Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BRINCADEIRAS NA INFANCIA COM A MINHA PEQUENA VIZINHA - PARANAGUA - PR

Bem, hoje tenho 22 anos, moro em Curitiba-Pr, tenho 1,68 de altura 62 kg, sou moreno claro, atraente, etc.

Fazia tempo que eu não enviava um conto, na verdade enviei apenas 1 aqui neste site, pois não tenho muito tempo, quero que saibam que todos os contos que envio são verdadeiros, pois detesto inventar, acho que não consigo ficar excitado sabendo que um relato não é verdadeiro. O que vou contar aconteceu quando eu tinha meus 19 anos, não rolou transa alguma, mas foram brincadeiras muito gostosas que não consigo mais esquecer.

Minha vizinha tinha 19 anos, era uma morena clara, novinha, linda, cabelos encaracolados, corpinho pequeno mas já começando a despertar meu desejo ... nos fomos criados praticamente juntos, somos vizinhos desde os 4 anos de idade. Ela tinha a liberdade de entrar e sair da minha casaquando quisesse, ela sempre ia com camisetas de fisica ou camisas meio largas que várias vezes dependendo dos movimentos dava para reparar os pequeninos seios ainda em desenvolvimento. Eu ficava louquinho com aquilo, me masturbava umas 3 vezes ao dia pensando naqueles peitinhos. (até hoje ainda adoro seios pequeninos).

Um dia eu acabei perdendo o receio e resolvi tentar algo com ela, nos sempre assistiamos televisão juntos, ficavamos sentados um do ladinho do outro, mesmo com toda a minha familia na sala eu não aguentei e comecei de leve,para que ninguem percebesse a encostar a minha mão nas coxas dela ... nos tinhamos almofadas no sofá da sala, adorei quando ela colocou uma almofada sobre as pernas, mesmo que fosse na mais pura inocencia ... foi a oportunidade que tive de colocar a minha mão por baixo e começar a alisar aquelas perninhas, percebi que ela ficou sem ação, meus dedos começaram a passar sobre a sua virilha, comecei primeiro pelos cantinhos, depois fui passando eles bem no meio, dava para sentir aquela xoxotinha novinha mas já inchadinha. Ela estava com uma saia, o que me proporcionava maior facilidade em sentir a carne macia, reparei nos seus braços e percebi que sua pele estava toda arrepiada, derrepente ela levanta rapidamente e diz que vai ao banheiro, talvez tenha ficado assustada, pois nunca tinha sentido aquilo. Eu aproveitei que ela saiu e fui para o meu quarto me masturbar ... aquele foi a punheta mais gostosa que ru já tinha batido, quando ejaculei parecia que me esperma não queria mais parar de sair, sugei todo o meu quarto, mas deu para disfarçar ...

Bem, depois daquele dia era sempre assim. Ela sempre ia lá pra casa e bem na hora da novela ficavamos sentadinhos um do lado do outro e ela sempre com a almofada sobre as pernas e minhas mão sobre a vagina quentinha, mas sempre com roupas. Eu até ficava puxando a calcina dela quando ela ia com alguma saia de tecido fino, dava sempre para dar uma puxadinha.... ficamos nessas brincadeiras por mais ou menos 1 mes.

Um dia não aguentei, estav acariciando ela por baixo da almofada e resolvi ir um pouco mais adiante ... levantei e perguntei a ela se ela queria jogar banco imobiliario comigo, no quarto, sempre tinha muita gente na sala, ninguem ligava, pois eramos como irmão e irmã. Ela mesmo com receio levantou e foi para o quarto comigo ... chegando lá encostei a porta e já fui abraçando ela ... meu penis totalmento ereto, eu estava de bermuda, comecei a forçar meu corpo contra o dela, ficamos nos esfregando... Eu roçava be gostoso meu pau bem em cima da xoxotinha dela, mesmo com roupas eu sentia aquela coisinha gostosaque já devia estar toda meladinha. Ela estava com uma blusinha sem sutiã, pois seus peitos ainda não eram totalmente desenvolvidos, então comecei a belisca- los sobre a blusa. Ela ficava com os olhos fechados dando leves celinhos na minha boca ... ao mesmo tempo que rebolava e forçava seu ventre contra o meu ... não aguentei e levantei um pouquinho a blusa, olhei bem para aqueles peitinhos, de biquinho marronzinhos já bem arrepiadinhos e comecei a chupa- los ... dava umas mordidinhas, ela me empurrava um poquinho pois estava com medo ... ou de alguem chegar ou por nunca ter sentido aquilo. Eu sugava um por um, cabiam inteirinhos na minha boca. Ela tremia bem forte, como se levasse um susto cada vez que eu sugava forte ... e nossos genitas se tocando e sendo expremidos um contra o outro mesmo usando roupas, mas derrepente ele me deu um empurrão e pediu para eu parar ... perei na hora, pois mesmo com muito tesão eu respeitava bastante ela... pois uma coisa que aprendi desde pequeno é respeitar uma mulher em qualquer situação. Ela disse que não podia fazer aquilo, pois ainda era muito nova e alguem poderia entrar no quarto e nos ver ... concordei com ela, mas como sou muito safadinho falei para pelo menos ficarmos nos olhandoda janela de nossos quartos como faziamos quase sempre desde pequeninos ... Ela topou e foi para o seu quarto. Eu tinha muita sorte ... pois a janela do quarto dela dava bem de frente para a minha e o muro ainda estava em construção, apenas a metade estava pronta.

