Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU SOBRINHO TARADO

Jorginho, o sobrinho da minha mulher, de 19 anos, veio passar uns dias conosco no nosso sítio. Levei o menino pra pescar comigo no lago. Ele tava sá de shortinho e eu fiquei admirado com a beleza do corpo dele, alto e forte para a idade, especialmente as nádegas, muito desenvolvidas. Pela primeira vez senti tesão por um menino. E ele sacou.



"Tá de pau duro, tio?"



"É deve ser esse calor que tá fazendo".



"Então vamo tirar a roupa".



Ele ficou nuzinho e meu queixo caiu quando eu vi aquela bunda tão branquinha, lisa e redonda, me chamando. Tirei o calção e meu pau saltou, enorme e durão.



"Nossa tio, que gigante! Nunca vi um pirocão tão grande... Posso pegar?"



"Pode mas promete que não vai contar nada pra tua tia".



"Prometo".



Vi logo que o Jorginho não era novato. Foi logo caindo de boca e abocanhou a trolha de primeira, abrindo bem os lábios. Como é que um menino tão novo já sabia mamar tão bem uma pica grossa como a minha?



"Tu chupa gostoso, neném, como foi que tu aprendeu?"



Jorginho desengoliu o cacete pra responder.



"Foi no colégio, meu professor de educação física me ensina tudo".



"Bom professor, tu mama legal, engole mais um pouquinho, anda".



Com muito esforço e técnica, o menino conseguiu enfiar meus 32 cm de pica grossa pela goela adentro. Que delícia, aquela gargantinha apertada mamando a minha vara...



Jorginho desengoliu rapidinho pra pedir:



"Goza na minha boca, tio, goza".



Não precisava pdir, eu senti que a porra já tava fervendo nos culhões. Foi sá ele chupar de novo pra ganhar um jato quente lá no fundo da garganta. Ele voltou a desengolir, pra enchar a boca de porra e depois melar toda aquela carinha linda, os olhinhos verdes e o cabelo louro ficaram todos melados.



"Nossa tio, você continua durão! Temos que dar um jeito nisso. Deixa eu sentar no seu colo, e meter esse caralhão na minha bundinha, aproveitando que já tá todo melado".



"Ô Jorginho você é tarado mesmo hein?"



"Você também, tio, você gosta de comer garoto, seu taradão".



"Tu é o primeiro, Jorginho, nunca fiz isso com menino antes".



"Então eu é que vou tirar o seu cabaço?"



"Anda, senta logo aqui que eu tô louco de tesão por você".



O menino esfregou as nádegas rechonchudas, macias e durinhas, no cabeção lambuzado, até encaixar a chapeleta no cuzinho que piscava furiosamente. Que técnica!



Meu sobrinho tarado se empalou na minha pica com vontade e foi descendo, devagar, curtindo a invasão do ânus pelo meu cacete gigante.



"Ai como é grosso, é demais!"



"Tá doendo? Quer que tire?"



"Não, não! Dái sá um pouquinho, tá bom demais, eu nunca tive um caralho tão grosso dentro de mim, titio, ai fode o teu sobrinho tarado, fode".



"Taradinho gostoso, que cuzinho apertadinho e tão quente, que bundinha gostosa. Pula cabritinho, salta na vara do titio, salta".



"Ai tio, eu tô gozando, tô gozando sá de dar o rabo pra você, esse caralhão maravilhoso tá me fazendo gozar!"



"Eu também vou gozar, cabritinho, pula, pula no colo do titio, mama meu cacete com a tua xoxotinha de menino safado, mama, ah, tô gozando, tô enchendo o teu cu de porra, neném lindinho, tu tá fazendo o titio gozar muito, que delícia".



E assim a gente saía pra pescar toda manhã e passava o dia todo no lago, fodendo. Minha mulher achava estranho a gente nunca voltar com peixe. Ainda mais que o sobrinho dela sempre contava que tinha visto uma truta gigante, que tinha passado o dia todo lutando com a truta, e ia pescar no dia seguinte pra tentar pegar a truta de novo. Coitada, nem desconfiava que eu tava comendo o Jorginho com a minha truta.



