Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ROLA DESCONHECIDA

Amados, recebi de um leitor através de meu e-mail o começo de sua historia sexual com outro homem, ele mandou o inicio e eu completei, espero que curta e se quiser mandar sua historia também fica a vontade, materei o sigilo.



Bem o caso começa nas feria de Julho do ano de 2007 eu fui para uma fazenda passar três dias, de kra achei um tédio néh pq fikar num lugar isolado sem muita coisa pra fazer é super chato.



Aí quando eu cheguei fui a um rio ki passava perto e quando cheguei vi um garoto tomando banho no rio



Aproximei-me e comecei a conversar com outras pessoas ki estava lá tmb



Ai ele tmb se aproximou de uma conhecida que o chamou pelo nome de Luis Gustavo



Nossa delirei pelo muleke, era a coisa mais linda do mundo. Via ele andando em nossa direção, sem camiseta de corpo totalmente sarado, de pernas grossas de shorts totalmente gasto, ele tinha um olhar lindo e um jeito gostoso e hétero de andar.-



Logo anoiteceu e ele me chamou pra jantar, ai eu fui e ao terminarmos ele me convidou pra ir deitar lá na cama dele pra fikar conversando.



Eu fui e me deitei na cama ki ele estava e colokei a mão no pinto dele ki tava no ponto de pedra



Eu tirei a bermuda dele e comecei a chupá-lo e sentir sua pica durinha e gostosa me deliciar, sentia seu corpo de menino e sua rola de gente grande, era um jovem, um garoto que gostava de ser mamado de forma única, gostava de sentir uma língua passar na cabecinha de sua rola grossa e gostosa. Uma rola de deixar quanquer homem louco por sua beleza e perfeição, era uma delicia, gostosa, sem ser torta, totalmente rela e de se deliciar, tinha uma cabeçona linda e uma pele macia em cima que me fazia delirar de desejo.



Sentia o caldo quente de sua porra e de seu tesão sair de pouquinho em pouquinho o que me fazia dominar e sentir mais prazer. Estava eu nas alturas, sendo dominado por um jovem, sendo excitado por uma rola gostosa e que me fazia delirar de tanto prazer.



Estava eu, uma pessoa de meia idade se envolvendo com um garoto, um jovem de 19 anos, que tinha um belo corpo e me ensinava que mamar estava muito mais alem do nosso momento, pois sentia o tanto que ele gostava de sentir gosto da minha língua passar calmamente em seu cacete.



Via no olhar de prazer dele, em seu gemer e em pulsar da sua pica ele se preparar para me fazer engolir seu leitinho, sentir seu gosto encher minha boca.



Deste modo logo os jatos quentes começou a sair, parecia uma torneira de leite, não parava mais, e eu com muito desejo engolia feito louco, gostava de sentir o gosto daquela rola nocinha de um muleke tão bonito e gostoso.



Logo via escorrer em meu rosto sua porra, me limpei e fomos dormi. Mas não consequia parar de pensar na loucura que havia feito, ficava a cada segundo imaginando os movimentos de vai e vem que ele fazia naquela hora, e o gosto daquilo que ele chamava de picona gostosa. Eu uma pessoa já de idade estava louco por um moleke bonito e bom de pica e não via a hora de sentir tudinho aquilo no meu rabo.



FIM



REFORMULADO POR: Thiago Wasley,



ACESSE:



portalgayms.blogspot.com



Amados, recebi de um leitor através de meu e-mail o começo de sua historia sexual com outro homem, ele mandou o inicio e eu completei, espero que curta e se quiser mandar sua historia também fica a vontade, materei o sigilo.



Bem o caso começa nas feria de Julho do ano de 2007 eu fui para uma fazenda passar três dias, de kra achei um tédio néh pq fikar num lugar isolado sem muita coisa pra fazer é super chato.



Aí quando eu cheguei fui a um rio ki passava perto e quando cheguei vi um garoto tomando banho no rio



Aproximei-me e comecei a conversar com outras pessoas ki estava lá tmb



Ai ele tmb se aproximou de uma conhecida que o chamou pelo nome de Luis Gustavo



Nossa delirei pelo muleke, era a coisa mais linda do mundo. Via ele andando em nossa direção, sem camiseta de corpo totalmente sarado, de pernas grossas de shorts totalmente gasto, ele tinha um olhar lindo e um jeito gostoso e hétero de andar.-



Logo anoiteceu e ele me chamou pra jantar, ai eu fui e ao terminarmos ele me convidou pra ir deitar lá na cama dele pra fikar conversando.



Eu fui e me deitei na cama ki ele estava e colokei a mão no pinto dele ki tava no ponto de pedra



Eu tirei a bermuda dele e comecei a chupá-lo e sentir sua pica durinha e gostosa me deliciar, sentia seu corpo de menino e sua rola de gente grande, era um jovem, um garoto que gostava de ser mamado de forma única, gostava de sentir uma língua passar na cabecinha de sua rola grossa e gostosa. Uma rola de deixar quanquer homem louco por sua beleza e perfeição, era uma delicia, gostosa, sem ser torta, totalmente rela e de se deliciar, tinha uma cabeçona linda e uma pele macia em cima que me fazia delirar de desejo.