Tranquei a porta do meu quarto, olhei para o quintal dela para ver se nao tinha alguem nos obcervando e sentei na minha cama com a cabeça onde dava para ver pela janela a hora que ela chegasse no quarto dela ... assim que ela chegou começamos a trocar olhares. Eu como era muito safadinho e estava muito excitado não aguentei e fiquei em pé, mostrando todo o meu corpo para ela atraves da janela, eu estava sem camisa e a bermuda era de tecido fino, dava para reparar um pouco o volume que se formava por baixo dela ... reparei que ela dava umas olhadinhas para o volume e não aguentei, comecei a passar a mão sobre ele, ainda por baixo da bermuda e reparei que ela ficou estática ... não tinha reação nenhuma, ficava apenas olhando para minha mão sendo esfregada bem na região onde ficava meu penis ... eu não aguentando de tanto tesão e percebendo que ela estava gostando,pois nem se mechia, fui tirando a minha rola, totalmente dura, estava bem vermelha, a cabecinha inchada, fui arregaçando a cabecinha, deixando bem exposta para ele ver o brilho e o pouco de esperma que já escorria da cabecinha, meu pau estava babando ... comecei a punheta- lo devagarinho, expondo e escondendo a cabecinha, fazendo um vai-vem delicioso e ela ali parada, sem reação nenhuma, acho que ela nunca tinha visto um penis na vida, hora eu passava a mão no meu saco, dava uma apertada, ficava puxando os meus pentelhinhos e depois voltava a punhetalo, apertando bem ... comecei a acelerar os movimentos, as vezes parava um pouco e ficava passando o polegar bem no buraquinho da cabecinha, onde saia o meu esperma ... percebi que ela estava gostando e comecei a pedir para ela me mostrar os peitinhos ... ela fazia sinal que não cm a cabeça, mas dava para perceber que ela estava morrendo de vontade de se mostrar para mim também ... fiquei um bom tempo insistindo até que ela deu uma levantadinha rápida ... quando vi aquilo acelerei bastante a minha masturbação, o tesão e aqueles arrepios gostosos começaram a tomar conta do meu corpo ... comecei a fazer sinal com a boca pedindo para ela mostrar mais então ela levantu e ficoume olhando e mostrnado os peitinhos ... não me contentei apenas em ver e sabia que se não pedisse ela não faria ... então comecei a belicar os meu peitos mostrando para ela o que eu queria que ela fizesse, não deu outra. Ela começou a beliscar os peitinhos para mim ... e eu punhetando bem forte ... cada vez mais eu percebia meu pau formigar em minha mão ... meu esperma vaava bastante ... eu já ia gozar ... veio aquela sensação gostosa hummmmmm, apertei o penis e parei de punhetálo quando senti o primeiro jato espirrar bem longe ... em seguida começaram a sair outros varios ...Olhei para o rostiho dela e a gatinha já tinha até parado de beliscar os peitinhos, estava com um expressão de assustada ... com os olhos arregalados ... e eu com aquela sensação de alivio ... então mendei um beijinho para ela com a minha carinha de safadinho e fui fechando a janela, olhei bem e ela deu um sorrizinho e um tchau com a mão e foi fechando a janela dela também ...

Depois daquele dia começamos a fazer aquilo sempre ... era deliciso ... o tempo foi passando e acreditem se quiserem, nunca transei com ela, até hoje, sempre ficamos nos amassos, nos esfregamos, mas nunca rolou uma transa entre eu e ela.

Hoje estou com 22 anos e ela com 20 ainda somos vizinhos, moramos praticamente juntos ela ainda frequanta a minha casa, somos átimos amigos, temos uma átima relação, de muito carinho e respeito um pelo outro, sempre conversarmos. Eu adoro quando em algumas conversas ela me chama de safadinho e lembra das nossas brincadeiras na janela, mas hoje ela tem um namorado e eu tenho a minha namorada ... faz muito tempo que não nos amassamos ... fico com saudades dos nossos amassos ...

BEM GATINHA SE VC ESTA LENDO O QUE EU ESCREVI TENHO CERTEZA QUE VAI SABER QUE É SOBRE NÓS DOIS QUE ESTOU FALANDO RSRSRSRSRSR, ESPERO QUE O FATO DE EU TER ESCRITO ISSO AQUI NÃO DEIXE VC CHATEADA COMIGO ... MAS SE NÃO GOSTAR OU GOSTAR PODE COMENTAR COMIGO, DEPENDENDO DO QUE VC ACHOU AU TE PEDIRIA MIL DESCULPAS OU QUEM SABE SE VC GOSTOU PODE ROLAR MAIS UNS AMASSINHOS DAQUELES RSRSRSRS.



