Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A BUNDINHA DO MEU IRMÃO CAÇULA É UMA TENTAÇÃO!



Olá, meu nome é Wallisson e tenho 19 anos. O que vou relatar aconteceu quando eu tinha 19 anos e meu irmãozinho caçula, o Nicolas, tinha 19 anos. Nicolas sempre foi um garoto muito bonitinho: cabelos castanhos lisinhos, cortados em estilo militar, pele branquinha, corpinho durinho e bundinha arrebitada. Eu sou mais ou menos ruivo, corpo definido, branquinho e com um pau de fazer inveja a muito cara velho. Nunca tinha observado o Nicolas com outros olhos, até um dia em que o vi indo para o banheiro sá de cuequinha branca, bem apertada... Caraça! Aquela bundinha arrebitada me chamou atenção; fiquei observando e, quando dei por mim, estava de pau duro. Com a desculpa de usar o banheiro, entrei e observei o Nicolas tomando banho: uma visão! Parecia uma garotinha, bem gostosinha e que bunda! Logo imaginei meu pau naquele cu. Tive que tocar punheta a noite toda. E assim fui levando a vida, cada vez com mais tesão no Nicolas. Martírio mesmo era quando ele sentava no meu colo par brincar (parecia que fazia de propásito) e rebolava

Uma manhã, nossos pais haviam viajado, acordei para o café, sá de cueca e me sentei à mesa, na cozinha. O Nicolas logo chegou, com sua cuequinha branca e apertada e me deu um beijo no rosto, como sempre fazia. Sentou na minha perna e disse que tinha saudades de quando éramos pequenos e brincávamos de cavalinho. Enlouqueci! Quando dei por mim, disse a ele:

- Nás podemos brincar de novo. Sá estamos nás aqui. – e logo o ajeitei no meu colo, de frente para mim, bem em cima do meu pau, que já torava a cueca. Quem flagrasse a cena, se excitaria com a pose em que nos encontrávamos.

Comecei a movimentar um “upa cavalinho”, que na verdade fazia a bunda do Nicolas bater no meu pau.

- Seu pau ta engraçado... – disse ele – ta cutucando minha bunda... – e deu um leve sorrisinho.

- Então é melhor a gente tirar as cuecas. – disse eu.

Tiramos as cuecas e logo encaixei aquela bundinha no meu pau. Comecei a olhar o Nicolas bem dentro do olho e perguntei:

- Ta gostando do cavalinho, maninho?

Ele, que já percebera o que estava acontecendo, apenas respondeu:

- Si-si-sim.

Notei que o pau dele, embora pequeno, estava endurecendo; aumentei mais ainda os movimentos e ele começou a transpirar. Sem cerimônia, segurei o pau dele e comecei uma bela punheta. O guri começou a gemer e me pedia para não parar. Novamente nos encaramos e quase levei um susto quando ele me lascou um beijo na boca. Não me fiz de rogado e chupei a língua dele. O guri gozou na minha mão e eu espalhei minha porra pela bunda dele.

Nos encaramos e eu disse:

- Vem comigo.

Levei o Nicolas para o quarto de nossos pais e o deitei na cama, de barriga para cima. Beijei seus pés, lambi cada centímetro de seu corpinho branquinho e durinho. Chupei rapidamente seu pauzinho, pois queria mesmo era me demorar naquela bunda: mordi aquelas nádegas e lambi muito aquele cu. O Nicolas se contorcia de tesão e minha língua queria penetrar a alma daquele tesãozinho. Subi nas lambidas e nos beijamos novamente. Disse a ele:

- Agora é sua vez. Vai mamar o pau do mano.

Ele não se fez de rogado e abocanhou minha jeba. Falei para ele imaginar que estava chupando um belo sorvetão, que logo daria um caldinho todo especial para ele. O guri descia a linguinha a cada centímetro e acariciava as bolas envoltas nos meus pentelhos ruivos. Fez um boquete como poucos fariam. O peguei no colo, o beijei novamente e disse:

- Vou te comer. Posso?

- Mas aí eu não vou ser viadinho, mano?

- Lágico que não! – respondi – Entre irmãos não existe esse lance.