Sentia o caldo quente de sua porra e de seu tesão sair de pouquinho em pouquinho o que me fazia dominar e sentir mais prazer. Estava eu nas alturas, sendo dominado por um jovem, sendo excitado por uma rola gostosa e que me fazia delirar de tanto prazer.



Estava eu, uma pessoa de meia idade se envolvendo com um garoto, um jovem de 19 anos, que tinha um belo corpo e me ensinava que mamar estava muito mais alem do nosso momento, pois sentia o tanto que ele gostava de sentir gosto da minha língua passar calmamente em seu cacete.



Via no olhar de prazer dele, em seu gemer e em pulsar da sua pica ele se preparar para me fazer engolir seu leitinho, sentir seu gosto encher minha boca.



Deste modo logo os jatos quentes começou a sair, parecia uma torneira de leite, não parava mais, e eu com muito desejo engolia feito louco, gostava de sentir o gosto daquela rola nocinha de um muleke tão bonito e gostoso.



Logo via escorrer em meu rosto sua porra, me limpei e fomos dormi. Mas não consequia parar de pensar na loucura que havia feito, ficava a cada segundo imaginando os movimentos de vai e vem que ele fazia naquela hora, e o gosto daquilo que ele chamava de picona gostosa. Eu uma pessoa já de idade estava louco por um moleke bonito e bom de pica e não via a hora de sentir tudinho aquilo no meu rabo.



-FIM-



ASS – ThyAggo



MSN:



[email protected]



---------------------------------------------------------------------------------------------------------



Acesse:



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



portalgayms.blogspot.com



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos dando pra um sessentãoo desejo de minha mae e tia ter 26 8m no cu contos eroticosMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosconto erotico o coroa mandou o viadinho vestir calcinhabem novinha virgem chorando najeba gigante contoscontos sem calcinhaconto erotico desconfiei de minha esposaenchi a boca na pomba grossacanto erotico levei rola do meu amigosou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos A chapeleta arronbou minha bucetinha contoscontos etoticos casais disputam bunda maior das espisascontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de varioscontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicoamigo hetero contocontos eróticos gay eu e mais um amigo brincamos com novinhocontos mulher coloca silicone no peito e na bunda para ficar gostosacontos delícia de cacetaoMinha mulher viu o pau do menino - contosdei minha filha p meu amante pauzudo desvirginar contosconto casal bivizinha abrindo a cortina contosconto erotico quando era pequenafamília naturista contoscontos eróticos com animais papada por um cãoeu transei com uma travestimenino gay inocência perdida pornocontos eroticos priminha rabuda no coloConto Erotico Sou Morena A Gostosona Da Favela E Dei Minha Xana Pra Um Branco Do Pau GrandeComtos casadas fodidas pelos empregados do maridocontos negao na praia de nudismoai devagar porra caralho sua pica e muito grossaconto erótico pepinoSou casada fodida contocontos eróticos fio dental debaixo do ternoeu fui arrombadoproposta indecente de colega porno de trabalho a casadadeflorando bucetinhas com pepinosMulher chupando a dongaconto gay na praça com heteroconto muro eroticookinawa-ufa.ru chantageadafui comer acabei dandocontos travestis praiaContos eroticos de fortaleza - peguei minha esposa me traindoContos eroticos meu sogrotia bate no casa sobrinho contocomtos de vagabundas que gostão de fudercontos eroticos meu marido sempre soubecontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigocontos eroticos hetero casado fui dominado pelo coroaconto erotico gay rola grossa contos sem pudor com a menininhamelhores historias porno´ detalhe por detalheesposa raspada contoscontos eroticos abri sua boceta e minha porra escorria do seu buracocontos de safadas com padastroscontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leitecontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentosvideornposscontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos estrupo na casabde praoaArrombaram minha mulherContos eroticos gay primeira vez traumaticagostosa fastando pratras pra ser encoxada rabetaoViadinho Rabudo Pastor Negro Contos EroticosContos eroticos de calcinha fio dental saia rodada no coletivocontos eroticos uma senhora de. bem parte 6porno éla dis méche que eu vou gozarcontos eroticos gay fiquei sozinho em casa meu vizinho veio mim comerConto erótico Sempre fui mas ele descobriuquero assistir pornô negra da bundona na Muralhafilhinhas safadinhas contoscasadinha inocete. sedo chatagiada contos eroticoatolando nas cachora no ciocasada e compadre conto gaymulhe chupa caserte do jeguecaralho anaconda destruindo cufraguei meu garotinho de seis anos mamando o pau do vizinho contos eróticos gay