Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, MEU CAO MARCEL E O LEITE CONDENSADO

Oi. Me chamo Ana e o que vou relatar aconteceu a + ou ? 9 anos.rnAdoro sexo, e mexendo na internet descobri a tal zoofilia, fiquei curiosa e resolvi comprar uns filmes para ver como era. Fiquei excitadíssima, louca para experimentar. Então esperei o dia certo ou melhor a tarde certa, todos saíram e fiquei sozinha em casa, morava em uma casa, e que a porta da cozinha dava acesso a lavanderia e eu podia enxergar varias casas, algumas inclusive, poderiam me ver, mas o tesão falou mais alto, tomei coragem e chamei o meu cão, pastor, o Marcel, ele é lindo e comecei por em pratica o que tinha aprendido, alisei ele, fiz carinho, deixei ele me cheirar e passei a mão perto de sua piroca, linda que começou a crescer cada vez mais, que pau lindo tinha o meu cão, uuuiii fui delirando, foi então que forrei o chão com uma toalha, peguei uma lata de leite condensado, deitei de barriga pra cima e espalhei o leite por todo meu corpo, nos seios, na barriga, e na buceta, chamei o Marcel novamente, e mirei o focinho dele nos meus peitos, uhmm que delicia aquela língua lambendo rápido, com volúpia, minhas tetas, ele estava literalmente me mamando, meu biquinho ficou super. duro, nenhum homem tinha chupado como meu cachorro chupava, me senti uma cadela dando leite pra seus cachorrinhos, o Marcel foi me lambendo a barriga e finalmente foi chegando na xoxota, caralho que delicia, a língua fazia círculos em volta da minha buceta, meu grelo estava enorme, meu cachorro quase me fodia com a língua, nessa altura eu nem lembrava que poderiam me ver, continuei recebendo meu banho de língua, huuummmm. Não aguentava mais e não pensei em mais nada, virei de 4 me posicionei, como uma cachorra, derramei o resto do leite condensado na minha bunda escorrendo pra dentro do meu cú e novamente na buceta, marcel não demorou e novamente me limpou, e dessa vez montou em cima de mim, apenas direcionei aquele cacetão, na entradinha da minha buceta e marcel começou a me comer, ai ai ai que delicia au a ua au como é bom ser cadela que delicia de pau, aquilo tudo me comendo, ele estocava com força não me deixava fugir, hhhhhhh, que maravilha deve ser a vida de uma cachorra, não demorou muito e pude sentir uma grande quantidade de leite quente da porra, do gozo do meu cão escorrer da minha xoxota na pernas, e logo senti o tal ná me apertando ainda mais, era tudo que queria ficar engatada sendo arrastada como cadelinha no ciu. Passado alguns minutos escuto em ploft e um alivio na buceta, o pau do marcel tinha saído, e ele veio me limpar todinha. Enquanto ele me limpava lembrei de dar uma olhada para ver se alguém estaria me observando de alguma varanda, alguma casa, confesso que não vi ninguém, mas também nem pude olhar por muito tempo, pois o Marcel não parava de lamber meu cú, parecia dizer ?agora quero seu cú sua cadela? não deu tempo de fazer nada, ele cutucou meu cú que piscou e parecia ter vida prápria dizendo vem, porra sá posicionei e foi me rasgando as pregas do cú, caralho, ai doeu muito, mas eu queria, depois relaxei e curti rebolei no pau do meu cachorro, au au au gostoso, Marcel me rasgava e pude sentir, seu gozo dentro do meu cú, quente, pegava fogo, pensei que iria explodir o meu rabo quando o ná cresceu, tentei fugir e não consegui, fiquei ali de novo mais alguns minutos até o pau soltar e o cão me limpar novamente. Estava toda dolorida mas tinha valido apena aquele sexo animal, então fui tomar um banho e me recompor, pra não correr o risco de ninguém chegar. Apás o banho foi o tempo de arrumar tudo e a campainha tocou, achei estranho, todos tem, a chave, mas fui abrir a porta. Era um Vizinho, com uma coleira na mão que disse eu vi tudo e filmei, agora você vai ser a minha