Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUANDO TUDO COMEÇOU.

Tive sempre uma vida muito intensa quando se fala de sexo.

Desde pequeno adorava provocar desejos e com meus shortis apertados e minhas coxas grossas.

Este é o primeiro conto que escrevo, quando tudo começou.

Tinha eu nove anos de idade, morova em são paulo, toda vez que eu saia com minha mãe era um inferno, minha mãe era dessas baixinhas de bunda grande que xamava a atenção, então os homens tinha mania de dizerem assim, nossa que filha linda vc tem, eu ficava p da vida pois eu sou homem.

Os menios da escola já naquela época viviam me passando a mão na bunda. Não tinha dia que três ou quatro meninos não passavam a mão em mim. No começo isso foi me irritando depois fui me acostumando que eles até diziam, olha sá fulano ele ta gostando.

O tempo foi passando e um dia me vi com 19 anos gordinho com a bunda grande até minhas amigas diziam que tinha inveja de mim. Mas isso não me fez ser afeminado não. Mas tinha dias que eu gostava de provocar os homens proximos de mim.

Um belo dia meu tio irmão do meu pai veio do interior, passar uns dias com a gente, ele tinha 19 anos era novinho e magrinho. Eu sempre pegava ele olhando para a bunda da minha mãe quando ela tava lavando roupa no tanque ou na pia da cozinha, e acho que ela taqmbém provocava ele.

Mas teve um dia que eu tava no banho e ele do lado de fora disse para eu deixa-lo entrar eu deixei e começei a ver ele mijando com sua rola de uns 19 cm ai proposidatamente eu vire de costas para ele e começei a esfregar minha bunda, com muita delicadeza deixei o sabonete cair, e lentamente fui pegar. deixava ele escorregar pelas minhas mãe de proposito. E percebi agradavelmente que ele não tirava os olhos de minha bunda.

Derepente me levantei e disse para ele de supetão o tiu o que vc ta olhando. Ele levou um susto e me disse nada, nada, seu pau ficou mole, logo depois me sequei e fui para a saala ver tv e ele tava lá dando umas gemidas de dor, mexendo nas bolas do saco.

Minha mãe tinha ido na vizinha jogar conversa fora nates de começar a fazer a janta. Eram mais ou menos umas 4:30 da tarde.

Fui até a cozinha e subi meu shorte para aparecer as popas da bunda, e começei a fritar pipoca. volte e ofereci para meui tiu e ele aceitou na hora e vio meu short levantado mas não falou nada.

Toda hora eu deixava cair pipocas no chão e ia pegar com o rabo virado para ele, percebi que logo seu pau estava durissimo.

Isso me escitava cada vez mais. Como o chão ficou com marcas de áleo de fritura peguei um pano no banheiro e fui la limpar o chão ai ele não aguentou me catou pela sintura e me deu uma baita encoxada.

e grudou na parede e atolou a mão em mim com muita força ai eu disse para ele para tio a mãe vai aparececer a qualquer hora.

Então ele disse sobe pro meu quarto agora.

Eu fiu, com medo mas fui. Lá chegando ele abaixou seu shorts e me disse vem ca menino chupa seu tio, eu me agachei e disse que não queria, deixa de ser mentiroso pensa que eu não percebi que vc tava me provocando vem, chupa logo pirralho.

Abri minha boca que ja tava salivando de prazer, olhei para aquele pau branco e lindo com suas veias esplodindo de prazer e comecei lentamente a chupa-lo que delícia que prazer. E se curvou sobre mim e começou a meter o dedo no meu rabo automaticamente eu comecei a rebolar e gemer de prazer, dai a pouco eu vi ele virar os olhinhos castanhos claros dele e então veio uma enchorrada de porra doce como mel e eu enguoli tudo e suguei mais querendo avidamente mais daquele nectar de éros. Quando ele terminou de gozar ele disse para mim, a noite quando seus pais estiverem dormindo quero que vc venha aqui no meu quarto.

Era ja alto das horas uma meia noite mais ou menos quando eu fui até lá, ele ja tava me esperando, com seu pau bem duro ele disse tira a roupa e vem deitar aqui, fui ele me pos de quatro na cama e de joelhos começou a me estocar ele não tinha esperiência nenhuma e foi até meio bruto comigo estocando cada vez mais e dizia vem minha putinha gostosa dava palmadas e minha bunda e mandava eu rebolar no começo dueu um pouco mas depois eu adorei e rebolava muito com sua pica entrando e saindo em um vaivem delicioso. Por fim ele quase nos denuncia com seu gemido de gozo alto meu rabinho ficou todo melado com tanta porra que vinha daquele mastro de marfim delicioso.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos pequei minha prima com o namorado dela e chantajiei elasequestrada e arrombada a força contoSem a minha permissao contos eroticoscontos eroticos adoro ver uma travesti jemendo na miha picacontos eróticos filhinha bobinhacontos eroticos comi a velha beataso punhetinha contoszoofilia googleweblight.comrealisando sonho eu emas duas mulher contosgozando la dentro da buceta vermelhinha da dimenocontos cornos forumcomendo aenteada de cbelos cachiadosContos filho deixa mae so de calcinhacontos eroticosmeu namorado me encoxando camisinhavoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cudominador pé gostosodona redonda arreganhado o cuzaoContos os velhos chupam melhor uma bucetaporno oooooo vai vai aiii caralhoconto de esportista dotado que comeu cu de travesti conto vagabundos arebentarao meu cucontos de crossdresser me seduziucontos incesto minha maecontos comeu uma coroa baihanarelato de mae dando a buceta para o filhocontos de coroa com novinhoesposa e sogra metendo na praia contosbunbum malhados pornocontos eroticos o garoto perdidoFoto casaro de gordinha de calcinhadando pro genro. contos eróticosconto erotico de menino com caralho jumentoContos eroticos... Uma rapidinha com a cunhada de vestidoleke comendo a casada contowww.loirinha inocente caindo nas maos do negao safado contoscontos chantageada pelo genro e pela filhasou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anosPeito bicudo da minha mae contosminha namoradinha me provocou pra fuder brasilcontos eróticos com mulher carentecontos eróticos encoxada no ônibusluizagozou no analContos mae da minha namorada perguntou me punhetolekinho pau contoscontos eróticos de bebados e drogados gaysTennis zelenograd contofetiche pelo cu sujo da sogramalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contocontos eróticos trai meu marido numa rapidinhacontos eroticos de afilhadas novinhas.contos gay com homens grandes e peludos terminadasdei o cu po meu pone contos eroticos pornodetalhes como fui estupradocontos eroticos gozei quando as duas picas entraram no meu cuMe Faz um Cafuné conto gaycomtoerotico banho na filhinhaconto porno peoes no cioconto eu meu filho e meu pai cumemos minha esposa rabudacontos nudista de pau duromae jenmendo muito alto filho comendo mae no quartominha sogra/contocontos eróticos eu provocava meu primo novinhoa buceta da jega contosvendi a buceta/contotive dar para um dotadoMenina q ta tezao encosta no irmao ddespistadocontos esposa foi dançar e passou buceta no pau do amigocontos eróticos as fantasias de minha filha filha com um desconhecido na praiaContos excitantes sou gaúchacontos eróticos tia no puteiroconto esposa ficou tarada no meu amigonaturismo contosgozaram na bocacontosSou casada mas bebi porro de outra cara contosconto erotico chantageada pelo deficienteconto erotico viadinho vestiu calcinha e shortinhoEu e meu ex primo viuvo conto eroticomeu corno e muito otario contos eroticosmãe c eroticosontos