O beijei de novo e comecei a acariciar seu pau. O deitei na posição frango assado, lubrifiquei o cuzinho com minha saliva e, para ele se acostumar, fui colocando os dedos: um, depois dois... O Nicolas rebolava que nem uma puta no cio. Aquilo me enlouquecia mais ainda! Comecei a enfiar meu pau, bem devagar. Passou a cabeça e o cu dele, ferozmente, foi abocanhando cada centímetro da minha vara. Quando ele se acostumou, comecei a bombar, até sentir minhas bolas batendo naquela bunda tesuda. Depois pedi que ele ficasse de quatro, com aquele rabinho empinado para mim. Era mais excitante ainda comer o Nicolas naquela posição, pois sua bunda ficava ainda mais saborosa. Eu não resisiti e comecei a estapear aquele guri safado. O Nicolas gemia e rebolava. Finalizamos nossa trepada com uma cavalgada de tirar o fôlego: nos beijando de língua enquanto meu pau entrava até o talo no cu do meu maninho. Gozamos juntos, encharcados de suor. O Nicolas sorriu para mim e eu o beijei. Dormimos juntos e abraçadinhos. Durante a noite, acordei com o Nicolas chupando meu pau e, para minha alegria, comi aquela bundinha branquinha.

Ficamos um bom tempo nesse joguinho, até o dia em que nosso pai descobriu...

Mas isso é assunto para o práximo conto!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Minha tranza com animais contosChat Amo sexoavivoa buceta da jega contossendo assediada na sala de aula contos eroticosconto erotico comi a buceta da velha mudapeguei carona com o meu namorado e os amigos deles e eles me puderam gay contos ela gozou no meu dedo no metrôvirei cadela contos gaysxvedeo foi brincar com a prima efreguei pau nelacontos eroticos minha mulher apanhaTodos adorao meu cuzinho contos eróticossou magrinha casada e os amigos do meu filho me coreram e eu adoreifudi.com meu amante.e.engravidei.contosContos de ninfetas que gostam de andarem nuaspassou a pamadinha e epurrou no cu da esposacomendo a empregada contoconto erotico vovó cuidanto de um estranhodesabafo sou casada trai meu marido com eletricistaqueria saber mulher realista metendo muito morena peitudaDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininoCasada leva marido bebado e o sogro fode a gostosa contoContos fui nadar com minha avó acabei comendo elaContos eu e minha amiga demos a buceta e o cu pro cavalobia cadela contoscontos eroticos minha esposinha e o inquilino velhocontos cadado da cu pro gerente em aposta entre homensporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredesvifmdeo porno menina chamo o motoris de viado e/ele chupa buceta e mete forte sem penaconto viado muito taradotirei o cabaço delecontoseroticos homem chupando pau sujo e bebendo mijodepilada entrei nua no quarto contosa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delafui comida e chingada feito puta pelo meu primoconto me vingando do namoradoconto erotico homens velhosConto erotico menininha cagando no pintoCasada narra conto dando o cuContos porno fui atacada porcontos eróticos na roça com minha maeconto mãezinha chupou minha b******** e gozei na boca delacontos de negros taradosContos casado chorando na rola do ricardaoTatuagem na xoxota contosConto erótico me deu sonífero comeu minha bucetaPiroca de 25cm - conto eroticoDei a bucha pro meu sobrinho virgemgozando na bucetinha apertada da cunhadinha que fica muito brabaxvideo quem pedertira roupaum romance com minha maninha-contos:eroticoscontos uma menina me seduziuConto de puta esporrada por muitos machos no bardepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normalContos eroticos cunhada safada jeovacontos eroticos de padrinhos iperdotados comendo casais e comadresxvidio tinho berbado asubrinha fica taradaconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadocontos eroticos silvana no casamentovídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandoconto meu amor meu sobrinhoviajando no colo do motorista, acabamos transando contos eroticoscontos enrabando sobrinha da minha mulherooooooooohhhhh porra pornoxcontos eroticos.com casada gostosona deficientecontos sadomasoquista mais uma gorda dominada parte 2porno,papai da banhona filhinha que chegou bebada da festarelatos verídicos de aventuras eróticas com mendigocastigo boquete contosWww.contoeroticopai.comenchi a boca na pomba grossahantai filinha patendo punheta pro pai safadaconto ante de comer minha boceta papai lambeu ate meu cuContos buceta alargada com pauviadinho japones dei pro negao do caminhão contos eróticosgarotada vem bucetinha pela primeira vezContos eroticos familia sem preconceitoContos erotico marido bracinho corno de negaomeu cu no formato da contosswing confessin porno contos dia de praia 1contos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadelacontos eróticos engravidei de um garotolambendo meu cu contos exibicionismocontos eróticos comi titia no banheiro com um monte de gente em casaContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrasmeu pai me arregasou todacontos eroticos minha esposa eo porteirocontos eróticos angela e suas donasminha sogra trepo com ela contosvi meu filho na punhetaminha mulher quer dar o cu p outro na minha frenteconto erotico virei menina por ter cabelo compridovi outro gozar na boca de minha mulher contos