cadela...rnMas essa aventura fica para o práximo conto. rnSetembro2012rnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de sexo com novinhas trepando com advogadosConto erotico fiz caridadecontos brincadeira de sabonete na piscinaContos eróticos de tio sopinhasgozei com a minha.irma no meu colocontos eroticos esporrei-me toda quando vi a piça do preto História narrada de sexo- Trepando com a nifeta safada gostosa huummmestorias eroticas sexo com esposa na frente de um casakContos eroticos de homem que estava batendo punheta no trem na frente de todo mundo semvergonhacontos enrabado na saunaswing confessin porno contos dia de praia 1contos eróticos de bebados e drogados gaysviram minha buceta contoscontos ela pedio para desviginarcache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"contos minha mãe punheta entregadorDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eroticos arrombada pelo empregadoos policias comero minha muler porno contos eroticocasetes longo machuca a xoxota da mulher pornoconto gay pirocudo da academiacontos esquentando a relaçãocontos enrrabandominha irma b3m gostosoconto eróticos sexo entre família gozando dentro da buceta engravida deleconto gay gozei na janelafui chantagiada pelo meu amigo de trabalhojato forte coroa vomitaconto ertico esibicionista bicontos eróticos mostra logo filhoContos eróticos comendo uma travestir lindagarotinha conto eroticotira tira eu num aguento conto eroticocontos eróticos minha cunhada se soltou e eu enrabeiconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouminha esposametendo com travestis contoscontos eroticos meu filho me fez gozarIncesto de contos eroticos sou agora mulher do meu ex primo viuvomeu avô rasgou minha bucetacontos de massagens alucinantescontos de cú por dinheiroconto comi.uma coroagarota de kize anos sedo em coxadameu filho me encoxaram a noite bunduda,contos da mãe a lamber a cona da filhaincesto real mãe gostosa da coxa grossa e quadril largocontos eroticos cunhada crenteamiga lésbica tira a calcinha da amiga com StateConto erótico filhinha querendo o pintão do papaiContos eroticos recem nascido (a)wild thermas conto eroticocontos eroticos currada garganta profundacoroa fundedo realidadecontos felipe comeu minha mulhrerporno com a vizinhaxvhomens hetero bebado se engana e passa.a noite com travesti roludocontos eu virei puta e amante do meu paicontos eroticos entre maes raspadinhas e filhos taradosestava carente contos eróticosContos eroticos peitudacontos eroticos sou casada sobrinho prediletovoyeur de esposa conto eroticocontos do seu jorge pegando uma casadinhadei para um cavalo contos eroticocontos de mulher que fez depilacao para surpreender o maridocontos pornos irmas naturistasContos eroticos tetas roxascache:QMYWc_LAcUAJ:idlestates.ru/conto-categoria-mais-lidos_1_18_fetiches.html pintao d meu filho conto eroticminha netinha contos eróticoscomia mae contoscontos eróticos sobre irmã bucetudaconto erotico o cu da mendinga gostosacontos eroticos dei pa paga dividaComtos heroticos da cunhadinha viviane dando pro cunhado reinaldobrincando do jogo da garrafa com irmazinha contos eroticosmeu pedreiro comeu eu e meu marido contosContos de cedezinhas sendi iniciadacontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigocontos heroticos de mandando a neta sentar no colorola na madrinha/contoconto arregacando o cuzinho e enchendo de porra a cunhadaconto erótico vesti cinta liga pro meu filhoembebedei minha mulher e consegui comer o c* delagozando na bucetinha apertada da cunhadinha que fica muito brabacomi minha filha pensando que era a minha mulherconto erotico cuidando de um senhorEu olhava a bucetinha de melina e ficava loucofui pego de calcinha pela minha irmacontos tratada como puta contos eroticos sogra mijonacontos eroticos marido capacho