, quando um dos rapazes veio do banheiro ela mim perguntou amor você não vai tomar seu banho não? Já está quase na hora da janta então fui pegar minha toalha, quando ela mim chamou na cozinha e disse não toma banho no quarto não toma aqui no banheiro de fora, mais tira a chave e olha pela fechadura e terá uma surpresa que farei para você. Eu fui deixando eles na sala pouco depois deu entrar ela veio para sala para servir mais coisas para os caras, ela se abaixava de uma maneira tão provocante que os seus peitos quase ia à boca do cara, em quanto o outro sá a olhava seu bundão por trás, do buraco da fechadura eu ficava sá observando o movimento dela e notei que eles estavam muito tesudos e não tiravam os olhos dela, ou melhor da calcinha dela.Quando eu saio do banheiro ela disse agora eu vou tomar meu banho e se foi toda sorridente, quando ela acabou um dos caras vendo ela sair sá enrolada na tolha pediu rapidamente para ir ao banheiro, quando ele saiu do banheiro eu fui lá e notei que a calcinha dela que estava no cesto de roupa suja, estava toda melada não resisti e fiquei de pau duro na hora imaginando outro cara querendo comer a buceta da minha esposa.Ela ficou provocando todos até na hora da sairmos para a viagem, ela voltou no banheiro para se pentear pouco antes de sairmos, ela mim chamou no quarto e disse amor você gostou? Eu disse sim ela então disse olha a minha buceta como esta, quando eu olhei ela estava cheia de porra de um dos caras, pois ela pegou a calcinha toda suja no cesto e vestiu eu não resisti e deitei ela na cama e chupei ela rapidinho antes de sairmos, ela esfregava a buceta na minha cara dizendo: chupa corno, chifrudo, chupa a minha buceta com porra de outro.Anda corno manso cada vês que ela me chamava de corno eu metia a boca igual menino chupando sorvete, chupei até deixar ela limpinha sem nenhuma gota de porra. (Comentem que depois eu conto o resto).



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos casada fode com amigo do mundohomens velho gay contosaproveitam da inocência da mulher b******* na academia conto eróticonovinha de 13com peitinhoContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhaSou casada fui pra um acampamento com os colegas a amigas so rou surubaconto ele ficou sabendo do tamanho da bucetaconto erótico com professora de filosofiatranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbacomeu a tia da bunda grande contoMeu irmão foi carinhoso comigo contos eroticoscontos de sexo com velhos babõescontos eroticos como passei a ser travesti por causa do meu cunhadohttp://transei com pastor gay no banheiro contos eroticos gaycontos gay lutinha com o primo de 16filha de diplomatas contoamanda casamos grande cabeçudo contoscontos eroticos mulher casada se evcontos eróticos de bebados e drogados gayspeladas e melada de manteiga no corpo inteirocontos eróticos coroas boqueteirascontos orgia com maeContos eroticos/minha sogra cavalonaconto erotico gay esconde escondetio vaqueiro conto gaylésbicas ninfetas comendo peitorais de travestiscontos amigas carentesContos eroticos: Eu dei o cu na frente do meu portãowww.mulhers impinadas de calcinhasobrinhas novinhas e gostosinhas fudendo com tios big roludos contos eroticosMuller casada quer jumento para me ter nelaaudios da minha safada gozandocdzinhas contos reaisporno bundas de morenas com cabelos longos mastubandoscontoseroticos paguei para estruparem minha mulherporno contos pintando a cssa da casadaxoxxota da magrinha nao aqutou a tora todacontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetacoroa gorda velha umiha o marido fodendo com outrocontos com sobrinhaconto cu suado da bonecatu manmou desse meladinho entt sobe casetexvidei a novissa possuidaContos eroticos ninfomaniacacontos incestuoso se esregando em bunda e ladinhocontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elaconto erotico afeminado esposa dedos no cu consolootitiu comendo a sobrinhabjodelesbicaViolentei a deficiente contos eroticoscontos eroticos de enteadasConto de cadelinha depósito de porra dos machos no barcagando na cara contoContos erotico suruba com meninas pequenas e vigemstao novinha com doze anos mas adora cara mais velho contos eroticos bem putinhacontos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibusconto de sexo um garoto ficava esperado uma coroa passa na rua eu fico de pica durafofinha putaria goiania contoscache:http://okinawa-ufa.ru/conto_20940_assalto-no-condominio.htmlcontos fofinha menina de dez anosconto comi meu amigocunhadinha danadinha contostransando pela primeira vez no boa f***depilano a buceta dela io cara comi elaminha prima malcriada contoo sonho da minha putinha ea ser estuprada poe varios e eu realiseicontos de sexo com novinhas trepando com advogadosa crente e a zoofilia_contoscontos eroticos dei o cu na marra lua de melConto erotico numa festa de anos todos a foderem a que fez anos o dia que levei.uma.gozada no.anus da travesti contomeu pai olhava pelo buraco na parede do quarto dele pro meu e se masturbavacontos minha mulher transava e me beijavaSou casada fodida contonegrinha brinca com roupa de escostar homemContos eróticos ele veio do interiorcontos esposa evangélica e cunhadacontos eroticos, minha tia e meu cavalo Conto erotico meu pai me cobiçandocontosminha enteada gosta de dar a bundscontos eroticos papai me criou para ser mulherpornô compare com a comadre faz ela gozarContos eroticos de incestos.mamae vai dar boa noite de camisola pro filhocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoMeu oai meu primo e eu contos gayContos meu marido me pediu chifreContos gay banheirocontos eróticos gay sendo putinha do meu primo bruno parte 2Fotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalContos eroticos de padresequestradaxvidiosexo com a namorada do meu filho anal e ela gritamuleke soca seu pirocao na gostosa no onibusconto erotico nenhum pelinho