BEM, QUEM TIVER HISTORIAS REALMENTE VERDADEIRAS DE QUALQUER TIPO,PODE ME ENVIAR OU COMENTAR COMIGO, ADORO LER E TROCAR RELATOS, AHHH, ENTRO SEMPRE NAS SALAS DE BATE PAPO TAMBÉM, JÁ CONHECI MUITAS PESSOAS E ADORO TC ... QUEM TIVER AFIM DE CONVERSAR ME MANDE UM E-MAIL QUE A GENTE MARCA UM ENCONTRO EM ALGUMA SALA DE BATE PAPO, AHHH TENHO FOTO TAMBÉM, NÃO É FOTO PORNO, É FOTO NORMAL, GOSTO DE TROCAR COM AS PESSOAS QUE TC NA INTERNET, ADORO FAZER AMIZADES E TER PAPOS GOSTOSOS RSRSRSRS, MIL BEIJOS, PODEM MANDAR E-MAILS NO MEU OUTRO TAMBÉM,PORQUE ESSE QUE FIZ O CADASTRO NO SITE GERALMENTE TÁ CHEIO, AS VEZES VOLTA, MANDEM NO: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoSentando no colo contosMinha vizinha me deixou ver ela transando contosSempre passo o dedo no grelinho da minha netaesposa trai o esposo com mulato de 1:90contos eroticos mamei no pintinho do nmeu filhinho pequinininhocontos eroticos de sobrinho comendo a bunda do tiocontos eróticos menina no circocontos eroticos,eu e minha maniia de mini saiacontos eroticos consegui comer aquela bundacontos eroticos minha mae e meu irmao contoesposanuapivetecontosatolando nas cachora no ciotenho 70 anos e sou tarada ando com minha boceta toda meladinhacontos eróticos gozei com o ficanteconto erotico funk perdi tive variosContos eróticos Gay Calção Recheado do irmãoFlanelinha de shortinho partindo a bucetaxvidio travesti lisarolaliberei minha noiva loira pra dois contoscontos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadoconto eroticos maduras e filhas na putaria caralhudosdescobrindo que o primo gosta de rolacontos eroticos brincadeira na adolecenciaincesto brincando com irmã de pig escondecontos eróticos deixei um estranho comer minha filhaconto erotico fudendo a velha feia e sujaconto erotico chupando pau desde cedosuco de uma magrela trepando em pornô famíliaminhaesposa numafesta-contos reaiscontos eròticos um desconhecido me olhou e me meteu varacomtos eroticos meu.marido. me fez ultrapassar.todos.os.limitescontos eroticos homem casado dando para o primocontos eroticos virgndade molequecontos eróticos evangelicascontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forcacontos filho fudendo com a maeas molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz altacontos eroticos desvirginando a enteadacontos fode-me paicontos eroticos gay infanciaVer fantasias de homem no xvidioContos de mulheres, fudendo com seu avôcontos chupando o pau do tio da crecnoite maravilhosa com a cunhada casada contosconto erotico gay cuzinho cagando piscando matosera q meu marido ja ficou com travesti peguei ele vendo videoesposa seria bebada de biquini com o sogrogozando pela primeira vez conto gaymeu corninho deixou fuder com outro ainda me ajudou chupar a picona do meu machocontos eroticos garotas na escolahumm.. Mete mete filho esta gostosoContos eroticos exibindo para o vizinhoprimeira vez que dei o rabetãocontos meu cu e grandecontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzacontos eroticos minha cadelinha manhosagoza muitorapidamente na sograporno estrupo do chefunho cnto eroticsalisei vídeos alisando o papai dotado filhascoroa se***** cagou no pau de Natáliacontos eroticos casa nos fundos cerca de arameamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticomulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridoscontos de gays sendo arrombados por varias rolasConto erotico gay sr.juvenalcontos eroticos sou adotadacomtos.eroticossograContos eroticos pega a força por pmcontos erotico gay quando mim focaraoCamila minha enteada com a b********com 5 aninhos lambia minha xaninha conto eroticocontos safados sogra transa com genro filhameu cachorro meu machocontos eroticos meus primos me arregacaram o cuconto gemendo no pau do pone taradoconto erótico corno de mendigoprima perguntou se eu era virgemforçada a usar vibrador contos eroticosrelatos eroticos/ela pisou na cara delemulher melancia de cinta liga e espartilhocontos gay o vizinho cadeiranteDando o cuzinho para outro homem da pica gostosa, contos gays que dão tesãoprofessor nao aguenta e transa com o aluno gay-contoeroticogaycontos eróticos gay encarado na escolaentregador de gas bem dotado e sexy dominadortomando encoxada notrem contos eoticoscontos eróticos gay surubaconto de professor dando.o cu por aluno