De noite eu dava um remédio pra ela cair num sono profundo e ia para a cama do Jorginho meter naquela bunda maravilhosa. Foi uma temporada inesquecível a que eu passei com o meu sobrinho tarado.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos cheirando a calcinha mijada da erma gordinhamostrei a buceta toda babada pro papai brincarCasa dos Conto a beira de uma suruba esposa casadacontos mia mulhe linda aromou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rola deleum bode fudendo variss cabritinha vigemMinha netinha sentou no meu pau contos eróticosviajei e transei no onibus marido corno assumidono motel eu descabacei a buceta da amiga da minha esposa conto eróticoComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhocomi egua nova contodei o cu bem gostosocontos eroticos de vendas passei gelo no corpo deleConto erótico gay caçamba de carro de madrugadameu titio me rasgou toda contoscontopaugrandeminha sogra trepo com ela contoscontoseroticoscommaridoGarotos na puberdadi flagrados com seu priminhoContos gays amante do tio velho desde de pequeno adoro vpu casar com elecontos pai e mãe nudista fala com os filhos como e bom chupa uma rolagordinho nerd gay contoscontos de coroa com novinhocontos eroticos q bocA e essa desse baianoContos incesto filha calcinhaContos eroticos seios devorados mordidoscontos tudo enfiado no cudeserto conto heteroCasadas enfiando ascoiza grande na buceta no prluizagozou no analcontos eroticos tomando conta de uma desconhecidauma médica v**** chupando pinguelo da pacienteconto erotico novinhos no semáforover contos eroticos de irma dando pro irmaoesposa do amigo minha cadela contocontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erotico exibindo pro filhocontos eroticos/estupro/gangbang/final de semana todocontoseroticos viajando com priminho no acrrocontos acordei louca para fuder com meu irmaominha mulir me traiu com o cachoro de pau crosovideo porno juazeiro-ba dei carona a preta e comi ela no carrocontos incestuoso se esregando em bunda e ladinhoarregaçado pelo cachorro contoscontos dando no banheiroContos De maridos q empresto a esposaMe comeram ao lado do meu namoradovídeo homem batendo punheta na primeira ele gozou pouco e continuo batendo punheta ate gozarmaisContos eroticos nerd virgemporno doido em cabines chupando e dando a buceta por buracos de paredescontos das danadinhas perdendo cabaçinhocontos eróticos gays a primeira vez com 24 anoscontos eroticos zoofilia com a cachorra a noitecontos ela gostou encoxadafui putinho do padre gaycontos erótico a coleguinha da minha irmãposso dilatar a porta do meu anus todo dia?contos eroticos primeira transa sadomasoquista quando meu dono me deixou presaconto erotico japonesa da.do o cupornogay gaúchos gozeidentro do cudo meuamigo bebadoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos adoro um pau grandecontos porno esposas estuprados submissoscontos erotivos aconteceu em monteverdecontos eroticos caçaconto porno 21cmcontos de negão advogado comendo loira clienteContos eroticosque boceta e essa irmapai com meleque desde pequenos contos eróticos proibidos gaysConto meu marido me obrigou a trepar com o mendigoenteado comeu minha esposaconto eróticocontos eróticos com vizinha viúvacontos eróticos gay sendo putinha na minha casaContos eroticos no acampamentocortos eroticos curmir minha empregadacontos eróticos com senhor de idade com rapazgozadas na boca do menino contoscunhado pauzudo fudendo a sogra e a cunhada,contos e relatos eroticosConto erotico de incesto cuidando das amiguinhas da minha irmaeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos erotico comeram minha bunda na festacontos eroticos crentescontos gay chorei no pau do coroavi outro gozar na boca de minha mulher contoscontoserotico meu padrasto chupou meu cuzinho e minha dusetacache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php contos lesb bati meu grelo no delaminha mulher dormindo nua,vi o rombo no cu delaxvideo mobile meu pai me castigouconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeupornor contos e videos liberei o cu virgem para meu irmaohomens velho gay contosbundinha com calcinha sensual da virgemcontos eroticos de empresarias no hotel